Um velho! Novo patrocínador

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Franklin #2.976 @negritin em 14/04/2017 às 11:42

Um velho! Novo patrocínador.

Neste final de semana se encerra o contrato com a Caixa que diga-se foi um belo patrocinador, que estará na nossa memória assim como outros grandes que já estiveram.
Porém acredito que o Maior patrocínio que o Corinthians possue está ainda sendo mal explorado. O FIEL TORCEDOR.
Neste final de semana estará na camisa porem muitas otras ações poderaim ser feitas, e bem verdade que o Movimento Futebol Melhor nos trouxe alguns descontos o que deixa o plano atraente para quem não frequenta com frequência o estádio.
Mas essas ações são feitos por outros, o Corinthians deveria investir em parcerias que nos permitissem reconhecer vantagens em ser sócio torcedor.
Quando digo parceria falo daquelas que estão perto de nós... Do supermercado, dá farmácia, do teatro do cinema...assim com certeza seria o mais forte do Brasil em patrocínio todos os anos.
Talvez para alguns pareça utópico, mas acredito que nossa força de marca é muito preciosa e tornaria isso possível.
Enquanto nada disso acontece, vamos aguardar o novo patrocínio.
Vai Corinthians

1.640 visualizações e 13 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Léo Caldeira Dos Santos Gomes #1.310 @leonardo.caldeira.d3 em 14/04/2017 às 12:02

Não adianta ter uma marca grandiosa e rentável se não tiver pessoas com competência e comprometimento e honestos a frente do clube mesmo porque seja com um patrocínio de 100 milhões ou 1 real vão quer tirar vantagem em cima do clube aí do que adianta arrecadar milhões? Para encher bolso de vagabundo?

Melhor deixar como está infelizmente!

Últimas respostas

Anisio Molim #93 @amoamolim em 14/04/2017 às 16:23

Vou fazer aqui uma espécie de divagação absurda, evidentemente, pois, me passarei por algo que não sou. Um grande empresário e um Corinthiano de 4 costados.

Daria ao Corinthians 80 a 100 milhões por ano para colocar a marca da minha empresa somente na frente da camisa. Seria a minha marca e o distintivo do Corinthians, inclusive mandaria aumentar o distintivo, acho hoje pequeno demais.

Ficaria a Minha marca com a do Corinthians em igualdade de condições bem na frente para todas as TVs e mídias em geral focalizarem.

Mas teria as seguintes condições:

1) um contrato de 10 anos ininterruptos, com aumentos anuais de acordo com a inflação nacional.

2) o dinheiro seria administrado por um grupo de especialistas em marketing e negócios do futebol e nesse grupo certamente teríamos um especialista do esporte futebol, pois destinaria 50% desses 80/100 milhões para contratações efetuadas pelo meu grupo, algumas contratações de ponta a minha empresa ajudaria a pagar os salários. 25% destinaria para a administração da base com o meu total comando sobre ela, colocando de uma vez por todas na rua os vigaristas e vampiros do sangue jovem, que em primeiro lugar, serviriam para acabar com as obras do centro de treinamento da base, dando todo o conforto necessário e escola para os meninos, lá dentro do centro, e dividiria com o clube na hora da venda dos jogadores 70/30,70% ao clube e 30% à minha empresa. O clube praticamente não teria custo na base, pois, esse dinheiro seria suficiente para manter a base com dignidade e profissionalismo.

3) e por fim os 25% restantes seriam para pagar dívidas antigas, quando acabasse essas dívidas, o dinheiro continuaria para pagamentos de dívidas, ou seja, uma espécie de responsabilidade sobre boa parte do passivo.

É claro, isso tudo no papel com multa pesada de quem quebrasse o contrato, como por exemplo, caso eu quebrasse o acordo, eu pagaria ao Corinthians multa da mesma quantia de 80/100 milhões como rezaria o contrato, e pela parte do clube, me passaria todo o clube em meu nome, ou parte dele que estivesse liberada.

Em 10 anos de contrato, com gerenciamento empresarial sem interferências, o clube se reestruturaria e faria os vagabundos se retirarem de cena, porque não teriam voz ativa em nada que estivesse em contrato, pois, teria administração própria. A não ser que a gang do andréz fosse roubar a bocha, o tamborete, a pizzaria, o restaurante, o boteco não sei o quê, as piscinas, o time de futebol americano, o de Rugby, as meninas do futebol... Enfim

Isso daria ao Corinthians tempo e tranquilidade suficiente para formar quadros de competência e dignidade do qual necessita hoje o clube. Isso sem mexer com o estatuto, os vitalícios ou, o que chamam de oposição.

Sendo vocês o kid banana, aceitariam uma proposta assim? O andréz certamente não aceitaria, pois, derrubaria ele do comando da quadrilha, e cairia no esquecimento total. E aí o que me dizem?

Publicidade

Korujinha 1000° #55 @elaine.vitor1 em 14/04/2017 às 15:51

Na boa, precisava colocar um adesivo em cima?

Um clube grande igual o Corinthians não tem umas camisas de treino já sem o patrocinador?

Sendo que já sabiam que não iriam renovar, porque não estampou logo com o do fiel torcedor?

Mete um adesivo?

Pqp hen...

Edmilson E. Gomes #226 @torcedoracional em 14/04/2017 às 15:30

Nos tempos atuais qual time brasileiro/ mundial sobreviveria sem patrocinadores?

O futebol passou a ser antes de mais nada um balcão de negócios, aliás tudo que explora a paixão das pessoas vira negócio e num universo tão capitalizado sem aqueles que injetam grana o futebol morre em poucos dias

J. #951 @palencia em 14/04/2017 às 15:07

" "

Que saudades do Matheus que dizia que a camisa imaculada do Corinthians não podia ser manchada com propagandas, hoje nosso distintivo se perde no mar dos patrocinadores.

Novos tempos tem torcida única no campo, torcida sem bandeiras e sem faixas, comemoração de jogadores recebendo amarelo, empresarios mandando nos times e camisas dos times com tantas letras que parece um jornal, será que estamos melhor?

J. G. Sanchez #951 @palencia em 14/04/2017 às 15:07

Que saudades do Matheus que dizia que a camisa imaculada do Corinthians não podia ser manchada com propagandas, hoje nosso distintivo se perde no mar dos patrocinadores.

Novos tempos tem torcida única no campo, torcida sem bandeiras e sem faixas, comemoração de jogadores recebendo amarelo, empresarios mandando nos times e camisas dos times com tantas letras que parece um jornal, será que estamos melhor?

Renato Magalhaes #9 @rmagalhaes em 14/04/2017 às 15:06

Até chegar este patrocínio master vai demorar...

Ninguém trabalha ali naquele departamento de marketing sem respaldo da diretoria ainda.

Rafael Sccp #497 @rafaelsccp1 em 14/04/2017 às 13:48

Fecha um patrocínio pontual com a 51, só por 1 jogo.

Roberto Bidetti Cesare #63 @roberto.bidetti.cesa em 14/04/2017 às 13:20

E porquê?

Léo Caldeira Dos Santos Gomes #1.310 @leonardo.caldeira.d3 em 14/04/2017 às 12:02

Não adianta ter uma marca grandiosa e rentável se não tiver pessoas com competência e comprometimento e honestos a frente do clube mesmo porque seja com um patrocínio de 100 milhões ou 1 real vão quer tirar vantagem em cima do clube aí do que adianta arrecadar milhões? Para encher bolso de vagabundo?

Melhor deixar como está infelizmente!

1 a 10 de 12 respostas