Corinthians com o pragmatismo alemão...

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Marcelo #21 @timao.sc em 13/07/2017 às 11:41

Time pragmático, prático, objetivo...num futebol, brasileiro, sem muitos talentos individuais, logicamente se não tivesse qualidade, no time, a coisa não fluía. Esse ano diferente do ano passado tem qualidade comprovada..o SCCP hoje lembra muito a seleção alemã, que não faz firula, que não tem pressa, que é mortal no contra-ataque e no ataque, no caso de ontem demos a bola para o adversário que pouco fez, mas em outros jogos tivemos mais a posse de bola, mas o que vale não são os números, tlvz lá no fim isso pode ser relevante, mas em jogos como o de ontem ou nos jogos onde em 90 minutos se vença de 1 x 0 em um ataque único vale os mesmo 3 pontos e os números fica com os PVCs da vida...

Carille, assim como o Tite gosta das 2 linhas, coisa que os argentinos fazem muito bem também e que os alemães estão dando show, mas vejo o pupilo do Tite ousado, como no jogo em que ele tirou o Gabriel e colocou outro jogador de frente, Carille esta pulando as etapas, as etapas do medo de errar e ser cobrado, a pressão existe, mas como cobrar o Carille por ousar? Ainda mais agora. Mas o futebol brasileiro hoje atingiu um patamar que a parte tática esta se sobressaindo sobre a qualidade individual, que é pouca, e a pouca que existe não é nada espetacular...sendo assim esse time sim pode fazer história, mais do que já fez...

Sobre o 'Real Madrid' das Américas, é a prova que só dinheiro não é sinônimo de sucesso, ajuda, pra manter os salários em dia por ex, mas gastaram 1 bilhão nesse time e não tem laterais, terminaram o jogo precisando vencer com o William que era banco do Cruzeiro, Keno do Rebaixado Santa Cruz, Borja que foi avaliado por 6 meses de um futebol que tlvz ele não tenha, sentimos isso na pele com o G.Augusto e M.Gabriel boas opções mas não soluções, e que custaram o olho da cara... Um time que é inferior que o do ano passado..como nunca fomos a 4° força eles jamais serão o real Madrid das américas..

470 visualizações e 13 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Últimas respostas

Marcelo Figueiredo #21 @timao.sc em 13/07/2017 às 16:20

Exatamente, só lembrar a Libertadores de 2003 que o boca ganhou do Santos de 3 com 1 a menos boa parte do jogo com 2 linhas de 4 qse intransponível, mas vejo também nesse time o pragmatismo, a praticidade do futebol alemão, nada bonito, nenhum grande craque mas eficiente e objetivo...

Vinícius #1621 @viniciusmartins em 13/07/2017 às 15:26

" "

Ontem mesmo, durante o jogo, pensei em algo do que você falou aí, Marcelo: o estilo de jogo argentino. Mas não é qualquer time argentino não. São aqueles da década de 90 e 2000, Boca Jrs e tal. Os caras eram de uma frieza tamanha que eu ficava imaginando como eles tinham tanta certeza que o esquema de jogo iria dar certo, que iriam sair com a vitória... Além da vontade e raça, no aproveitamento dos espaços e na qualidade na chegada ao ataque... Enfim, nesse atual esquema do Carille, aliou-se a alma corintiana com a inteligência argentina ou europeia, dos bons tempos...

Publicidade

Vinícius Martins #1.621 @viniciusmartins em 13/07/2017 às 15:26

Ontem mesmo, durante o jogo, pensei em algo do que você falou aí, Marcelo: o estilo de jogo argentino. Mas não é qualquer time argentino não. São aqueles da década de 90 e 2000, Boca Jrs e tal. Os caras eram de uma frieza tamanha que eu ficava imaginando como eles tinham tanta certeza que o esquema de jogo iria dar certo, que iriam sair com a vitória... Além da vontade e raça, no aproveitamento dos espaços e na qualidade na chegada ao ataque... Enfim, nesse atual esquema do Carille, aliou-se a alma corintiana com a inteligência argentina ou europeia, dos bons tempos...

Luidger Gomes Gonzaga #203 @luidger.gomes.gonzag em 13/07/2017 às 15:17

Essa organização tática do Corinthians lembra um pouco o estilo italiano de jogar também, duas linhas de 4 muito bem armadas e próximas. Carille fecha com Jadson e Romero pelos lados e deixa o Rodriguinho mais livre com o Jô, nenhum time no Brasil tem tal organização.

Marcelo Figueiredo #21 @timao.sc em 13/07/2017 às 14:12

Passa por isso também, por jogadores de outras nacionalidade e pela mudança que foram obrigados a passar depois de 2002 onde viram que o futebol de força dificilmente ganharia mais alguma coisa, ganhou a italia em 2006 ai apareceu uma espanha de toque de bola mudando a cara do futebol mundial e quem não acompanhou ficou p trás

Marcelo Figueiredo #21 @timao.sc em 13/07/2017 às 12:28

O milan do arrigo sacchi tinha os holandeses Rijkaard, Gullit e Van Basten e isso deixava o time mais leve...essa geração alemã é habilidosíssima e é ela que me refiro, jogador com com consciência tática e qualidade...

Marcelo Figueiredo #21 @timao.sc em 13/07/2017 às 12:02

Eu acho diferente, os italianos são mestres na retranca, mas não uma retranca porque ter um time ruim, mas um excesso de cautela, abdicando sempre a posse de bola, marcando atrás da linha da bola, mas que quando se expõe fica muito vulnerável, esse time do Carille não, ele varia entre marcação alta e marcação baixa...ele tem mais triangulação, Italia usa zagueiros como laterais...um futebol mais pesado, esse é mais leve

Roberto Campos #10.077 @roberto.campos em 13/07/2017 às 11:58

Só seguir o líder...kkk

Edison Santiago #340 @edisonsantiago em 13/07/2017 às 11:42

Eu diria que é uma mistura de Alemanha e Chelsea.

1 a 10 de 12 respostas