Ruindade e Balbuena

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Ronaldo #5.691 @ronaldo.cacciatore em 20/10/2017 às 13:01

É ruindade ou ninguém quer ganhar o campeonato? O Carille e alguns jogadores parecem que não querem, as sereias desistiram, os flamingos jogaram a toalha, grêmio usa desculpinha de Libertadores e as porcas só ameaçam mas não chega. PRECISAMOS DE JOGADOR QUE CHAME A RESPONSABILIDADE. Saudades de Vampeta, Rincon, Ralf. Só temos Balbuena que parece querer alguma coisa. Até o Clayton teve que chamar a responsabilidade...

1.015 visualizações e 30 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Ronaldo Cacciatore #5.691 @ronaldo.cacciatore em 20/10/2017 às 17:49

Vamos falar de raça...

Balbuena, Gabriel, Jô

Somente esses que eu vejo dar raça...

Camacho e Rodriguinho já vi tirando pé de dividida

Maycon, Fagner, Romero, Arana tinham isso andam evitando aparecer.

Restou o reserva Clayson dar o sangue. O que houve? Cadê o Osmar Loss gritando no banco?

Últimas respostas

Anisio Molim #102 @amoamolim em 21/10/2017 às 16:33

Ai também Globster

Publicidade

Anisio Molim #102 @amoamolim em 21/10/2017 às 12:32

O respeito é recíproco, mesmo em desacordo. Pois, é essa a relação aqui nesse fórum que mantemos. E de minha parte sempre será assim. Pode ter a certeza disso.

Eronildo Ferreira Dos Santos Junior #642 @eronildo em 21/10/2017 às 09:01

Aquele quem esperávamos tomar à frente caiu drasticamente de produção: Jádson.

Rodolfo S #1.924 @rodolfo.cdp9 em 21/10/2017 às 08:55

Claytoo? Rs

Quem tá chamando a responsa é o Gabriel

Diego Fares #918 @diego.fares em 21/10/2017 às 08:55

Balbuena, Cássio e Gabriel, justiça seja feita. Estão jogando muito desde o começo do ano, mantiveram o nível e a seriedade. Jô também está com sangue nos olhos pra ser campeão, mas os outros jogadores não o ajudam.

Antonio Benedito Panebianchi Filho #342 @pereirense em 21/10/2017 às 07:20

Verdade, estamos sem liderança, por isso essa falta de confiança, apatia, Ralf, Rincon, precisamos de um maluco no meio, estamos com um bando de acovardados, é isso, se não houver motivação da medíocre diretoria, e do soneira do Carille, não sei não!

Ronaldo Cacciatore #5.691 @ronaldo.cacciatore em 20/10/2017 às 17:49

Vamos falar de raça...

Balbuena, Gabriel, Jô

Somente esses que eu vejo dar raça...

Camacho e Rodriguinho já vi tirando pé de dividida

Maycon, Fagner, Romero, Arana tinham isso andam evitando aparecer.

Restou o reserva Clayson dar o sangue. O que houve? Cadê o Osmar Loss gritando no banco?

Ronaldo Cacciatore #5.691 @ronaldo.cacciatore em 20/10/2017 às 17:42

Cliquei errado

Fernando #18 @fernando.cortezzi em 20/10/2017 às 16:34

" "

Então não sei porque você negativou meu comentário, sendo que eu disse exatamente isso...

Anisio Molim #102 @amoamolim em 20/10/2017 às 17:38

Acima de tudo, eu respeito a sua visão e opinião.

1º, quem fez o gol de empate foi Romarinho passe de Sheik e não Ralf. Aliás, dá pra contar nos dedos das mãos, os gols feito pelo Ralf no Corinthians. 352 jogos = 8 gols. Um cara que tem esses números em 5 anos jogando como titular, não pode ser considerado decisivo. Nem goleiro ele é.

Jogador que são decisivos aparecem para o jogo, pedem a bola, se encarregam da responsabilidade de ganhar, virar o jogo ou mesmo empatar. O Ralf ficava ali como guardião da zaga, 3º zagueiro. Isso é ser decisivo? Não fez mais do que a obrigação dele de 3º zagueiro.

E como você disse, o cara que passa despercebido em campo, nunca foi o cara de chamar a responsabilidade, ser decisivo. O decisivo, a gente vê quem são, a televisão não cansa de passar o vídeo tape, a mídia chama o cara para todos os programas de televisão.

Eu disse isso de uma outra forma, do qual certamente melindra muitos torcedores aqui no fórum, fãs de qualquer jogador que dê um carrinho na bola de frente para a torcida. Romero é um desses.

Mas, você se utilizou de eufemismo quando disse que ele passava despercebido. E eu falo o que vejo e o que penso, que muitas vezes desagrada a platéia, que não quer dizer que seja proibido ser divergente, ao contrário, acho muito saudável, pois aprendemos com as divergências. Mas aqui certos críticas em certos contextos e pessoas, a coisa pega.

E vou dizer mais, eu nem me lembrava do Ralf, foi o cidadão que escreveu no post, e dai veio na memória que ele jogou aqui.

Agora, me lembro de Bellangero, Edson Cegonha, Dino Sani, BiroBiro, Ruço, Basílio, Tião... Até dunga, eu me lembro que jogou aqui. Ralf, eu já havia esquecido. Pra você vê como são as coisas. E nem por isso me considero menos Corinthiano do que os outros.

E todos esses jogaram no meio campo. E já se vão mais de 60 anos desde Bellangero.

Desculpa, mas, é a minha opinião, como eu disse a divergência é saudável.

Fernando #18 @fernando.cortezzi em 20/10/2017 às 14:17

" "

Discordo quando você diz que 'nunca em momento algum de 3/4 anos que jogou aqui, foi decisivo em alguma partida. Fazia somente o dele e nada mais.'

Primeiro, foi decisivo no jogo de estreia da Liberta 2012, fazendo o gol de empate no fim do jogo.

Em segundo, pra ser decisivo não precisa fazer gol. Ralf era decisivo em detalhes, em coisas que passam despercebidas.

Quantos gols não deixamos de levar pelos seus bons desarmes?

Quantos gols não deixamos de levar pelo seu bom posicionamento e por nunca ter sido expulso.

Nas semi da Liberta ele anulou o Neymar.

Ele não chamava a responsa não, não tinha esse perfil, mas era decisivo sim.

Fillipe S #2.700 @fillipe.theles em 20/10/2017 às 17:36

O Clayton tá no Patético!

Clayson*