Além de criativa, o patrocínio da Omo pode ser um bom sinal

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Douglas #815 @douglas.sabino1 em 15/04/2018 às 19:57

Além de gerar aquela impressão em nos, de quando o suor e a sujeira aparecem, o sabão em po entra em campo.

Este patrocínio gerou outro 'insight' (ponto de vista)

Pra quem não sabe, a omo é uma das marcas pertencente ao gigante grupo holandes Unilever.

Uma das maiores no ramo bens de consumo. (top 3)

Presente em 100% das casas brasileiras.

Além de ser uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil.

Sua receita liquida no mundo todo chega 220 milhões de reais por ano.

Apesar do seu lucro ter aumentado no mundo, no Brasil, deu uma queda, Talvez por isso a ação deles hoje. Estão se mexendo.

Mas o bom pressagio que me motivou a criar este tópico não foi esse.

E sim ver que uma marca gigante do mundo escolheu olhar para o Corinthians.

E só de ter sido pontual, além do dinheiro, trás força de barganha na negociação com outras marcas/empresas.

Me lembro que a última vez que isso aconteceu com a VISA, outra gigante mundial.

Logo em seguida fechamos com a Hipermarcas.

Sabe quando você beija aquela gata e as outras mulheres começam a olhar pra você e diferente? É mais ou menos isso. Outras empresas vão começar a olhar.

Acho que vem coisa boa por ai viu?

PS: Ponto de vista de um profissional de marketing; No caso eu mesmo. Rsrsrs

3.115 visualizações e 78 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Guilherme Bernardes Santos #6.238 @guilherme.bernardes4 em 15/04/2018 às 20:06

'Sua receita liquida no mundo todo chega 220 milhões de reais por ano.'

Unilever? Deve ser muito mais que isso

Joãopedro Sccp #6.930 @joaopedro.sccp em 15/04/2018 às 20:10

' Sabe quando você beija aquela gata e as outras mulheres começam a olhar pra você e diferente? É mais ou menos isso. Outras empresas vão começar a olhar. '

Kkkkkk

Últimas respostas

Alek Koshimae #5.790 @alek.koshimae em 16/04/2018 às 13:39

Omo cara, omo.

Guilherme Bernardes #6238 @guilherme.bernardes4 em 15/04/2018 às 20:06

" "

'Sua receita liquida no mundo todo chega 220 milhões de reais por ano.'

Unilever? Deve ser muito mais que isso

Publicidade

Gerald Gomez #403 @luterley em 16/04/2018 às 12:02

Gente meu ponto de vista sobre o que ocorreu é o seguinte: Foi criada uma ação publicitária em torno do fato de o suor ativar a aparição da marca. Tudo haver com o produto, uma marca de sabão para lavar roupas. Nisto ela foi bem sucedida. Antes do jogo e depóis se falou bastante dela, esse era apenas uma perna da ação publictária. O retorno no 2 tempo com as camisas com o patrocinador impresso o modo tradicional, foi só a segunda perna, agora para deixá-lo mais visível mesmo etc. Lembrem-se que nos dias que precederam a partida, foi testado este esquema da ativação do logo pelo suor. Até aqui saiu a foto de um jogador que fez o teste (lógico que então não apareceu a marca mas uma figura qualquer só p ver como ficava) e naquela ocasião também não vicou muito visível a impressão. Com isso se vê que com o tal teste, já se sabia que não iria ficar tão nítida a propaganda. Já era previsto tudo rolar mesmo como se deu. é o que eu acho.

Douglas #815 @douglas.sabino1 em 16/04/2018 às 10:46

" "

Olá Bruno. Sua observação é pertinente. Mas, já ouviu aquele ditado que não existe ma publicidade?

Mesmo que o nome não tenha ficado visível, de qualquer maneira geou um impacto. A notícia foi publicada em diversos portais e só aqui no fórum falaram muito. Não me lembro de nenhum patrocínio pontual ter rendido tanto assunto. Na minha opinião, deu muito mas muito certo e acertaram em cheio

Ricardo Rocha #1.653 @ricardo.rocha10 em 16/04/2018 às 11:15

Lucro da Unilever sobe no mundo, mas vendas caem no Brasil...

https://g1.globo.com? G1 - O portal de notícias da Globo G1 - O portal de notícias da Globo Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da... g1.globo.com? notícia

1 de fev de 2018 · A receita líquida totalizou 53,715 bilhões de euros, avanço de 2% na comparação anual. Houve crescimento nas vendas de 3...

Douglas Sabino #815 @douglas.sabino1 em 16/04/2018 às 10:46

Olá Bruno. Sua observação é pertinente. Mas, já ouviu aquele ditado que não existe ma publicidade?

Mesmo que o nome não tenha ficado visível, de qualquer maneira geou um impacto. A notícia foi publicada em diversos portais e só aqui no fórum falaram muito. Não me lembro de nenhum patrocínio pontual ter rendido tanto assunto. Na minha opinião, deu muito mas muito certo e acertaram em cheio

Bruno #9915 @bruno.cipriano em 16/04/2018 às 10:35

" "

Fala sério. Com todo respeito, eu não sou profissional de Marketing, mas a ideia da camisa que só torna a marca visível depois do suor é absurda.

Se eu sou dono de uma marca, porque iria pagar para que ela ficasse visível só depois dos atletas suarem? Ficou claro no jogo que mesmo depois que as camisas estavam molhadas, a marca não aparecia com clareza.

Essa tática errada só fez a anunciante perder visibilidade durante um jogo com transmissão para todo Brasil.

Acredito que por isso o time voltou no segundo tempo com o patrocínio estampado de verdade, como deve ser.

Quem assiste um jogo, não assiste pensando na Marca estampada na camisa, que as vezes passa despercebida, principalmente se quem assiste não torce para o time que esta jogando. Por isso deveriam usar a criatividade para criar um modelo de estampa na camisa que chame a atenção do telespectador para a marca.

Bruno Cipriano #9.915 @bruno.cipriano em 16/04/2018 às 10:35

Fala sério. Com todo respeito, eu não sou profissional de Marketing, mas a ideia da camisa que só torna a marca visível depois do suor é absurda.

Se eu sou dono de uma marca, porque iria pagar para que ela ficasse visível só depois dos atletas suarem? Ficou claro no jogo que mesmo depois que as camisas estavam molhadas, a marca não aparecia com clareza.

Essa tática errada só fez a anunciante perder visibilidade durante um jogo com transmissão para todo Brasil.

Acredito que por isso o time voltou no segundo tempo com o patrocínio estampado de verdade, como deve ser.

Quem assiste um jogo, não assiste pensando na Marca estampada na camisa, que as vezes passa despercebida, principalmente se quem assiste não torce para o time que esta jogando. Por isso deveriam usar a criatividade para criar um modelo de estampa na camisa que chame a atenção do telespectador para a marca.

Manoel Garcia Neto #3.682 @manoel.gneto em 16/04/2018 às 10:29

Entre nós, OMO Sport em preto, na camisa, ficou muito show!

Douglas Sabino #815 @douglas.sabino1 em 16/04/2018 às 10:23

Exatamente escrevi errado

Wildson #255 @wildson.gomes.pinto em 16/04/2018 às 10:15

" "

Deve ser Bilhões, porque 220 milhões e muito pouco por tamanho da marca.

Douglas Sabino #815 @douglas.sabino1 em 16/04/2018 às 10:22

Na verdade se você converter 55 bilhões de euros da 220 bilhões de reais. O erro foi em trocar os homônimo

welison #4882 @sheen em 16/04/2018 às 10:01

" "

220 milhões você foi modesto kkkk

Geovanio Silva #3.348 @geovani85 em 16/04/2018 às 10:16

São paulinos compram muito aquele produto ali acima o (VASELINE)

Wildson Gomes #255 @wildson.gomes.pinto em 16/04/2018 às 10:15

Deve ser Bilhões, porque 220 milhões e muito pouco por tamanho da marca.

Guilherme Bernardes #6238 @guilherme.bernardes4 em 15/04/2018 às 20:06

" "

'Sua receita liquida no mundo todo chega 220 milhões de reais por ano.'

Unilever? Deve ser muito mais que isso