Fórum do Corinthians

Os títulos recentes, a nova geração e a fidelidade da torcida... Minha opinião

Tópico Lendário Entenda as regras
Foto do perfil de Mohamad

Ranking: 472º

Mohamad 4280 posts

Publicado no Fórum do Meu Timão em 12/05/2018 às 15:57
Por Mohamad Ali Smaidi (@mohamad)

Tenho 40 anos e peguei a época ruim (não tão ruim quanto a da fila de 23 anos ), mas sou do tempo que não tínhamos nenhum título brasileiro.

CT para nós era Campo de Terra.

Eramos cornetados e achincalhados, não tínhamos CT, estádio, CT da base, não tínhamos estrutura nenhuma.

Se hoje respondemos aos adversários exaltando nossa coleção invejável de títulos nos últimos 23 anos, antes nossa resposta para eles era a exaltação da fidelidade e amor da nossa torcida.

Como pode um time ser tão pobre em títulos, não ter brasileiros e arrastar multidões, ter uma torcida tão apaixonada?

Era isso que pensavam

Tínhamos uma torcida apaixonada e só.

Não tenho em mãos dados estastísticos (alias os detesto), nem média de rendas e públicos anteriores comparadas as de hoje.

Falo baseado no que vejo, nos comentários e esse fórum é um bom termômetro.

Será que os títulos arrefeceram ou arrefecem o carinho da fiel?

A torcida de hoje é mais chata? (ou mais mal acostumada)

A torcida de hoje incentiva menos que a de antes?

Não sei as respostas mas sei como gostaria que fosse.

Quem reclama de Romero (para mim um jogador importante, mas isso é assunto para outro tópico), nunca viu Ataliba ou ari bazão, Alex Rossi ou o saudoso Adil.

Essa nova geração realmente é abençoada e não tem culpa nenhuma disso (graças a deus), embora nós vivamos de Corinthians, os títulos são importantes também e foram eles que nos mudaram de patamar.

O que não pode acontecer é mudar a nossa raíz, nossa tradição.

Os títulos não podem trazer a mudança de perfil da torcida.

Os títulos veem para agregar e não para desunir.

Temos que apoiar sempre, incentivar, invadir, gritar, estourar a garganta e explodir os pulmões, porque essa é a fiel torcida, mesmo que ganhemos 50 Libertadores e 50 mundiais, isso não pode mudar.

Se precisasse escolher entre um título importante e a fidelidade da torcida, fico com a segunda opção, pois títulos se ganham, com planejamento, com dinheiro, que resultam em bons jogadores (as vezes também não se ganham assim, vide porcos), mas enfim, com boa administração se ganha, já amor e paixão vem de dentro, não se compra, não tem planejamento pra isso, não tem dinheiro que compra.

NO mundo ótimo, o ideal seria que andassem juntos, de mãos dadas, títulos/fidelidade da torcida.

Escrevo isso porque aqui no fórum tem muita gente de mal com a vida, só metendo pau e achando que nada presta e essa não é a fiel que conheço.

Também sei que a torcida do estádio (em sua maioria), não é a mesma torcida do fórum (graças a deus).

SE precisar voltar a escassez de títulos para a fiel voltar eu prefiro, com dor no coração, mas prefiro, pois como disse, prefiro uma torcida fiel, com amor incondicional do que títulos, pois o que me fez ser Corinthians foi essa paixão e não os títulos.

2.835 visualizações e 95 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Foto do perfil de Caio Cesar Santos Da Silva

Ranking: 37º

Caio 19800 posts

@caio.cesarjn em 12/05/2018 às 20:18

Peguei muita coisa disso que você disse. O que acho que mudou é o perfil do torcedor que vai a Arena do que o perfil de quem ia ao Pacaembu.

No Pacaembu tínhamos ingresso de 15 reais, banheiro químico, hot dog sem gosto, arquibancada de cimento... Então quem ia lá, já sabia que era pra apoiar o time, pois não teria conforto nenhum.

Já na Arena temos lanche do Bob's, banheiro de mármore, cadeiras confortáveis, metrô na porta e etc...todo este conforto trás aqueles torcedores que não iam ao Pacaembu.

A análise que eu faço é a seguinte : De qual clima eu gostava mais? O do Pacaembu, mais povão, fiz muito amigos, foi o clima que me criei como torcedor, aquele lanche de pernil antes do jogo e tudo, sinto muita falta...

Mas por exemplo, para levar minha filha é minha mulher, o clima da Arena é muito melhor, por tudo que foi citado. Apesar de ter muita gente arrogante, público menos vibrante, o conforto nos traz está facilidade.

Publicidade

Foto do perfil de João Neto

Ranking: 304º

João 5788 posts

@joao.sanches1 em 12/05/2018 às 20:18

Putz Adil! Ponta esquerda! Bem lembrado. Gostava do futebol do cara!

Foto do perfil de Xan Limeira Takiuti

Ranking: 6.264º

Xan 250 posts

@xan.limeira.takiuti em 12/05/2018 às 20:12

O maior 'problema' é essa ferramenta que todos tem nas mãos hoje, a internet... Antes pra acompanhar o time era mais difícil, hoje todos tem as noticias muitas vezes antes dos próprios jogadores, então o que mudou foi o tempo e todos mudaram juntos.

Foto do perfil de Coluna Corinthia

Ranking: 167º

Coluna 8554 posts

@zizzo.bettega em 12/05/2018 às 20:04

Corinthians campeão dos campeões. Campeão dos Centenários, Campeão do IV Centenário. Do Mundialito. Mas o que fez em 76 e 77 realmente tornou a nossa torcida Mundialmente conhecida pela fidelidade. A mídia anti maldita venal e vendida não reconhece essa importância, mas quem é que se importa com o que eles acham?

Fiel Torcida Corinthiana venham venham todos para a mais importante das invasões. A do templo sagrado. Vamos torná-la uma máquina de ganhar títulos, só assim vão dar o devido valor que merece a mais bonitas das nações.

Foto do perfil de Luciano Leo Alves Ferreira

Ranking: 903º

Luciano 2476 posts

@leo1977 em 12/05/2018 às 20:02

Eu acho que isso ajuda e há também uma mudança na própria geração.

Foto do perfil de Vagner Ferreira De Alencar

Ranking: 2.624º

Vagner 857 posts

@vagner.ferreira.de.a em 12/05/2018 às 19:49

Se voltarmos a ficar na fila quero ver esquentar a torcida! O clube ficou anos sem ganhar, duvido que os de antigamente não queriam ver o clube conquistar tudo que conquistou, esse lance de sofrer não sei se é certo, prefiro sim gritar é campeão sempre, do que aguentar encheção dos antis no meu ouvido.

Foto do perfil de Jefferson Marques

Ranking: 10.440º

Jefferson 94 posts

@jefferson.marques6 em 12/05/2018 às 19:47

Eu lembro das duas eliminações para o River na Libertadores (uma delas com mão do Grande Amarilla #[email protected]%) eu chorei demais, no outro dia ia com a camisa do Timão na escola aguentava zoeira. Mas tinha orgulho desde o primeiro jogo que acompanhei foi amor

Foto do perfil de Sergio Aparecido Neres Santana

Ranking: 817º

Sergio 2658 posts

@fielcomhonra em 12/05/2018 às 19:39

Também sou dessa época e concordo com tudo. Se esse pessoal de hoje tivesse que torcer para Baré, com Afrânio Riu de treinador queria ver. Na época de hoje Biro Biro, jamais entraria em campo.

Foto do perfil de Jpz

Ranking: 665º

Jpz 3233 posts

@joao.paulo.zuin em 12/05/2018 às 19:25

Tenho 42 e vi tudo isso ai que você comentou...mas são 30 anos que passaram...a sociedade é outra e as ambições também...o passado é lindo, mas mudou...cada um vê de um jeito as coisas e ficar achando que os novos torcedores são piores que os novos é besteira.

Foto do perfil de Jean Carlos Alexandre Ribeiro Landim

Ranking: 4.146º

Jean 479 posts

@jean.carlos.alexandr em 12/05/2018 às 19:23

O Corinthians não precisa voltar a escassez de títulos pra ter uma torcida mais vibrante, pois já temos isso.

Foram essas leis que tiraram o espetáculo das torcidas e assim aparesse sempre que apoiamos menos..mais o espetáculo de antigamente não volta mais.

A violência fez isso com o futebol em si.