As normas de acionamento do VAR devem ser alteradas

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Baltazar #6 @baltazar.1954 em 17/06/2018 às 16:16

Bom, eu não estou de chororô, até porque nem estou torcendo para a seleção da CBF.

Teve a polêmica se houve falta ou não no primeiro gol suíço, aí podem discutir se foi ou não.

Só que eu acho que quem deve propor o acionamento do VAR ou não é o time que se sentir prejudicado, se ficar a cargo da arbitragem pode dar margens a manipulação.

Imagina, por exemplo, se no lance do Maycon e do Gabriel isso fica a cargo do juiz. Se o cara tiver mal intencionado, não aciona e fica por isso mesmo.

835 visualizações e 37 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Gustavo Henrique Dos Santos Ros #619 @gustros em 17/06/2018 às 16:26

Pois é tem que ser como na NFL que o técnico desafia.

Você pode manipular os resultados bem fácil desse jeito aí.

Paulo Cesar #314 @paulo.cesar139 em 17/06/2018 às 16:34

CBF sendo operada kkk

Últimas respostas

Ragnar Maloqueiro #115 @fielbsb em 19/06/2018 às 14:42

Cada time poderia ter uma quantidade de desafio, aí o time solicitasse a consulta.

Publicidade

Elielton Cordeiro Dos Santos #3.138 @tiofil em 19/06/2018 às 14:08

Deve ter algo nesse angu, pra eles não fazerem logo isso.

Gustavo #619 @gustros em 19/06/2018 às 11:47

" " Acho que deviam ser 2.
porque no futebol não existem trocentos pontos em disputa, cada partida tem poucos Lances polêmicos.
Mas se mudarem a decisão não se perde o desafio.
Não sei porque tem tanta resistência pra isso, parece que é pra abrir brechas mesmo...

Coringão Timão #220 @bregas em 19/06/2018 às 12:21

Tinha que ser igual a NFL. X pedidos de revisão por tempo. Dois por tempo? Um por tempo? Não sei, mas é ridículo deixar essa escolha para o árbitro. Afinal, se ele não quiser chamar a revisão não adianta de nada.

E deixando claro que a cada 4 anos é Brasil NESSA POURRA!

Eduardo Marques André #2.200 @eduardo.marques.andr em 19/06/2018 às 12:03

Sempre há margem pra má-fé, impressionante. Ser humano é um bicho estranho...

Ultraman Corinthians #5.803 @ultraman em 19/06/2018 às 12:03

A NFL faz algo semelhante ao que foi proposto quanto a desafios, e acho que talvez seja o melhor caminho para o VAR adotar. Você tem uma determinada quantia de desafios, se desafiar corretamente, não perde, se desafiar erroneamente perde ela.

Nos dois últimos minutos da partida de futebol americano, TODOS os lances são revisados sem a obrigação de se pedir um desafio. Algo que poderia ser adotado também no futebol, a partir dos 40 minutos todas as jogadas polêmicas seriam revisadas...

Marcos #855 @marcosaa em 19/06/2018 às 11:16

" "

A sugestão que li aqui não foi esta, foi que quem tem que pedir é o time que se julga prejudicado. Mas vamos seguir nesta linha.

Se o limite forem 2 por exemplo, e o técnico pedir uma aos 15 do 2o tempo (uma falta de ataque no gol do adversário por exemplo) e uma outra as 35 (um pênalti que não foi). E aos 44 acontecer um outro lance capital, ele já queimou as 2 e ai?

Será que não vai chover reclamação do mesmo jeito? Acho que o modelo atual não é ruim, precisa só ser aprimorado, um ou dois arbitros olhando TODOS os lances, com foco nos lances capitais (pênaltis, gols, impedimentos) se ocorrer 20 vezes vão olhar 20 vezes, acho que é só ajuste de acomodação e todo mundo se acostumar.

Adriano De Souza Franco #33 @adrianer em 19/06/2018 às 12:02

Então, como eu disse, não temos como saber se o arbitro recebeu essa mensagem, já que os árbitros de vídeo ficam tudo numa cabine fechada, mas até acho que devem ter analisado o lance e passado para o arbitro de campo que não foi falta.

Porem, a decisão final é do arbitro de campo, ele teria que ir ver o lance e decidir se foi ou não, já que existe várias interpretação no lance, pra alguns foi e para outros não.

Marcos #855 @marcosaa em 19/06/2018 às 11:12

" "

Pela regra TODO lance de gol é revisado, logo o lance foi revisado pelos arbitros italiano e argentino que acompanhavam o VAR, eles obrigatoriamente se comunicaram com o arbitro de campo, se eles falaram que não foi nada, podemos discutir a interpretação do lance, se eles falaram que foi e o arbitro de campo discordou, a mesma coisa, mas o VAR cumpriu seu papel o resto é o de sempre arbitros de qualidade duvidosa e pronto. O VAR neste caso não teve nenhum efeito.

Gustavo Henrique Dos Santos Ros #619 @gustros em 19/06/2018 às 11:54

Se ele 'acertar' os outros 2 não perde nenhum desafio se ele errar os dois problema é dele

É até bom se o jogador tentar cavar um pênalti e o técnico dele pedir o desafio, vai ser prejudicado 2x, te garanto ninguém mais vai cavar pênalti.

Marcos #855 @marcosaa em 19/06/2018 às 11:16

" "

A sugestão que li aqui não foi esta, foi que quem tem que pedir é o time que se julga prejudicado. Mas vamos seguir nesta linha.

Se o limite forem 2 por exemplo, e o técnico pedir uma aos 15 do 2o tempo (uma falta de ataque no gol do adversário por exemplo) e uma outra as 35 (um pênalti que não foi). E aos 44 acontecer um outro lance capital, ele já queimou as 2 e ai?

Será que não vai chover reclamação do mesmo jeito? Acho que o modelo atual não é ruim, precisa só ser aprimorado, um ou dois arbitros olhando TODOS os lances, com foco nos lances capitais (pênaltis, gols, impedimentos) se ocorrer 20 vezes vão olhar 20 vezes, acho que é só ajuste de acomodação e todo mundo se acostumar.

Gustavo Henrique Dos Santos Ros #619 @gustros em 19/06/2018 às 11:47

Acho que deviam ser 2.
porque no futebol não existem trocentos pontos em disputa, cada partida tem poucos Lances polêmicos.
Mas se mudarem a decisão não se perde o desafio.
Não sei porque tem tanta resistência pra isso, parece que é pra abrir brechas mesmo...

elielton #3138 @tiofil em 19/06/2018 às 11:01

" "

No Vôlei tem esse lance do desafio, mas é limitado por time, cada um tem 3 desafios. Tem que ser dessa forma.

Marcos Aurélio De Almeida #855 @marcosaa em 19/06/2018 às 11:16

A sugestão que li aqui não foi esta, foi que quem tem que pedir é o time que se julga prejudicado. Mas vamos seguir nesta linha.

Se o limite forem 2 por exemplo, e o técnico pedir uma aos 15 do 2o tempo (uma falta de ataque no gol do adversário por exemplo) e uma outra as 35 (um pênalti que não foi). E aos 44 acontecer um outro lance capital, ele já queimou as 2 e ai?

Será que não vai chover reclamação do mesmo jeito? Acho que o modelo atual não é ruim, precisa só ser aprimorado, um ou dois arbitros olhando TODOS os lances, com foco nos lances capitais (pênaltis, gols, impedimentos) se ocorrer 20 vezes vão olhar 20 vezes, acho que é só ajuste de acomodação e todo mundo se acostumar.

Pádua #260 @paduaalves em 19/06/2018 às 11:09

" "

Existe limite para quantas vezes você pode pedir a disputa. Se não me engano é duas vezes por cada tempo.

Marcos Aurélio De Almeida #855 @marcosaa em 19/06/2018 às 11:12

Pela regra TODO lance de gol é revisado, logo o lance foi revisado pelos arbitros italiano e argentino que acompanhavam o VAR, eles obrigatoriamente se comunicaram com o arbitro de campo, se eles falaram que não foi nada, podemos discutir a interpretação do lance, se eles falaram que foi e o arbitro de campo discordou, a mesma coisa, mas o VAR cumpriu seu papel o resto é o de sempre arbitros de qualidade duvidosa e pronto. O VAR neste caso não teve nenhum efeito.

Adriano #33 @adrianer em 17/06/2018 às 17:03

" "

Mas o caras do VAR estão vendo os lances, eles avisariam o arbitro em campo.

Pra mim empurrou, impediu o Miranda de ir pra Bola.

Agora fica a duvida se os caras do vídeo mandou aviso para o Arbitro via rádio.

Se não fizeram isso, fica complicado ein, nem com ajuda de vídeo os caras conseguem acertar?

Agora é seletiva? Vai ver quando quer?