A minha análise (e desabafo) sobre a eliminação e o vergonhoso momento em que estamos passando

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Marcelo #1.413 @traluscofiel em 24/10/2013 às 07:12

Esse post não é só minha análise fria sobre o jogo de ontem e tudo que estamos passando, mas também de um torcedor apaixonado que sou pelo Corinthians.

Sobre o jogo. Aceito e até entendo entrar com 3 volantes e deixar o Renato Augusto no banco, já que ele vinha de grave lesão. Não é o que eu faria. Começaria o jogo com ele. Mas estou olhando tudo sob a ótica do Tite, não a minha.

No primeiro tempo, um único e mísero chute do Douglas no início e só. No restante da etapa inicial, o que já vimos nos últimos 20,30 jogos. Uma defesa sólida, uma saída de bola que não existe, uma criação de jogadas ridícula e um ataque fantasma. Um festival de balões, passes errados, até de 1 metro, perdendo todas as segundas bolas, jogadores distantes um do outro. Muito, muito, mais muito fraco os primeiros 45 minutos. Beirando o patético.

Depois de um primeiro tempo tão ruim, obviamente esperava uma mudança no time no intervalo, a entrada do Renato Augusto, deixar o time mais agressivo já que nada tinha sido feito no primeiro tempo. Nada disso. Tite manteve o mesmo time. Se no primeiro tempo aceitei entrar naquela forma, no segundo, não. Tinha que haver uma mexida, a entrada do Renato Augusto.

Pior. Nem a atitude mudou. Continuou o show de horrores. Uma postura covarde em campo, somente se defendendo, parece que implorando pelo 0 a 0. E um detalhe que me deixou profundamente irritado e envergonhado, que aconteceu não só no segundo tempo, mas no primeiro também, o jogo inteiro. Cada bola levantada do Grêmio na nossa área, em escanteios ou faltas, nossos 10 jogadores, repito, OS 10 JOGADORES, foram pra dentro da nossa área, defender. Quando afastávamos a bola, ela sempre ficava com os jogadores do Grêmio, pois não havia absolutamente ninguém lá frente pra puxar um contra-ataque, prender a bola pra esperar a chegada de alguém de trás. Não havia NINGUÉM. Simplesmente inaceitável.

As substituições de Tite. Fábio Santos se contundiu logo no começo do segundo tempo. Porque não arriscar, já que precisávamos da vitória tanto quanto o Grêmio? Porque não tirá-lo, deslocar o Edenílson pra direita, o Alessandro pra esquerda e pôr o Renato Augusto? Não. Tite trocou seis por meia dúzia, e colocou o Igor. Depois resolve tirar o Douglas. Tudo bem. Ele vinha mal na partida. Mas porque Danilo? Nós precisávamos de velocidade pra armar um contra-ataque. Danilo é lento, que prende a bola. Seria útil caso estivessimos ganhando. Rodriguinho seria a opção certa. E por fim, Emerson. Um caso à parte. Tirou um dos volantes pra colocá-lo. Aceitável, mas foi tão mal nas outras duas alterações, que não compensa. Sinceramente, fez tanta cena dizendo que tudo seria diferente, que o Renato Augusto seria muito importante, faria a diferença, e não coloca para o jogo, nem nos 45 minutos finais. O cúmulo da incoerência.

O time, mais ofensivo, chegou à frente duas ou três vezes em menos de 5 minutos. Aí me vem ele de novo, Emerson. Podem dizer o que quiser, mas pra mim ficou claro, transparente como água que ele cavou aquela expulsão, queria nitidamente ser expulso pra fugir da responsabilidade de uma decisão por pênaltis que se encaminhava. O Emerson fez uma linda história aqui, mas vai a destruindo cada dia que passa. Dentre muitos que quero ver fora ano que vem, ele está no meio.

A partir daí, tudo voltou a mesma. Sofremos um pouco de pressão, mas só chegaram efetivamente em um chute do Elano, que o Walter fez grande defesa. Como havia falado anteriormente, o time do Grêmio não mete medo em ninguém. Até o Criciúma venceu lá. Se o time tivesse uma postura corajosa, que quisesse jogar futebol, sem dúvida teríamos vencido.

Eis que chegaram os pênaltis. Walter fez muito bem o dele. Pegou dois. Mostrou frieza e capacidade. Acredito que nesse tempo de lesão do Cássio, estaremos seguros com ele. Os nossos batedores não bateram mal, bateram bisonhamente. Muitos estão caindo só em cima do Pato. Normal. Contratação mais cara, o último a bater, tentou a cavadinha. Não tiro a razão. Ele bateu pessimamente, displicentemente. Mas Danilo e Edenílson também. A cobrança do Edenílson foi tão ridícula quanto a do Pato. É realmente imperdoável, num jogo decisivo, de tamanha importância, bater pênaltis daquela forma, como se estivesse jogando uma pelada. Imperdoável.

Muitos pegaram o Pato pra Cristo, o responsabilizando pela desclassificação. Mas não farei isso pois seria uma tremenda injustiça. Concordo que ele teve sua parcela de culpa. Mas não só ele, todos tem culpa. Todos! Os jogadores, incluindo o Pato, que andaram em campo e não conseguiram acertar passes de 1 metro, o Tite, principalmente o Tite, pelos equívocos nas substituições, pela postura covarde que vem armando esse time há muito tempo, com medo de jogar bola, transformando nosso ataque em ataque de várzea, ou até pior que isso, e a diretoria também, que já tinham ouvido o pedido dos jogadores pra manter o Tite depois do vexame pra Portuguesa e viram que nada havia mudado e mesmo assim escutaram de novo, e aí está a resposta por não terem pulso firme. Todos tem culpa. Apontar o dedo e jogar tudo nas costas do Pato, pra mim, é cometer o mesmo o erro que todos estão fazendo lá dentro. Vão crucificá-lo, ele vai sair, e seguirá o Tite lá com seu esquema em que os 10 jogadores vão pra própria área se defender quando adversário vai cobrar um escanteio, um elenco com alguns jogadores ruins, envelhecidos e donos do clube, e uma diretoria omissa. A culpa não é só do Pato. Ele é o menor dos culpados. A culpa é do elenco, do técnico e da diretoria. De todos.

Estou realmente triste de ver a que ponto chegamos. Campeão da Libertadores, do Mundo, pra essa vergonha. Essa é a palavra: vergonha. Hoje em dia, é vergonhoso esse time jogar. Se defende bem, graças ao esquema ultra mega defensivo do Tite, mas não tem ataque. É todo mundo longe um do outro, não tem tabela, jogadas trabalhadas, infiltrações, triângulações. Não tem transição entre defesa, meio e ataque. Não tem criação de jogadas. Nada, nada. Um ataque de um time de várzea é mais eficiente. Lógico que nenhum time no mundo ganha todos os jogos, lógico que um dia vai perder. O que não aceito é o medo de vencer. Perdeu, mas jogou pra cima, sufocando o adversário, se esforçando, finalizando, dando trabalho, atacando, não reclamaria. Teve coragem. Agora perder dando duas finalizações no jogo, com os 10 jogadores antes do meio campo, com atacante marcando lateral, jogando por uma bola o jogo inteiro, como time pequeno, com medo e covardia, ISSO EU NÃO ACEITO!

É realmente deplorável. Agora resta terminar o ano brigando pra não cair no Brasileirão, porque não acabou o risco. Vi muitos dizendo que não tem mais perigo, não tem mais risco. Tem e MUITO, porque teremos confrontos diretos com quem está abaixo da gente, como Vasco, Coritiba e Fluminense.

Nesse momento, é uma mistura de sentimentos. Tristeza, decepção, raiva, frustação. É lamentável ver a que ponto chegamos.

1.328 visualizações e 49 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Edgard Alan Souza #39 @edgard.alan.souza em 24/10/2013 às 08:16

Pra ilustrar o que você disse sobre os escanteios, e isso não vem de agora

De resto, eu tento me preparar psicologicamente pra ver o Corinthians jogando como time time pequenomas chega na hora do jogo é difícil.

Ver o gigante Corinthians acuado tentando levar o jogo pros penais dá um nó na garganta e embrulha meu estomago.

Ana Paula Araújo #8 @anapaulaaraujo em 24/10/2013 às 08:37

Primeira coisa errada foi a postura covarde, aí vieram as substituições, Danilo no lugar do Douglas é trocar sei por meia dúzia. Depois, perdemos o FS à toa, já que não nos classificamos, aí ele tira o Guilherme (achei correto) e coloca o Sheik ao invés do Renato.

Aí vieram os pênaltis e quando vi quem ia bater eu sabia que não daria certo.

Danilo há seis meses mal tecnicamente, era bem óbvio que erraria, se fosse ano passado marcaria fácil.

Romarinho é boa escolha, sempre frio pra bater, acerta sempre.

Alessandro eu confesso que achei que erraria, quebrei a cara.

Edenilson não acerta durante o jogo, por que nos pênaltis deixaria de ser apavorado?

Aí vem o Pato, cara que custou 40 milhões e tem medo de dividir uma bola. Eu ainda pensei que por todo esse estrelismo dele, ele poderia decidir, mas não, esqueceu na frente dele era o DIDA e não o Rogério Ceni, bateu irresponsavelmente mal.

Renato Augusto, alguém me diz por qual motivo foi relacionado? Jogou 45 minutos contra o Criciúma e não entrou numa DECISÃO?

Por fim, só se tivemos algo de proveitoso, o Walter, bem seguro.

O ano acabou para o Corinthians e espero que não demitam o Tite agora, porque não adianta mais.

Últimas respostas

Rodrigo Junqueira #1.151 @rodrigo.junqueira em 24/10/2013 às 12:17

Pra mim o jogo de ontem foi o retrato do Corinthians do segundo semestre: covardia, falta de competência ofensiva, más escolhas do treinador (Edenilson pra cobrar pênalti? Cadê o Renato?) e jogadores em péssima fase (Sheik e Danilo). O Pato deu uma de Anderson Silva.
Tem que reformular. Precisamos de um novo técnico.

Publicidade

Ana Paula Araújo #8 @anapaulaaraujo em 24/10/2013 às 12:09

Entendi, então brigar no jogo é normal? ! Tá certo!

Como você bem disse, essa é uma opinião SUA, por mim entraria o Renato Augusto e não o Sheik.

Abraços!

Ana Paula Araújo #8 @anapaulaaraujo em 24/10/2013 às 12:04

E expulsão é na conta de quem?

Romarinho bateu contra o SP na semi do Paulista, firme, alto e com calma, pode ser um nada no jogo, mas nos pênaltis estaria entre meus batedores.

Fernando José Prina Da Rocha #3.414 @prina em 24/10/2013 às 11:59

Sinceramente estou com muito medo da série b, não sei nâo!

Estamos pagando pela morte do garoto boliviano, isso é castigo e merecido.

Ana Paula Araújo #8 @anapaulaaraujo em 24/10/2013 às 11:53

Falei que não adianta nada demitir o Tite agora, não disse que seria bom se ele ficasse e muito menos que queria contrato vitalício pra ele, o que quis dizer é que passou da hora.

Assim como não o redimi de sua culpa, muito menos o Pato, que, pra mim, não dividiu bola nenhuma.

Romarinho eu disse que é sempre frio nos PÊNALTIS e não disse que jogou bem.

E eu não esperaria outra atitude do Emerson Sheik, não pela situação, mas por ser ELE. Sempre foi brigão, defendê-lo e acusar o juiz não faz sentido.

Toni Zaneti #2.672 @toni.zaneti em 24/10/2013 às 09:55

Erro rs embora menos mau que o dos amebas jogando ontem rs... Citei o post mas referenciou seu comentário nele...

Robson #12 @robson.oliveira4 em 24/10/2013 às 09:38

" "

Ow tu fumou um baseado? Quem falou foi o @cesar1977

Robson Oliveira #12 @robson.oliveira4 em 24/10/2013 às 09:38

Ow tu fumou um baseado? Quem falou foi o @cesar1977

Toni #2672 @toni.zaneti em 24/10/2013 às 09:37

" "

Manter Danilo e Sheik?

Ah para né camarada!

Enfia eles no c****!

Toni Zaneti #2.672 @toni.zaneti em 24/10/2013 às 09:37

Manter Danilo e Sheik?

Ah para né camarada!

Enfia eles no c****!

Robson #12 @robson.oliveira4 em 24/10/2013 às 09:05

" "

Aonde o Corinthians ganhou triplice coroa? E você só pode estar brincando em querer manter Danilo e Sheik

Ana Paula Araújo #8 @anapaulaaraujo em 24/10/2013 às 09:14

A tríplice coroa internacional, Libertadores, Mundial e Recopa. Foi isso que ele se referiu eu acho.

Robson #12 @robson.oliveira4 em 24/10/2013 às 09:05

" "

Aonde o Corinthians ganhou triplice coroa? E você só pode estar brincando em querer manter Danilo e Sheik

Hugo Leite #14.466 @hugoleite em 24/10/2013 às 09:14

ótimo post... Falou quase tudo o que defendi hoje d manha aqui no trampo... Infelizmente a solução é fácil, Tite não renova no fim do ano, o ideal era ter perdido para o Bahia e para o Gaymio na semana passada e de muito se possível... Quem sabe o sr Gobbi não tomava uma atitude de homem? !