Entenda como o Corinthians chegou na situação atual - e porque a torcida se manteve calada

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Victor Augusto #945 @victor.augusto.ventu em 21/10/2018 às 01:05

SALVE FIEL!

Vou mostrar pra vocês como o Corinthians chegou onde está, e o que manipulou a torcida a ponto de imobilizar críticas e cobranças.

Tudo começou em 2017, quando a imprensa vendia Andrés Sanchez e Rosenberg como salvadores das finanças do clube, 'revolucionários', etc.

Compraram o discurso do candidato, e o divulgavam como a verdade.

A maioria da torcida - cega -, aceitou o que estava sendo revendido!

Chegada as eleições, o que se previa aconteceu, Andrés Sanchez foi escolhido pra dirigir o Corinthians pelos próximos 3 anos.

Iniciado o mandato, Andrés se viu alvo de protestos de torcedores e sócios que acompanhavam o resultado da eleição dentro do porque São Jorge.

Estava ali o primeiro baque sofrido pela mesma imprensa que comprou e revendeu a ideia do 'bom candidato'.

Escondido no banheiro feminino, sob gritos de 'bandido', com câmeras em volta, Andrés havia sofrido a primeira pedrada em sua blindagem.

No dia seguinte, foram unânimes as declarações públicas de jornalistas em solidariedade ao novo presidente do Corinthians.

Reduziam os protestos a 'oposicionistas' e a ala radical de uma torcida organizada - Movimento Rua São Jorge, da Gaviões da Fiel -.

Acontece, que a partir desse dia, não houve mais nota de solidariedade que tornasse o mandato do deputado inquestionável pela Fiel.

O que se viu, foram tentativas de criar uma grande operação abafa a qualquer crítica generalizada que surgisse a cada desmando assinado por Andrés e cia.

Uma tentativa de manipulação bem alinhada entre membros da imprensa, e membros da administração corintiana.

Funciona assim:

- No dia 09/02/2018 acontece isso com o time que não tinha um centroavante;

- Dois dias depois a imprensa divulga isso;

- Dia 14/02/2018, acontece isso;

- Um dia depois a imprensa divulga isso;

- Dia 29/04/2018 acontece isso com o time que não tem lateral direito reserva;

- Dias depois a imprensa repercute isso;

- Dia 05/06 a torcida fica sabendo disso;

- Dias depois Rosenberg reaparece na imprensa;

- Entre começo de julho e começo de agosto o Corinthians perde Maycon, Sidcley, Balbuena e Rodriguinho. Novamente, o que surge dias depois?;

- No dia 18/08/2018, o Corinthians perde para o Grêmio no Brasileirão;

- Quem aparece dois dias depois de novo?;

- Daí agora, diante da briga na parte de baixo da tabela do Brasileirão, diante dos fracassos nas duas competições mata mata que disputávamos no ano, o que temos ressurgindo na imprensa?

Abre o olho Fiel!

Beira ao desrespeito a forma como a imprensa esportiva e a adm tenta lubridiar a torcida corintiana! É o toma lá, da cá.

Somos muito mais que isso.

700 visualizações e 25 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Jk Ferreira #2.007 @jokar em 21/10/2018 às 01:10

O silêncio da organizada me espanta.

Fábio Meirelles @meirelles em 21/10/2018 às 02:54

Você, esqueceu, de falar no seu tópico, depois das eleições vencida pelo mesmo, que teve que se esconder no Banheiro Feminino; Foi marcado em dias diferentes, reuniões a portas fechadas, com todas as ' ORGANIZADAS '; que não fizeram, mais nenhuma crítica referente ao ' Picareta '.

Últimas respostas

Dhemerson Gonçalves #2.371 @dhemerson.goncalves em 09/11/2018 às 00:23

Padrão Andrés, deve estar pagando para soltar notas e fazer o engana besta

Victor Augusto #945 @victor.augusto.ventu em 21/10/2018 às 01:05

" "

SALVE FIEL!

Vou mostrar pra vocês como o Corinthians chegou onde está, e o que manipulou a torcida a ponto de imobilizar críticas e cobranças.

Tudo começou em 2017, quando a imprensa vendia Andrés Sanchez e Rosenberg como salvadores das finanças do clube, 'revolucionários', etc.

Compraram o discurso do candidato, e o divulgavam como a verdade.

A maioria da torcida - cega -, aceitou o que estava sendo revendido!

Chegada as eleições, o que se previa aconteceu, Andrés Sanchez foi escolhido pra dirigir o Corinthians pelos próximos 3 anos.

Iniciado o mandato, Andrés se viu alvo de protestos de torcedores e sócios que acompanhavam o resultado da eleição dentro do porque São Jorge.

Estava ali o primeiro baque sofrido pela mesma imprensa que comprou e revendeu a ideia do 'bom candidato'.

Escondido no banheiro feminino, sob gritos de 'bandido', com câmeras em volta, Andrés havia sofrido a primeira pedrada em sua blindagem.

No dia seguinte, foram unânimes as declarações públicas de jornalistas em solidariedade ao novo presidente do Corinthians.

Reduziam os protestos a 'oposicionistas' e a ala radical de uma torcida organizada - Movimento Rua São Jorge, da Gaviões da Fiel -.

Acontece, que a partir desse dia, não houve mais nota de solidariedade que tornasse o mandato do deputado inquestionável pela Fiel.

O que se viu, foram tentativas de criar uma grande operação abafa a qualquer crítica generalizada que surgisse a cada desmando assinado por Andrés e cia.

Uma tentativa de manipulação bem alinhada entre membros da imprensa, e membros da administração corintiana.

Funciona assim:

- No dia 09/02/2018 acontece isso com o time que não tinha um centroavante;

- Dois dias depois a imprensa divulga isso;

- Dia 14/02/2018, acontece isso;

- Um dia depois a imprensa divulga isso;

- Dia 29/04/2018 acontece isso com o time que não tem lateral direito reserva;

- Dias depois a imprensa repercute isso;

- Dia 05/06 a torcida fica sabendo disso;

- Dias depois Rosenberg reaparece na imprensa;

- Entre começo de julho e começo de agosto o Corinthians perde Maycon, Sidcley, Balbuena e Rodriguinho. Novamente, o que surge dias depois?;

- No dia 18/08/2018, o Corinthians perde para o Grêmio no Brasileirão;

- Quem aparece dois dias depois de novo?;

- Daí agora, diante da briga na parte de baixo da tabela do Brasileirão, diante dos fracassos nas duas competições mata mata que disputávamos no ano, o que temos ressurgindo na imprensa?

Abre o olho Fiel!

Beira ao desrespeito a forma como a imprensa esportiva e a adm tenta lubridiar a torcida corintiana! É o toma lá, da cá.

Somos muito mais que isso.

Publicidade

I77 1910 #2.141 @italoii em 21/10/2018 às 12:39

Eu não gosto do Andrés, mas tudo isso aí que você escreveu é bobagem.

A imprensa odeia o Andrés e vice-versa. Toda entrevista o Andrés sempre é arrogante com os jornalistas, aí você diz que esses jornalistas fazem campanha pró Andrés?

O Andrés é o maior culpado pela crise do clube, por causa de sua péssima gestão desde o anúncio do estádio. É isso que nós temos que cobrar, não a 'imprensa que protege o Andrés'.

Se o Andrés e o Rosenberg mentem com essas declarações sobre reforços, patrocínios e NRs, é deles que temos que cobrar.

Eu não acompanho de perto, mas as organizadas não parecem ser 'compradas' por esses dirigentes. Já aconteceram protestos nesse ano mesmo, e com críticas muito pesadas a todos os dirigentes, incluindo Andrés e Rosenberg.

A torcida organizada voltará a protestar, é óbvio, se o time continuar se aproximando do Z4. E no ano que vem se o time continuar fraco e a situação financeira não estiver melhor também.

Elias Dos Santos #433 @eliasbb em 21/10/2018 às 11:38

Fazendo uma analogia com a situação de nosso país, a tática é a mesma, através de uma mídia manipulada($$$$$$$) vende-se o que o povo quer, ou seja ilusão.Assim é o deputado e seu partido.

Ricardo Crispim #369 @ricardo.crispim em 21/10/2018 às 11:24

Ah mídia é a favor ou contra o Corinthians si decidem aí kkkk

Cosmo Kramer #6.014 @cosmo.kramer em 21/10/2018 às 11:18

Que post fantástico!

Mauricio Di Santi #28 @mx1972 em 21/10/2018 às 10:45

Existe um complô entre diretoria e imprensa para que as críticas sejam evitadas. Isso já era mais ou menos visível.

Victor O #214 @victor.pr em 21/10/2018 às 10:43

Cortina de fumaça é disparado a tática mais usada, e a torcida cai direitinho.

Deco #94 @deco20 em 21/10/2018 às 10:12

" "

Estratégias mais usadas pela bandidagem:

1. Cortina de fumaça - usada sempre que alguma polêmica surge. Ex: Tardelli no Timão, NR pra assinar, master na camisa...

2. Arrogância - quando é confrontado, nosso presida prefere partir pra agressão/discussão, do que abrir o jogo...

3. TOs como fantoche - todo mundo sabe que as TOs se vendem por ingressos, aluguel de ônibus e carnaval. Alguns milhões investidos pra subornar as organizadas e fica em paz pra roubar 10x/20x mais...

E isso só pra citar o TOP3!

Daniel Felipe Do Nascimento #4.262 @danny.loko em 21/10/2018 às 10:42

Excelente tópico!

Gus Ortiz #348 @gus.ortiz em 21/10/2018 às 10:26

É pra espantar. Fugi de lá quando ouvi que Andrés colocou verba do Pcc lá..

JK #2007 @jokar em 21/10/2018 às 01:10

" "

O silêncio da organizada me espanta.

Deco 20 #94 @deco20 em 21/10/2018 às 10:12

Estratégias mais usadas pela bandidagem:

1. Cortina de fumaça - usada sempre que alguma polêmica surge. Ex: Tardelli no Timão, NR pra assinar, master na camisa...

2. Arrogância - quando é confrontado, nosso presida prefere partir pra agressão/discussão, do que abrir o jogo...

3. TOs como fantoche - todo mundo sabe que as TOs se vendem por ingressos, aluguel de ônibus e carnaval. Alguns milhões investidos pra subornar as organizadas e fica em paz pra roubar 10x/20x mais...

E isso só pra citar o TOP3!