Fórum do Corinthians

Carille fazia algo básico, seguindo os antecessores de sucesso. Concordam?

Tópico popular Entenda as regras
Foto do perfil de Lucas

Lucas 13 posts

Publicado no Fórum do Meu Timão em 22/10/2018 às 18:35
Por Lucas Inacio Ferreira (@lucas.inacio.ferreir)

Estava analisando o desempenho do Jadson e o quanto tem sim contribuído com a marcação muito mais que o Rodriguinho na época de Carille.

Carille sempre substituía dois jogadores que mais se dedicavam a marcação e também deixava a zaga sofrer um pouco mais para que o ataque tivesse força para finalizar a jogada.

Vocês percebem que nossos zagueiros saem muito menos cansados que os dos nossos adversários? Isso mata a força de nossos atacantes.

490 visualizações e 18 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Foto do perfil de Arnaldo Costa

Ranking: 90º

Arnaldo 12364 posts

@arnaldo.costa em 22/10/2018 às 18:44

Não... O Carille não fazia o básico...

O Carille era um puta de um técnico, isso sim...

Tinha o elenco na mão... Obediencia tática e dedicação total...

Sinceramente, eu acho chato essa história de menosprezar o Carille dizendo que ele não era tão bom assim, que ele só fazia o básico...

O cara era um líder do caramba no Corinthians...

Últimas respostas

Foto do perfil de Primo Primo

Ranking: 356º

Primo 5608 posts

@primo.primo em 23/10/2018 às 12:46

E nossa zaga não está sofrendo? Nunca vi Cássio pegar tanta bola.

Publicidade

Foto do perfil de Lu Siqueira

Ranking: 31º

Lu 23971 posts

@lusiqueira em 23/10/2018 às 12:44

Agora é torcer pra em 2019 vir um técnico de verdade.

Foto do perfil de Isaac Prado

Ranking: 402º

Isaac 5075 posts

@isaac.prado em 23/10/2018 às 12:43

Ele era muito acima da media cara, nível renato gaúcho e felipao

Foto do perfil de Vagner Silva

Ranking: 27º

Vagner 27142 posts

@vagner.silva13 em 22/10/2018 às 21:34

Carille é um dos melhores técnico que já passaram por aqui, se fosse tão fácil o Loss teria repetido

Foto do perfil de Tiago Pexe

Ranking: 665º

Tiago 3409 posts

@tiagopexe em 22/10/2018 às 21:14

Carille jogava com um meio campo forte, com marcação, com Gabriel, Maycon e Rodriguinho, e o Jadson podia flutuar.

O Jadson pelos lados era um sacrifício para o jogador, mas para o time era ótimo, porque ele podia flutuar, e como o Jadson n é um baita marcador, pelos lados, ele apenas tinha que acompanhar.

Esse ano, aos trancos e barrancos, Carille tinha conseguido levar esse time ao Paulistão, mesmo errando com Mantuan, e colocando jogadores como Pedrinho e Vital, na reserva.

Os treinadores que entraram, primeiro Loss, e agora Jair, não tem essa leitura fina do elenco. Loss caiu por insistir em Mantuan, e Jair até agora n definiu um time.

Agora, o Carille não fazia o básico n, era monstro demais.

Foto do perfil de Victor Moya

Ranking: 9.795º

Victor 122 posts

@victor.moya em 22/10/2018 às 21:05

Atualmente nem temos mais segundo volante, Camacho era um bom jogador para elenco e atualmente precisamos de jogador nessa posição, o time fica nada criativo no meio campo com Douglas, Ralf e Gabriel. Os 3 são bons em destruir jogadas e não criar.

Foto do perfil de João .

Ranking: 241º

João 7050 posts

@joaovitalfn em 22/10/2018 às 21:02

Carille tinha 10 anos de clube.
Aprendeu com Mano e Tite, os dois melhores técnicos do país.
O cara é diferenciado.

Foto do perfil de Rodrigo Bivar

Ranking: 723º

Rodrigo 3207 posts

@rodrigo.bivar em 22/10/2018 às 19:09

Existe uma máxima na filisofia que diz: 'O saber que não sei'. Carille simplesmente sabia o que não podia esperar de seu elenco. Então se concentrava em tirar o melhor proveito do que podia. Uma forte disciplina tática na marcação, a proximidade das linhas, nunca ter menos que 4 atrás da linha da bola. E explorar os erros que os adversários proporcionavam. Isso não se consegue se quem vai pra campo não confia no comando. Mas o grupo comprou a ideia e ele tinha esse grupo na mão. É o futebol dos sonhos? Pra mim não, mas com os ovos que ele tinha fazia o omelete e não tentava fazer um quindim. Não era brilhante, mas praguimatico e efetivo. Que aconteceu com sua saída? Além de se ter menos ovos e de menor qualidade, se tentou fazer o quindim. Toda a compactação do time foi perdida, se piorou na retaguarda e sem melhorar no ataque. E isso simplesmente fez os jogadires deixarem de acreditar na proposta. Na giria, se perde o vestiário.

Foto do perfil de Camila Magalhães

Ranking: 137º

Camila 389 posts

@camimagalhaes em 22/10/2018 às 19:04

Isso deve-se principalmente a qualidade questionável das nossas peças, aliada a falta de vontade. Ano passado víamos todos bater na mesma tecla, 'cumprir função', para o time, hoje isso não ocorre. Jogadores não disputam bola, não interceptam, cada um na 'sua função'. Quem joga para o time, acaba cansado msm.

1 a 10 de 17 respostas

x