Os melhores goleiros da nossa história (que vi jogar)

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Henry #3.058 @hj007 em 06/02/2019 às 15:09

Toda vez que me perguntam os melhores goleiros do Corinthians que vi jogar, eu não titubeio.

Ado de 1969 a 1972 (quando falhou contra o Botafogo na semifinal do Brasileirão faltando 5 minutos para o jogo acabar, e fomos eliminados no Maracanã - faríamos a final contra o Palmeiras). Depois disso, nunca mais foi o mesmo. Disputou a Copa de 70.

Jairo - a partir de 1978, quando ganhou a posição do Tobias. Foi várias vezes convocado para a seleção brasileira e fechou o gol nos 3 jogos finais contra a Ponte, em 1979. A Ponte não fez gol em 270 minutos.

Leão - campeão paulista em 1983 - acabou com o Palmeiras na semi e acabou com o São Paulo na final. Foi decisivo, como dizia Sócrates, seu inimigo, e como ainda hoje diz Casão.

Carlos - 1984 a 1988 - talvez o mais técnico de todos os goleiros que já vi. Perfeito em todos os fundamentos, apenas azarado. Foi titular da Copa de 86 e reserva em mais duas Copas.

Ronaldo - dispensa apresentações. 10 anos dono do gol. Também convocado para seleção, mas não foi a Copa nenhuma, apesar de só Taffarel ser melhor que ele em 1994.

Dida - monstro debaixo do gol, campeão mundial, Brasileiro, Copa do Brasil e Rio-SP. Maior pegador de pênaltis de nossa história, pegando pênaltis seguidos durante os jogos, inclusive os dois de Raí e o de Sávio, quase aos 45 minutos do segundo tempo contra o Real Madrid, que nos eliminaria do Mundial de 2000.

Cássio - lenda.

Ainda tivemos goleiros confiáveis, como Tobias (só pelos pênaltis contra o Flu, porque não era diferenciado), Doni (chegou à seleção e foi muito bem de julho de 2002 até o meio de 2003), Fábio Costa (foi bem em 2005) e Felipe (2008-2009).

Mas nenhum deles jogou o que os outros sete de cima jogaram.

Hoje morreu Jairo, que vi jogar a primeira vez no Mineirão, ainda pelo Coritiba, contra o Atlético-MG. Tomou 2 gols cara a cara do Dario, mas evitou uma goleada. Sonhei com ele no Timão, e ele chegou em 1977. Logo no primeiro jogo importante, estreia do Palhinha, contra o Internacional pela Libertadores, tomou um gol do meio de campo e largou a posição para o Tobias. Poderia ser o goleiro da foto do título de 1977 porque jogou a segunda partida da final. Estava muito bem, até que tomou o gol de falta do Dicá. A Ponte virou e Jairão viu a terceira partida do banco. Foi o recordista em campeonatos brasileiros, mais de 1.100 minutos sem tomar gol. O Corinthians não tinha um timaço, ou ganhava de 1x0 ou empatava 0x0. O zero era sempre por conta de jairo. Vi vários jogos, um deles contra o Botafogo no Morumbi, e Jairão só não fez chover. Cruzamento até a marca do pênalti era dele. Nesse fundamento - saída de gol em bola aérea, era superior a Cássio e Dida.

Jairão, fui seu fã e torcedor. Fique em paz.

295 visualizações e 30 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Últimas respostas

Henry Vj #3.058 @hj007 em 07/02/2019 às 00:21

Eu falo dele no texto

RENATO #9 @rmagalhaes em 06/02/2019 às 22:29

" "

E teve o carlos ganso.

Goleiro de seleção.

Publicidade

Renato Magalhaes #9 @rmagalhaes em 06/02/2019 às 22:29

E teve o carlos ganso.

Goleiro de seleção.

HENRY #3058 @hj007 em 06/02/2019 às 20:35

" "

Valdir eu vi em 1987, esqueci de falar dele, mas não foi brilhante nem campeão. Estava no time do Chico Formiga que foi quase último colocado no primeiro turno e campeão do segundo. Perdemos a final pros bambis.

Henry Vj #3.058 @hj007 em 06/02/2019 às 20:46

Gilmar não vi jogar.

Tobias não era do nível desses outros, não me lembro de ter sido cogitado pra seleção. A primeira vez que o vi jogar ele era goleiro do Guarani e tomou dois gols de falta do Adãozinho. Depois disso, em quase todo Corinthians x Santos, o Ailton Lira fazia gol de falta nele. Quando Jairão assumiu, acabaram os gols de falta. Tobias entrou pra história pelos pênaltis em 1976 e por ser titular em 77, mas era um goleiro do nível Jailson, do Palmeiras.

Nelson #292 @nerson em 06/02/2019 às 16:50

" "

Faltou o Gilmar e o Tobias herói de 1975 e 77

Henry Vj #3.058 @hj007 em 06/02/2019 às 20:37

Sim, me confundi. O pênalti acho que foi no savio e ele queria bater, mas o anelka não deixou.

Rômulo @romulo.reis em 06/02/2019 às 15:53

" "

Só uma ressalva: o Dida pegou pênalti do Anelka, não do Sávio. De todo modo, parabéns pelo ótimo post e obrigado por compartilhar seus conhecimentos. Abraço.

Henry Vj #3.058 @hj007 em 06/02/2019 às 20:35

Valdir eu vi em 1987, esqueci de falar dele, mas não foi brilhante nem campeão. Estava no time do Chico Formiga que foi quase último colocado no primeiro turno e campeão do segundo. Perdemos a final pros bambis.

RENATO #9 @rmagalhaes em 06/02/2019 às 16:46

" "

Ainda teve Gilmar dos Santos Neves e Valdir Peres

Henry Vj #3.058 @hj007 em 06/02/2019 às 20:33

Entrou no lance dando voadora. Ele e o Orlando Lelé encararam todo o uruguai

henrique #2727 @hrosa em 06/02/2019 às 16:46

" "

Me lembro bem do jairo na briga contra o uruguai quando o ramires correu atrás do craque rivelino e o jairo encarou todos os uruguaios no maracanã pela seleção brasileira

João Oliveira #750 @joao.oliveira43 em 06/02/2019 às 18:54

Tá #[email protected]% 4 gols anuados num 4x1 hahaha
4x1 Ferroviaria em cima de Pele!

E sua idade tá uma década errada, pelo jeito.

Mas muito legal.

Qria ter visto Rivellino jogar também.

Abraço

HENRY #3058 @hj007 em 06/02/2019 às 16:53

" "

Não tenho 48, tá errado aí, nasci em 1960. Acompanhei todos os jogos de 1972 quando tinha TV ou aqui em SP. Vi Corinthians x Ceará no Pacaembu, jogo sofrido, gol do Rivellino ou do sicupira, se não me engano, no último minuto. Vi um 0 x 0 Corinthians Fluminense. Moleque de tudo. Ia com meu pai. Ouvi pela rádio, criança, em 1969 a estreia dele no Pacaembu, contra o Fluminense, quando ganhamos de 1x0. Ele pegou pênalti. No jogo anterior, contra o Botafogo-RJ, ele fechou o gol. Lula era o titular. Eu estava numa cidade do interior quando teve um Corinthias x Santos que estava empatado 1 x 1 e caiu uma tempestade, o jogo foi adiado e ficou para ser jogado numa quarta-feira qualquer. Lula era o goleiro do Corinthians nesse 1 x 1. Quando teve o novo jogo, Ado jogou. Foi 4x1 Corinthians, show do Rivellino. Edu fez o gol do Santos. Esse jogo teve 4 gols nossos anulados.

O primeiro time que me lembro, que ganhei no futebol de botão, tinha Diogo (goleiro), Lidu, Ditão, Clóvis e Maciel. Edson e Rivelino. Buião, Paulo Borges, Flávio e Eduardo.

Vi muito jogo e vejo até hoje.

Curiosamente o primeiro jogo da minha vida foi um Ferroviária 4 x 1 Santos (do Pelé) em Araraquara. Era para eu ser santista - pelezista - e escapei por causa da Ferroviária.

Hugo Henrique #3.961 @hugo.henrique7 em 06/02/2019 às 17:49

Não o vi jogar, mas pelo que falam parecia ser um ótimo goleiro, grato pelo que fez pelo time.

Marcio Francalassi #1.976 @chiquibum em 06/02/2019 às 17:33

Apenas 2 mesmo. O último no final do jogo ainda, depois o Dida saiu machucado e entrou o Mauricio, que fez uma baita defesa num chute no Souza.

Andre #545 @andre.ramos12 em 06/02/2019 às 17:07

" " Foi dois? Mas teve três no dia, não? Minha memória não lembra tão bem assim... Só lembro a loucura qeu foi do Dida ter pego os pênaltis do rai

Andre Ramos #545 @andre.ramos12 em 06/02/2019 às 17:07

Foi dois? Mas teve três no dia, não? Minha memória não lembra tão bem assim... Só lembro a loucura qeu foi do Dida ter pego os pênaltis do rai

Marcio #1976 @chiquibum em 06/02/2019 às 16:33

" "

2 pênaltis meu querido, não 3.