Me desculpa Ralf, mas é verdade!

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Leonardo @leonardo.pagan1 em 23/05/2019 às 21:21

O time melhorou muito com a saída dele. Não quero que ele saia do time, mas tem jogo que podemos tranquilamente entrar sem ele, só com o Urso de volante.

No jogo de volta contra o Flamengo, pode até entrar com o Ralf, mas dependendo do primeiro tempo, já pode voltar sem ele!

Vamos arriscar mais Carille, sair da mesmice!

6.595 visualizações e 128 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Carlos Timão #1.322 @carfes em 23/05/2019 às 21:29

Não só nesse jogo... Em todos que ele dá ou evoluímos.

Publicidade

Drasccp Sp #861 @drasccp em 23/05/2019 às 21:27

Melhorou porque o adversário não saia de dentro de sua própria área. Se jogar só com um volante contra um adversário mais qualificado, vai tomar gol. Tirar o Ralf para entrada de um atacante ou meia ofensivo é uma ótima opção para jogos contra times retrancados ou quando precisarmos virar um jogo.

Leonardo Pagan @leonardo.pagan1 em 23/05/2019 às 21:26

De acordo com o Adversário e da necessidade do resultado, exatamente!

Ed #2748 @ed.sousa em 23/05/2019 às 21:24

" "

Ralf é um monstro, ídolo, joga demais quando precisamos de marcação.

No jogo de hoje não era necessário, tanto que diversas vezes ele tentava criar jogadas no meio de campo. Mas não é a dele, infelizmente. Não precisávamos dele no jogo de hoje.

Então na minha visão a titularidade dele vai de acordo com o adversário.

Leonardo Pagan @leonardo.pagan1 em 23/05/2019 às 21:25

A diferença é que em 2017 ele não tinha muitas opções de criação. Hoje ele tem Sornoza, Pedrinho, Vital, Régis e Vital!

Efraim #370 @efraim.a.ramos em 23/05/2019 às 21:23

" "

Carille tira o primeiro volante quando precisa de resultado desde 2017, quando ele tirava o Gabriel e recuava o Maycon. Essa mexida não foi nenhum surpresa.

Ed Sousa #2.748 @ed.sousa em 23/05/2019 às 21:24

Ralf é um monstro, ídolo, joga demais quando precisamos de marcação.

No jogo de hoje não era necessário, tanto que diversas vezes ele tentava criar jogadas no meio de campo. Mas não é a dele, infelizmente. Não precisávamos dele no jogo de hoje.

Então na minha visão a titularidade dele vai de acordo com o adversário.

Efraim A. Ramos #370 @efraim.a.ramos em 23/05/2019 às 21:23

Carille tira o primeiro volante quando precisa de resultado desde 2017, quando ele tirava o Gabriel e recuava o Maycon. Essa mexida não foi nenhum surpresa.