O jogador mais corinthiano da história

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Murillo #3.433 @hernandes.murillo em 15/08/2019 às 08:21

Muitos podem se perguntar quem foi o jogador que mais se identificou com o clube e com nossa torcida. Podemos citar aqui Marcelinho Carioca com sua famosa frase: 'Essa camisa aqui é minha segunda pele' ... Ou o 'Craque Neto' em seu programa televisivo sempre falando sobre o clube e sua paixão por ele. Podemos ficar aqui citando vários outros jogadores como Ronaldo Giovanelli, Vampeta e Dinei...

Mas o jogador mais corinthiano da história em minha opinião, passou pelo clube logo em seu início. Trata-se de Neco, o primeiro grande ídolo do clube !

Manuel Nunes, mais conhecido como Neco, entrou para a equipe do Corinthians em 1911, Em 1914, Neco foi campeão paulista pela primeira vez e artilheiro com 12 gols, feito que repetiria em 1920 com 24 gols. Em 1915, o Corinthians não disputou torneios oficiais e fechou as portas, ameaçado a ter a sede tomada e todos os seus móveis penhorados. Neco esteve emprestado ao Mackenzie (Quando atuou no Mackenzie, Neco preferia ser chamado pelo seu sobrenome, Nunes, pois, não jogando no Corinthians, ele dizia que 'preferia ser outro'), mas não esqueceu o seu time do coração, ele participou da organização de um assalto ao patrimônio do Corinthians, levando tudo na madrugada e escondendo dos cobradores.

Em 1916, o Corinthians volta à Liga Paulista de Foot-Ball. E lá está Neco sendo outra vez campeão paulista. O fato se repetiria em 1922,1923,1924,1928 e 1930. Neco foi também o primeiro corintiano convocado para a Seleção Brasileira, ao lado de Amílcar Barbuy.

Certa vez achando que juiz e dirigentes do time adversário estavam prejudicando o Corinthians no jogo, Neco tirou o cinto do calção e saiu correndo, querendo dar cintadas nos mesmos. Era um craque-polêmico - por vezes indisciplinado -, mas isso não o impediu de ter sido o primeiro jogador do Corinthians a ser homenageado com um busto no Parque São Jorge. Neco ficou por durante 17 anos defendendo o alvinegro paulista. Neco disputou 296 jogos (215 vitórias, 33 empates e 46 derrotas), marcou 243 gols e venceu os Campeonatos Paulistas de 1914,1916,1922,1923,1924,1928 e 1930 pelo Corinthians.

Além de ser jogador, Neco foi também treinador do Corinthians em algumas passagens (1927 e 1937/38) e conquistou o título de 1937.

Pela seleção brasileira, Neco disputou 14 jogos, anotando 9 gols e sagrando-se campeão do torneio sul-americano (atual Copa América) de 1919, torneio em que dividiu a artilharia com Friedenreich, anotando quatro gols cada.

Esse foi um breve relato do nosso primeiro ídolo do clube, e na minha opinião, será muito difícil algum outro ídolo superá-lo (na questão de paixão e amor ao clube), acho que devemos dar mais valor a toda a nossa história e não apenas a recente de títulos e de modernização, foram essas pessoas que começaram a caminhada linda e vitoriosa de nosso clube!

VAI CORINTHIANS!

7.550 visualizações e 121 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Julio M F M #127 @julio.mfm em 15/08/2019 às 09:11

Parabéns pelo tópico...

Até porque meu avo paterno, jogou com ele!

Meu Avô Julio é o da direita. Essa foto é em 1919/1920 ele era lateral direito o outro jogador não temos o nome.

Everton Silva #465 @everton.silva20 em 15/08/2019 às 11:00

Engraçado que quando um cara monte um time de melhores de todos os tempos coloca jogadores que não viu, mas não coloca o neco, eu tenho dois times o que eu vi e o que eu não, dos que eu não vi é neco e mais dez

Últimas respostas

Paulo Cézar Gonsalles #2.519 @pc.olimpia em 17/08/2019 às 18:48

Tipo de enquete Difícil de opinar, na dúvida e falta de conhecimento histórico voto com o relator Murillo, que convenhamos entende de Corinthians.

Publicidade

Diogo Curto #131 @curto em 17/08/2019 às 12:19

você tem razão, eu viajei

Victor #613 @victor.silva28 em 17/08/2019 às 11:51

" " Primeiro que não fumei nada cara! Segundo que na minha opinião eu acho sim esses casa os mais Corinthianos, sabe por que? Eles vivem o Corinthians 24 hs por dia. Esses que você citou não tem um lado torcedor como os que eu citei. Você deve estar confundindo grandes jogadores com jogadores que de fato respiram o Corinthians! Neto não é Corinthiano? Rsss O Sheik também não, esse inclusive eu colocaria na minha lista também!

Victor Silva #613 @victor.silva28 em 17/08/2019 às 11:51

Primeiro que não fumei nada cara! Segundo que na minha opinião eu acho sim esses casa os mais Corinthianos, sabe por que? Eles vivem o Corinthians 24 hs por dia. Esses que você citou não tem um lado torcedor como os que eu citei. Você deve estar confundindo grandes jogadores com jogadores que de fato respiram o Corinthians! Neto não é Corinthiano? Rsss O Sheik também não, esse inclusive eu colocaria na minha lista também!

Diogo #131 @curto em 16/08/2019 às 06:03

" "

Socrates?

Rivelino?

Cláudio?

Luizinho?

Casagrande?

Sheikz?

Danilo?

Gilmar?

Ze Maria?

Wladimir?

Tem muitos outros...

Diogo Curto #131 @curto em 16/08/2019 às 18:34

é viajei...
tem razão...

Hahahah

george #2810 @fabiobinho em 16/08/2019 às 06:22

" "

Que lista e essa? Danilo, Sheik, Casagrande você fumou o que cara? Respeito sua opinião o post é de mais corintiano você leu direito? Esses três ai nunca foram corintiano nem neto é que dirás esses ai Mais respeito sua opinião.

Wagner Pessoa @wagner.pessoa.da.sil em 16/08/2019 às 11:16

Parabéns à todos jogadores que nos honrrou e nos deu orgulho de torcer para o Timão.

Francisco Carlos Polidoro #10.903 @francisco.carlos.po1 em 16/08/2019 às 10:58

Eternamente em nossos corações, vai Corinthians!

Ayrton Faria #597 @ayrton.faria em 16/08/2019 às 09:27

Luizinho era, realmente, um fenômeno. Capaz de driblar em cima do lenço. Saiu do Corinthians no início dos anos 60 e voltou, um ou dois anos depois, reaparecendo contra a porcada(freguesia de então), e adivinha...vitória do Timão. Logo depois encerrou a carreira.

José #8216 @tello em 15/08/2019 às 16:13

" "

Luizinho Pequeno Polegar... Um 'demônio' em campo.

Num jogo contra o Palmeiras, após dar alguns dribles, sentou na bola.

Foi perseguido pelo Paulo Machado de Carvalho (o bambi mais velho da história, primeiro dono da Bambi-Pan) que foi o chefe da delegação da Copa de 58 e não levou Luizinho para a seleção porque ele debochava dos bambis na bola.

Vi jogar Luizinho, no final da carreira na Fazendinha, no PSJ. Fazia o meio de campo, com um jovenzinho promissor chamado Roberto Rivelino (com 1 L só, e acho que foi em 1964).

George Bomfim Santos #2.810 @fabiobinho em 16/08/2019 às 06:25

Em ser corintiano ninguém supera o nosso saudoso dr Osmar, mais tá falando de jogar e nesse caso acho ninguém é mais corintiano que meu maior ídolo Ronaldo giovanelli esse sim defendia e defende o clube de gente como aqueles patetas da band

George Bomfim Santos #2.810 @fabiobinho em 16/08/2019 às 06:22

Que lista e essa? Danilo, Sheik, Casagrande você fumou o que cara? Respeito sua opinião o post é de mais corintiano você leu direito? Esses três ai nunca foram corintiano nem neto é que dirás esses ai Mais respeito sua opinião.

Diogo #131 @curto em 16/08/2019 às 06:03

" "

Socrates?

Rivelino?

Cláudio?

Luizinho?

Casagrande?

Sheikz?

Danilo?

Gilmar?

Ze Maria?

Wladimir?

Tem muitos outros...

Diogo Curto #131 @curto em 16/08/2019 às 06:03

Socrates?

Rivelino?

Cláudio?

Luizinho?

Casagrande?

Sheikz?

Danilo?

Gilmar?

Ze Maria?

Wladimir?

Tem muitos outros...

Victor #613 @victor.silva28 em 15/08/2019 às 18:58

" "

Neco em primeiro
Neto em segundo
Ronaldo em terceiro
Marcelinho em quarto
Vampeta em quinto