Qual sua lembrança, história ou curiosidade do primeiro título mundial do Corinthians?

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Moderação #892 @administrador em 14/01/2020 às 10:33

Fala, Fiel! Tudo bem?

Hoje o Corinthians comemora mais uma data importantíssima na sua história: 20 anos da conquista do primeiro Mundial de Clubes FIFA.

O Meu Timão preparou uma home bem bacana em comemoração ao título, lá separamos também muitas curiosidades sobre esse feito histórico, mas a gente sabe que ninguém melhor que vocês para nos contar suas experiências daquele dia.

Conta aí, nação, qual sua lembrança, sua história ou uma curiosidade sobre essa data inesquecível?

Diz aí e vai, Corinthians!

1.490 visualizações e 116 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Thiago Cavalcante #8.867 @thiago.cavalcante5 em 14/01/2020 às 11:29

Experiência única! 25 mil no Maracanã! Calamos a torcida

Experiência única! 25 mil no Maracanã! Calamos a torcida do Vasco!...Estava presente!

Lamir Vicchietti #2.837 @lamir.vicchietti em 14/01/2020 às 11:51

A minha primeira lembrança lúcida sobre futebol foi justamente nesse dia, na final do Mundial de 2000. Meu pai me levou pra assistirmos o jogo na casa de um amigo, onde estava quase todos os amigos de infância e adolescência dele. Na época, eu tinha só 5 anos de idade.

A minha lembrança é mais pelo Dida defendendo os pênaltis e também o fato de meu pai quase ter perdido a mão nesse dia (queimou a mão inteira quando foi estourar um rojão). Naquele momento eu pensei 'Meu Deus, meu pai vai perder a mão por causa de um time de futebol', mas quando falei isso para o meu pai com a mão toda enfaixada no hospital, a resposta dele foi: 'Calma filho, aqui é Corinthians e tudo vai melhorar'. E essa frase ficou martelando na minha cabeça durante um ano sem entender o que o Corinthians significava para o meu pai.

Um ano depois, a vida me ensinou o que aquilo significava. Indo ao mercado com a família, meu irmão mais velho bateu o carro. Um onibus pegou a lateral do nosso Chevette em uma descida. Ninguém no carro se machucou, exceto eu, que tive uma cicatriz acima da sobrancelha e uma fratura na bacia. Quando cheguei no hospital, os médicos não acreditavam que eu voltaria a andar e perguntaram pra minha mãe se ela tinha condições de comprar uma cadeira de rodas pra mim. Eu era muito pequeno e não sabia o tamanho do peso que minha mãe carregava naquele momento. Aí meu pai chegou no quarto e eu disse a ele que o médico disse que eu poderia ficar sem andar. E adivinhem o que ele me falou? Sim, ele disse: 'Calma filho, aqui é Corinthians e tudo vai melhorar'.

Depois desse dia entendi o que o Corinthians significa para o meu pai e passou a significar pra mim. Significa não deixar de lutar, acreditar quando ninguém mais acredita, é o gol aos 48 do segundo tempo que sempre sai pra lavar a nossa alma.

Não fazia ideia de que um jogo de futebol de tamanha importância pra uma criança de só cinco anos, mudaria a vida dela.

2 anos depois do acidente, depois de fisioterapia, quedas em casa pra aprender a andar de novo e muitas idas ao médico, eu voltei a andar e meu pai me levou ao Pacaembu pela primeira vez. Nunca esquecerei desse dia, Corinthians 1x0 Cruz Azul, gol de cabeça do Liedson.

Ser Corinthiano é mais do que ser um torcedor, é ser abençoado!

Últimas respostas

Bruno Arantes #2.505 @bruno27 em 15/01/2020 às 11:10

Na final... Todo mundo da casa que eu estava.. Torcendo contra e só eu era Corinthians e ganhamos dai o povo ficou tudo calado kkkkkkkkkkkkkk

Publicidade

Douglas Fernando Silva #48 @dougnando em 15/01/2020 às 10:52

Pô foi demais, tinha 19 anos, juntamos os amigos corinthianos e fomos para o bar do pai de um amigo, infelizmente estava fechado, mas o véio abriu o bar só pra gente, mantendo as portas fechadas.

Meu que sofrimento, que alegria, que festa.

Ao final do jogo, a namorada do filho do dono do bar apareceu, começaram a brigar, discutiram e a menina quebrou um copo na cabeça dele... Putz aquele barraco em meio a comemoração. De raiva ele pegou um perfume que tinha ganho da mesma e quebrou ele na rua. A esquina ficou perfumada por dias... Kkkkk

Aí depois do quebra pau fomos todos pra avenida principal da cidade, que foi fechada de tanta gente, comemoramos até altas horas.

Simplesmente demais!

Marcelo Silvério Da Silva @marcelo.silverio.da. em 15/01/2020 às 10:10

A maioria aqui não lembra ou era muito pequeno. Isso explica um pouco da nova personalidade da torcida Corinthiana.

Márcio Ramos #3.477 @mmr81 em 15/01/2020 às 08:16

Lembro de tudo. Narração de Luciano do Valle.

O Corinthians é campeão do munnnndooooooooooo...

Miguel Pereira #4.786 @miguel.pereira em 15/01/2020 às 07:17

Eu era muito pequeno, tinha só 3 anos, mas eu tenho um primo vascaíno 3 anos mais velho que eu e eu sei que ele ODEIA o Corinthians, e o motivo muito provavelmente é esse jogo kkkkkkkkk

Leco Da Silva #1.167 @leco.da.silva em 15/01/2020 às 06:10

Eu não lembro do Corinthians, eu só lembro do karembô kkkkkkk

Carlos Pedroso Junior #9.460 @carlos.pedroso.juni1 em 15/01/2020 às 01:37

Eu trabalha de office boy no centro de São Paulo na época do Mundial. E lembro do meu desespero pra voltar pra casa no dia dos jogos, principalmente na final.

Void Sccp #498 @elcorinthiano em 15/01/2020 às 01:36

Nenhuma, tinha 4 meses de idade.

Homer Simpson Da Fiel #1.935 @rodrigoauepa em 15/01/2020 às 01:24

Eu tinha 10 anos, não me lembro de muita coisa!

Eu assisti o jogo em casa. O que mais me lembro foi a tensão de assistir o jogo todo, era ufa pra lá, ufa pra cá... Meu pai do céu

Em frente de casa tinha um bar que estava cheio de anti torcendo contra, camisas de rivais paulistas e do Vasco a rodo! Todos os antis combinando de assistir nesse bar, o tempo todo eu ouvia o pessoal gritando contra o Corinthians...

Mas amigo... Na hora que o Luciano do vale gritou 'Corinthians primeiro Campeão Mundial da FIfa', foi a maior explosão de alívio que tive na vida... Sai gritando para fora de casa 'chupa, chupa, chupa', 'É mundo, é mundo, é campeão mundial poooorrraaaa'... A vizinhança começou a gritar também, era rojão pra todo lado, foi muito incrível! É nesses momentos que sentimos aquele arrepio no fundo da nossa alma, nos mostrando o quanto é maravilhoso seu corinthiano. No final minha mãe acordou e me deu a maior bronca kkkkkkkkkkk

No outro dia ela veio me perguntar o que aconteceu eu contei a ela, então ela disse que estava certo mesmo! Tinha que fazer isso e tudo ficou bem, até ganhei camisa de comemoração kkkkkkkkk

Renato Policano #7.131 @renato.policano em 15/01/2020 às 01:03

Estava no Maracanã.