O time não tem dinheiro pra Rony e nego quer Talisca/Guedes

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Gladson #10.443 @gladson.diniz6 em 20/01/2020 às 20:45

Tem cara desse fórum que usa drogas
Talisca, Roger Guedes e Alex Teixeira ganham fácil mais de 1 milhão mensal na China
E tem doente que pede eles aqui kkkkk
O time não tem grana nem pra pegar o Rony vamos ser realistas galera

7.245 visualizações e 35 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Peterson Martins #1.045 @peterson.martins3 em 21/01/2020 às 01:54

Roger Guedes é piada!

Recusou voltar para o time que teve maior sucesso no Brasil, e sua melhor fase (patético MG) não aceitando reduzir os 2 milhões de reais por mês de salários

Imagina no Corinthians então

Korujinha 1000° #57 @elaine.vitor1 em 20/01/2020 às 20:59

é aquele caso...

O cara não tá aguentando comer a própria esposa e fica atrás de amante.

O cara tem um pintinho e fica querendo mulher do bundão...

Ele não consegue nem chegar perto da entrada.

Mas ele quer por que quer.

Cada um tem que saber o seu lugar, onde pode chegar, colocar a mão onde alcança, gastar menos do que recebe.com o clube não é diferente.

Últimas respostas

David Rgd #938 @david.rgd em 21/01/2020 às 20:16

Qual o custo desse elenco? Qual jogadores que poderíamos vender, jogadores que não iria fazer tanta falta, tipo Gustagol, Vital, Carlos Henrique, já daria um caixa e tentar desfazer no máximo possível de jogadores que temos, os inúteis. Precisamos só de 3 jogadores de peso, para o time ser forte, provavelmente com as vendas e afastamento de alguns atletas, a folha salarial cairia muito, dando espaços para contratações, sabemos que temos 22 milhões de reais que iriam comprar o Michael, essa grana da pra trazer esses 3 jogadores que faltam por empréstimo, ficaria faltando uns 15 milhões pra pagar os salários, que esses reforços seria de peso. Então conclusão nosso time ficaria mais forte, título Paulista já rende uns 18 milhões v, Copa do Brasil rende 80 milhões, torneios mata mata é mais fácil que o brasileiro, Libertadores se chegar até às quartas de final garante mais grana, campeonato brasileiro eu acho o mais difícil pra ganhar, precisa de elenco, coisa que não teríamos esse ano. Então amigo é grana que entra e fora que o estádio estaria sempre lotado. Pra mim um time forte é mais fácil recuperar as receitas do que fazer um time fraco e aumentar a dívida. Mais sua conclusões foram lúcidas. É nois.

Marcos #547 @marcosaa em 21/01/2020 às 15:31

" "

Então David, objetivamente sua opinião está correta, mas veja, isso é o passado (já aconteceu, já pegamos os empréstimos, contratamos os jogadores por uma fortuna sem nenhuma utilidade, vendemos jogadores a preço de banana, e pagamos comissões, taxinhas e diversas parcerias passando a receita para os parceiros não conhecidos, a Omini já levou a parte dourada do sócio torcedor, já construimos o estádio a preço de ouro, já devemos os impostos, contratos antigos etc...), então agora a nossa situação em que pese o potencial de renda ser bom já esta comprometida, vejamos os fatos:

A) Nossa receita atual é próxima de 400 milhões ano, poderia ser com muito esforço um verdadeiro milagre no marketing, o sócio torcedor bombando, quem sabe uns 500 milhões (aumento de 20%, o que seria excepcional para qq clube. (já com bons contratos de patrocínio, bilheteria, e NR do estádio INCLUSOS neste valor, só para exemplificar um bom contrato de NR seriam 400 milhões por 20 anos ou seja 20 por ano).

B) Nossa atual dívida é de aproximadamente 1,4 bilhão (700 clube 700 estádio, mesmo com um custo financeiro ridiculamente baixo (digamos 10% ao ano, uma taxa que ninguém consegue no Brasil em lugar nenhum, só para exemplificar pegamos 25 milhões no BMG para comprar o Luan a 3,5% ao mês) o custo financeiro é de 140 milhões por ano, digamos que possamos alongar o perfil para digamos uns 10 anos, (ou seja 1,4 bilhão dividido por 10), nosso custo de amortização da divida seria de outros 140 milhões por ano.

C) Para manter o futebol, o clube social, custo financeiro e demais obrigações ano passado o clube (sem contar a divida do estádio) custou mais ou menos 570 milhões (ou seja sem pagar a divida, vamos considerar que cerca de 100 milhões seja despesa financeira, então o custo liquido seria de 470 milhões (70 milhões acima da receita atual).

Resumindo se acontecesse o milagre de:

- Pararem de roubar, obter um refinanciamento das dividas com condições que ninguém tem, e aumentasse as receitas com TV, Patrocínio, bilheterias, NR, venda de atletas, marketing etc... Em mais de 20%, mesmo assim nossa receita seria algo como 500 milhões.

Então com um custo de divida (principal + encargos) de uns 280 milhões ano, nossa despesa total com TUDO (futebol, social, esportes amadores (basquete, futebol feminino, etc...), manutenção do estádio, do clube social, investimento em jogadores, salários geral, TUDO, não poderia passar de 220 milhões uma receita no nível do Athletico Paranaense e pouco acima do Bahia. Isso por cerca de uns 5 anos aproximadamente (porque com o pagamento do principal o custo financeiro cairia também aumentando paulatinamente a capacidade para investir)

Quer dizer teríamos que reduzir nossas despesas em relação ao gasto de 2019 (usando aquele número de 470 milhões acima) em 250 milhões por ano, simples assim.

Se este não é um cenário de time praticamente quebrado, sinceramente não sei qual é.

Publicidade

Fábio Andrade Ribeiro #1.850 @torcedor.consciente em 21/01/2020 às 15:53

Nada como um choque de realidade...

Roberto Bidetti Cesare #45 @roberto.bidetti.cesa em 21/01/2020 às 15:52

Pior. Tem um querendo Cavani e Balotelli.

Marcos Aurélio De Almeida #547 @marcosaa em 21/01/2020 às 15:31

Então David, objetivamente sua opinião está correta, mas veja, isso é o passado (já aconteceu, já pegamos os empréstimos, contratamos os jogadores por uma fortuna sem nenhuma utilidade, vendemos jogadores a preço de banana, e pagamos comissões, taxinhas e diversas parcerias passando a receita para os parceiros não conhecidos, a Omini já levou a parte dourada do sócio torcedor, já construimos o estádio a preço de ouro, já devemos os impostos, contratos antigos etc...), então agora a nossa situação em que pese o potencial de renda ser bom já esta comprometida, vejamos os fatos:

A) Nossa receita atual é próxima de 400 milhões ano, poderia ser com muito esforço um verdadeiro milagre no marketing, o sócio torcedor bombando, quem sabe uns 500 milhões (aumento de 20%, o que seria excepcional para qq clube. (já com bons contratos de patrocínio, bilheteria, e NR do estádio INCLUSOS neste valor, só para exemplificar um bom contrato de NR seriam 400 milhões por 20 anos ou seja 20 por ano).

B) Nossa atual dívida é de aproximadamente 1,4 bilhão (700 clube 700 estádio, mesmo com um custo financeiro ridiculamente baixo (digamos 10% ao ano, uma taxa que ninguém consegue no Brasil em lugar nenhum, só para exemplificar pegamos 25 milhões no BMG para comprar o Luan a 3,5% ao mês) o custo financeiro é de 140 milhões por ano, digamos que possamos alongar o perfil para digamos uns 10 anos, (ou seja 1,4 bilhão dividido por 10), nosso custo de amortização da divida seria de outros 140 milhões por ano.

C) Para manter o futebol, o clube social, custo financeiro e demais obrigações ano passado o clube (sem contar a divida do estádio) custou mais ou menos 570 milhões (ou seja sem pagar a divida, vamos considerar que cerca de 100 milhões seja despesa financeira, então o custo liquido seria de 470 milhões (70 milhões acima da receita atual).

Resumindo se acontecesse o milagre de:

- Pararem de roubar, obter um refinanciamento das dividas com condições que ninguém tem, e aumentasse as receitas com TV, Patrocínio, bilheterias, NR, venda de atletas, marketing etc... Em mais de 20%, mesmo assim nossa receita seria algo como 500 milhões.

Então com um custo de divida (principal + encargos) de uns 280 milhões ano, nossa despesa total com TUDO (futebol, social, esportes amadores (basquete, futebol feminino, etc...), manutenção do estádio, do clube social, investimento em jogadores, salários geral, TUDO, não poderia passar de 220 milhões uma receita no nível do Athletico Paranaense e pouco acima do Bahia. Isso por cerca de uns 5 anos aproximadamente (porque com o pagamento do principal o custo financeiro cairia também aumentando paulatinamente a capacidade para investir)

Quer dizer teríamos que reduzir nossas despesas em relação ao gasto de 2019 (usando aquele número de 470 milhões acima) em 250 milhões por ano, simples assim.

Se este não é um cenário de time praticamente quebrado, sinceramente não sei qual é.

David #938 @david.rgd em 21/01/2020 às 14:24

" " Boa tarde amigo, o Corinthians tem potencial sim de ter pelo menos um time titular excelente este ano, vamos lá, vamos ver os erros que nossa diretoria vem cometendo esses anos, primeiramente : várias contratações de jogadores sem ter uma avaliação técnica e por valores absurdos, olha o nível do Richard, Douglas, Araos, Davo entre outros, tudo jogador que não tinha necessidade de contratalos, segundo erro : 105 jogadores sob contratos, terceiro erro : sub 23 + de 60 jogadores contratados, é dinheiro jogado no lixo, quarto erro : patrocínios fracos, quinto erro : NR tem que fechar logo, deixar as taxinhas de lado e fechar. Então amigo essas coisas já impossibilita vários outras coisas, pra melhorar tinha que desfazer de 70 por cento dos jogadores fracos, parar de contratar jogadores fracos, acabar com sub 23, já sobrariam muita grana, vamos falar de teto salarial, sim tem que ter só que está baixo nosso teto, tinha que ir pra 900 mil pelo menos, já dá pra ter alguns bons jogadores, outra quem ganha 900 mil são os top, tipo atacantes que decidem, meio campo, volantes, zagueiro e goleiro ganham menos que isso, então teríamos 3 a 4 jogadores nesses valores e outra um time com 15 a 18 jogadores bons já é o suficiente pra ganhar campeonatos, o resto tinha que colocar a base. Minha opinião, um time forte + receitas. Valeu amigo um abraço.

David Rgd #938 @david.rgd em 21/01/2020 às 14:26

Corinthians Corinthians coringão eo, o Timão é campeão, é nois.

David Rgd #938 @david.rgd em 21/01/2020 às 14:24

Boa tarde amigo, o Corinthians tem potencial sim de ter pelo menos um time titular excelente este ano, vamos lá, vamos ver os erros que nossa diretoria vem cometendo esses anos, primeiramente : várias contratações de jogadores sem ter uma avaliação técnica e por valores absurdos, olha o nível do Richard, Douglas, Araos, Davo entre outros, tudo jogador que não tinha necessidade de contratalos, segundo erro : 105 jogadores sob contratos, terceiro erro : sub 23 + de 60 jogadores contratados, é dinheiro jogado no lixo, quarto erro : patrocínios fracos, quinto erro : NR tem que fechar logo, deixar as taxinhas de lado e fechar. Então amigo essas coisas já impossibilita vários outras coisas, pra melhorar tinha que desfazer de 70 por cento dos jogadores fracos, parar de contratar jogadores fracos, acabar com sub 23, já sobrariam muita grana, vamos falar de teto salarial, sim tem que ter só que está baixo nosso teto, tinha que ir pra 900 mil pelo menos, já dá pra ter alguns bons jogadores, outra quem ganha 900 mil são os top, tipo atacantes que decidem, meio campo, volantes, zagueiro e goleiro ganham menos que isso, então teríamos 3 a 4 jogadores nesses valores e outra um time com 15 a 18 jogadores bons já é o suficiente pra ganhar campeonatos, o resto tinha que colocar a base. Minha opinião, um time forte + receitas. Valeu amigo um abraço.

Marcos #547 @marcosaa em 21/01/2020 às 14:07

" "

David, boa tarde, vamos argumentar e ai podemos chegar a um entendimento.

Primeiro a pergunta. Para considerar o time quebrado qual seria a sua 'régua', ou seja qual o endividamento ou relação receita x dívida para considerar o clube em situação irrecuperável?

Segundo, mesmo não estando quebrado e com a interrupção imediata da roubalheira, quanto tempo você acredita ser necessário para termos condições de investimento para igualar os principais adversários hoje dentro do Brasil (e na América do Sul)?

Marcos Aurélio De Almeida #547 @marcosaa em 21/01/2020 às 14:07

David, boa tarde, vamos argumentar e ai podemos chegar a um entendimento.

Primeiro a pergunta. Para considerar o time quebrado qual seria a sua 'régua', ou seja qual o endividamento ou relação receita x dívida para considerar o clube em situação irrecuperável?

Segundo, mesmo não estando quebrado e com a interrupção imediata da roubalheira, quanto tempo você acredita ser necessário para termos condições de investimento para igualar os principais adversários hoje dentro do Brasil (e na América do Sul)?

David #938 @david.rgd em 21/01/2020 às 13:30

" "

E o time não tem grana por que roubam na cara dura e tem nego que passa pano pra diretoria e os bitolados entram na onda que o time está quebrado, nunca que o time está quebrado. O Corinthians é potencia, a diretoria que é pilantra.

David Rgd #938 @david.rgd em 21/01/2020 às 13:30

E o time não tem grana por que roubam na cara dura e tem nego que passa pano pra diretoria e os bitolados entram na onda que o time está quebrado, nunca que o time está quebrado. O Corinthians é potencia, a diretoria que é pilantra.

David Rgd #938 @david.rgd em 21/01/2020 às 13:27

Negócio de time pequeno

David #938 @david.rgd em 20/01/2020 às 21:03

" "

É empréstimo amigo, é mais fácil, pra trazer o Guedes é em torno de 3 milhões em luvas e salários de 900 mil por mês, time grande igual o Corinthians tem que ter jogadores fortes. Com os 22 milhões que ofereceram pelo Michael, da pra trazer 3 grandes jogadores por empréstimo.

Rodolfo Mattos #1.930 @rodolfo.mattos em 21/01/2020 às 11:18

Talisca ia cair como uma luva