Sr. Clovis, o torcedor que registrou todos os jogos do Timão desde 1963

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Sandra #1 @sandra.lima4 em 27/01/2020 às 16:38

Senhor Clovis e família.

Clovis Bernardes de Souza, 83, pode dizer que sabe quantos jogos assistiu do Timão. Talvez não pela simples lembrança, mas pelos seus cadernos. O corinthiano de Barretos-SP anotou a ficha técnica de todas as partidas do Corinthians desde 1963. Ao ser perguntado se havia ideia de quantos duelos havia documentado, ele afirma com orgulho: “Eu não tenho ideia, eu tenho certeza... Vou pegar o livro. Tenho 4.117 jogos anotados.” Seo Clóvis, como é carinhosamente chamado, tem um dos acervos mais completos sobre a história do Timão, e conta que começou a juntar tanta informação do time justamente pela falta dela.

“Comecei a anotar os jogos de raiva. Porque as rádios transmitiam apenas um jogo, geralmente os jogos na capital, então quando o Corinthians jogava fora, era o narrador que informava se havia sido gol, mas não falava mais nada, não ficávamos sabendo qual a escalação, nada. Aí eu decidi comprar os jornais que davam mais detalhes das partidas no dia seguinte e anotar tudo no caderno, anotei um, dois e aí virou hábito. Anoto até hoje, mesmo com dificuldades, eu não perco um”, relembrou.

Todas essas anotações deram a Clovis um conhecimento imensurável sobre a história do Corinthians. Por exemplo, o torcedor sabe na ponta da caneta até o retrospecto do Timão contra os adversários. Sua esposa, Cilene Caccozzi de Souza, 84, conta: “Ele assiste o jogo, me chama e fala, se esse time perder o Corinthians passará na frente no retrospecto. Ele acompanha tudo até hoje. E lembra de tudo”.

O acervo de Seo Clóvis impressionou até um dos maiores historiadores do clube, o jornalista e criador do “Almanaque do Timão”, Celso Unzelte. Assim que soube da história do fanático torcedor, o jornalista fez uma visita a seu Clovis.

“O Celso Unzelte veio aqui hoje, eu pegava meus livros e ele no telefone. Fazíamos o teste, conferíamos alguma partida, eu via aqui no caderno, ele no almanaque do Timão e estava certo”, disse o orgulhoso torcedor.

O jornalista destacou a importância dos caderninhos do Seo Clovis para a manutenção dos registros da história corinthiana.

“Esta é uma prova de absoluto corinthianismo. É um trabalho de resgate da história do clube... Ele faz isso há 57 anos, eu tenho 52 por exemplo. É uma vida dedicada a isso. Então imediatamente me interessei pois trabalho com o Almanaque, que informa sobre todos os jogos desde 1910. Este trabalho demanda muitas informações dos jogos futuros, mas principalmente dos jogos que já aconteceram', analisou Celso.

Diante de mais uma temporada, Seo Clovis irá aumentar a quantidade de jogos em seus cadernos.

“Eu não me sinto historiador do Corinthians, nunca achei que alguém ia se interessar por isso, faço por paixão mesmo, por mim, é algo que eu gosto de fazer”, contou.

2.025 visualizações e 37 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Luiz Venancio Pardo Gonzalez #3.507 @luiz.gonzalez em 27/01/2020 às 17:16

Eu conheci o SR. CLÓVIS há pelo menos uns 40 anos, foi apresentado pelo meu SAUDOSO PADRINHO, SR. FRANCISCO MOLINA, em um jogo no PARQUE SÃO JORGE, lá por volta de 1976,1977 contra o JUVENTUS da Moóca... Empate de 1 a 1...

Sempre sorridente, alegre, feliz, e CORINTHIANO ATÉ A MEDULA...!

Merece todas as Homenagens possíveis e imagináveis por parte do Timão..!

SAUDAÇÕES CORINTHIANAS...!

OBRIGADO 'Seo' CLÓVIS..!

Herbe Matias #5.510 @herbe.matias em 27/01/2020 às 19:51

O sr Clóvis merece todas homenagens possíveis

E Corinthians deveria dar uma cadeira cativa com direito a ingresso vitalício na Arena!

Últimas respostas

Tanji Koji #3.503 @tanjikoji em 01/02/2020 às 22:36

Este e corinthiano de verdade.

Publicidade

Freddy Krueger "mito" #3 @kruege em 31/01/2020 às 06:10

Exemplo de torcedor

Luiz Carlos Luz #4.501 @luizcluz em 28/01/2020 às 21:12

O cara e da minha cidade e eu não o conheço. Kkkkkkk

Antonio Benedito Panebianchi Filho #440 @pereirense em 28/01/2020 às 15:54

Parabéns, Deus o abençoe e conserve!

Marcelo Fernandes #653 @batman em 28/01/2020 às 09:44

História fantastica só mostro o quanto o corinthiano e diferente

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 28/01/2020 às 09:06

Também queria entender amigo.

GIRINEU ORVATO, este cara quem negativou.

Deve ser porCU ou Bambi.

Jr. #889 @jrtimaojr em 28/01/2020 às 08:48

" "

Como pode um #[email protected]% tá negativar esse post?

Jr. B Jr. #889 @jrtimaojr em 28/01/2020 às 08:48

Como pode um #[email protected]% tá negativar esse post?

Eduardo Maisao #1.666 @eduardo.maisao em 28/01/2020 às 08:42

Sr.Clovis é uma assumidade admirável!

Claudio Alves Lago #3.410 @claudio.alves.lago em 28/01/2020 às 07:36

Mário, matematicamente são 22 anos. Explico:

O campeonato de 1954 o Corinthians ganhou, assim como o de 1977, portanto o Corinthians ficou 'sem ganhar' os campeonatos de 1955 à 1976. São 22 campeonatos sem vitórias e não 23.

Os jornalistas fazem uma conta de padeiro tirando 1954 de 1977 porém não está certo incluir campeonatos que o Corinthians ganhou, concorda?

Abraço

MARIO #6280 @mario.silva em 28/01/2020 às 04:37

" "

Josué foram 23 e não 22 anos de fila no campeonato paulista. Eu passei por isso. Tenho 79 anos. Sou do Estado do Paraná e em 1957 vim para São Paulo e logo fui ver o primeiro jogo do meu Timão. Foi contra os bambis, pelo Paulista. No Pacaembu. Placar final: 3 x 1 para eles. Começava alí a minha Odisséia Corinthiana.

Mario Moreira Da Silva #6.280 @mario.silva em 28/01/2020 às 04:37

Josué foram 23 e não 22 anos de fila no campeonato paulista. Eu passei por isso. Tenho 79 anos. Sou do Estado do Paraná e em 1957 vim para São Paulo e logo fui ver o primeiro jogo do meu Timão. Foi contra os bambis, pelo Paulista. No Pacaembu. Placar final: 3 x 1 para eles. Começava alí a minha Odisséia Corinthiana.

Josué @juca1914 em 27/01/2020 às 22:10

" "

Esse deve ter sofrido muito nos 22 anos de fila do clube