Minha opinião sobre Jadson, Ralf, Carille...

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Coringa #3.558 @diego.lopes20 em 21/02/2020 às 18:15

Fui um dos que fizeram campanha pela saída do ex-técnico. Pra mim, era visível que perdeu o vestiário (e a torcida) com suas declarações e escolhas e, sobretudo, que já não tinha repertório para entregar o que a Fiel esperava do time em campo.

Do mesmo modo, não lamentei (apoiei!) as dispensas de Jadson e Ralf. Também me era notável que, por motivos físicos ou técnicos, já não entregavam o necessário para o novo modelo de jogo -- baseado em INTENSIDADE e PRECISÃO -- que precisava ser (re)construído para que voltássemos a trilhar o caminho da competitividade e do alto rendimento e, assim, aos títulos.

Churrasco, bebida, panelinha... São várias as razões para concluirmos que o COMPROMETIMENTO DELES COM O CLUBE já não era o mesmo, sucumbindo às vaidades pessoais... Normal, são humanos. E o clube foi PROFISSIONAL na decisão de não mantê-los apesar de, como sempre, não saber trabalhar a imagem pública da situação. Um jogo de despedida ou uma coletiva não custariam tanto, dada a importância dessas figuras na história recente do clube... Há razões para incômodo de todas as partes, mas já foi -- e ficar insistindo nisso é besteira.

Não gosto, ainda, de me apegar as questões do mercado da bola: o Carille saiu por 2 caminhões de dinheiro, o Ralf pagou a própria multa pra sair, o Jadson também não exitou quando recebeu uma grande proposta... Por outro lado, abriram mão de altas cifras, de salários astronômicos do mercado asiático para voltar ao clube! Poderiam tranquilamente ter continuado por lá, mantendo sua história no clube intacta e fazendo seu pé de meia, construindo o patrimônio da família, mas voltaram. Dinheiro é importante, mas nem tudo é só dinheiro... Não há certo ou errado quanto a esse tipo de escolha também. Cada um vê o que é melhor pra si (incluindo o clube).

Tudo isso pra mim é senso comum... Faz parte do jogo e do mercado, como faz parte da vida. O que me incomoda mesmo é a reação da torcida (e me incluo nisso), toda vez que se fala nesses nomes e em outros que já se foram:

Há mesmo necessidade de depreciar -- com apelidos e críticas maldosas -- quem se esforçou tanto para te oferecer algumas de suas melhores lembranças? Há mesmo necessidade de ficar trazendo a tona sempre a parte ruim de uma história de anos e que já nos fez feliz? Há mesmo necessidade de comparar -- quase que de maneira obsessiva, cheia de rancor e ingratidão -- o que já foi com o que temos agora?

É isso o que fazem quando terminam um relacionamento ou trocam de emprego, por ex.? Ofendem as pessoas, contam seus podres ou apontam seus erros EM TODA OPORTUNIDADE pra sair na fita como donos da razão ou pra dizer que estão melhores agora? Na moral, acho que dá pra ser melhor como torcedor e como ser humano...

Tá na hora de ser adulto e SUPERAR isso aí! É hora de apoiar o que temos agora e buscar conquistas ainda maiores. Do passado só se guarda gratidão e aprendizado. O resto é sinal de fraqueza.

Sempre altaneiro: VAI CORINTHIANS!

9.385 visualizações e 106 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Leandro Ferreira Da Silva #5.431 @leandro.ferreira.da3 em 21/02/2020 às 20:53

Só tem um erro aí: eles não abriram mão de cifras astronômicas no mercado asiático pra voltar ao Corinthians. O Jadson tinha mais um ano no clube dele lá e rescindiu o contrato. Pagaram tudo que ele tinha pra receber à vista. Se não me engano, coisa de uns R$ 15 Mi na época. E o Ralf tinha a intenção de permanecer por lá ou renovar com o Beijing mas não conseguiu, por isso voltou ao Brasil.

No mais, eu concordo. Tem que deixar pra lá e seguir o barco, apoiar e torcer por quem está no clube.

Lucas Rodrigues #875 @lucas.correia.rodrig em 21/02/2020 às 20:26

Como bem disse, devem ser os mesmos que depois de anos felizes e maravilhosos com a namorada, terminam e saem xingando ela, como se nada disso tivesse valido.

Últimas respostas

Felipe Lacerda #631 @lipao88 em 24/02/2020 às 09:40

Isso aí

Publicidade

Ricardo Augusto #1.026 @ricardo.augusto2 em 23/02/2020 às 19:33

Qualquer um joga mais que o Richard. O Ralf é melhor que qualquer um ali defensivamente, porém não tem saída de bola e nem o mesmo vigor físico de antes. Ano passado ficou claro isso quando tomava dribles que nunca tomou. E isso só deixa claro como a defesa precisa ser treinada, porque não tem mais aquele volante marcador, e pode ver como tanto Gil quanto PH tem falhado em bolas bobas. Leva tempo até cair a ficha de que não tem mais um Ralf ali. O problema não é sofrer gols, times ofensivos correm esse risco. O problema é sofrer e não fazer. O Flamerda sofre gol quase todo jogo também, mas a diferença é que eles fazem muitos gols, e é isso que o time tem que trabalhar.

Evaldo Moraes Grimauth @evaldo.moraes.grimau em 23/02/2020 às 01:56

" "

Você tem que olha o futebol de outra maneira o Ralf joga mais do que Camacho e Rechard juntos.

Adailton Leandro @adailton.leandro em 23/02/2020 às 14:36

Carille tem uma filosofia de jogo diferente do Tiago, o Carille já não tinha como ficar no Corinthians e o Tiago na minha opinião ele não vai vingar, agora dizer que o Ralf não faz falta já é covardia porque é nítido que o time não tem pegada o time tá muito perdido falta marcação, já o Jadson eu acho k ele não vinha bem então poderia ter emprestado ele aí invés de liberar e ainda pagar os seus salários, Ralf foi covardemente dispensado

1951kkkk #356 @kkkk1951 em 23/02/2020 às 11:32

Ele não teve mérito mesmo, nossa camisa é pesada, quer um outro exemplo, OSVALDO DE OLIVIERA, campeão Mundial, Campeão Brasileiro e Paulista pelo Corinthians, títulos muito mais pesados que o repetório do Burrille que tem praticamente Paulistão ganhos mais pelo peso da camisa que pela competência dele.

coringa #3558 @diego.lopes20 em 23/02/2020 às 02:17

" "

Antes de cair pela falta de novo repertório e pela soberba -- basicamente frutos de inexperiência e imaturidade e não de ausência de qualidade... -- o cara foi 3x Campeão Paulista, 1x Campeão Brasileiro e o Rei dos Clássicos (71%!).

-

-

-

Enfim... Eu admiro a tua FÉ, mano! Supondo que não esteja apenas com birra (e não estou pedindo ninguém de volta!), tem que ter MUITA CONFIANÇA na tal da 'SORTE' pra não ver mérito algum no trabalho do cara! Tenta apostar na Mega...

Deco 20 #52 @deco20 em 23/02/2020 às 09:45

Deu pra bola. Tem nego que gosta de ficar revirando o passado.

Coringa 0 #3.558 @diego.lopes20 em 23/02/2020 às 03:31

Sério que esse é o melhor comentário 'sarcástico' que conseguiu elaborar?

Italo #1059 @italo.zucareli em 23/02/2020 às 03:25

" "

Sério que tem gente sentindo saudades do Jadsono e do Ralfbalada?

Italo . #1.059 @italo.zucareli em 23/02/2020 às 03:25

Sério que tem gente sentindo saudades do Jadsono e do Ralfbalada?

Coringa 0 #3.558 @diego.lopes20 em 23/02/2020 às 02:17

Antes de cair pela falta de novo repertório e pela soberba -- basicamente frutos de inexperiência e imaturidade e não de ausência de qualidade... -- o cara foi 3x Campeão Paulista, 1x Campeão Brasileiro e o Rei dos Clássicos (71%!).

-

-

-

Enfim... Eu admiro a tua FÉ, mano! Supondo que não esteja apenas com birra (e não estou pedindo ninguém de volta!), tem que ter MUITA CONFIANÇA na tal da 'SORTE' pra não ver mérito algum no trabalho do cara! Tenta apostar na Mega...

1951kkkk #356 @kkkk1951 em 23/02/2020 às 00:58

" "

Para mim sempre será Burrille, quer seus fãs queiram ou não. A camisa do Corinthians é pesada e ganha títulos praticamente sozinha, temos vários técnicos assim, 'sortudos' que sumiram depois do SCCP.

Evaldo Moraes Grimauth Grimauth @evaldo.moraes.grimau em 23/02/2020 às 01:56

Você tem que olha o futebol de outra maneira o Ralf joga mais do que Camacho e Rechard juntos.

Ricardo #1026 @ricardo.augusto2 em 22/02/2020 às 21:12

" "

Fora que com Carille não foi uma mudança brusca. Ele apenas colocou seu estilo de jogo baseado no que o time apresentava em todos os anos anteriores. O Tiago chegou pra mudar isso tudo, e leva tempo. Na reconstrução do time em 2008 só levamos o título da série B, mas não passamos da primeira fase do Paulista e perdemos a final da Copa do Brasil. O Mano também levou tempo pra montar o time, times melhores que o atual fizeram feio no Paulista também (2010 e 2014), fora a eliminação em 2012 pra Ponte em pleno Pacaembu. Ou seja, mudanças demandam tempo.

1951kkkk #356 @kkkk1951 em 23/02/2020 às 00:58

Para mim sempre será Burrille, quer seus fãs queiram ou não. A camisa do Corinthians é pesada e ganha títulos praticamente sozinha, temos vários técnicos assim, 'sortudos' que sumiram depois do SCCP.