Fórum do Corinthians

Natan, do Galo, é a prova de como são pouco profissionais os jogadores

Tópico Lendário Entenda as regras
Foto do perfil de Rafael

Ranking: 7.535º

Rafael 203 posts

Publicado no Fórum do Meu Timão em 14/04/2021 às 12:03
Por Rafael Morais (@rafael.morais10)

Natan, do Atlético Mineiro, teceu comentários desrespeitosos ao método de trabalho do ex-treinador do clube, o venezuelano Dudamel.

Reproduzo abaixo algumas das coisas ditas pelo 'atleta':

'O Dudamel era um cara que às vezes queria muito mandar, mandar, mandar, deixava a gente trancado no CT e tal. Tem alguns jogadores que não gostam disso e acabavam ficando de saco cheio: ‘Pô, o cara quer mandar em tudo'

'Só podia almoçar no horário que ele queria. E tem alguns jogadores que gostavam de fazer academia depois do treino. Acabava o treino, e queriam ir para a academia, mas não podiam ir para a academia, porque tinham que estar meio-dia na hora do almoço. Só que o treino acabava tipo 11h40, por exemplo. Tinha que tomar banho rapidão para subir e almoçar. Se não chegasse meio-dia, ganhava multa'

'A gente era acostumado, era bitolado, a só fazer um esquema, só jogar de um jeito. Aí chega um técnico e quer que a gente jogue de outro jeito. Aí alguns jogadores já começam a não gostar, e o técnico gostava de bater de frente'

Um técnico é contratado pelo clube para vencer partidas. E a maneira mais eficiente de obter isso é montando um esquema de jogo que aproveite plenamente as peças que ele possui à disposição. Além disso, é necessário trabalhar os pontos fracos do elenco e aprimorar as qualidades. Tudo isso depende da filosofia de trabalho do profissional, seus princípios e métodos. Cabe ao jogador respeitar e acatar. É assim que se constrói um profissional.

Mas o que vemos no futebol brasileiro é justamente o oposto. Se o boleiro não se sente estimulado pela metodologia ou os ideais do treinador, logo vira a cara e passa a se comportar de maneira a minar o trabalho do administrador. Que se exploda a instituição, que depende da entrega dele para atingir seus objetivos. O que vale é o bem-estar do mimado.

E a diretoria não tem nem como se impor, já que geralmente deve até as calças para os atletas, e não tem culhão para aguentar a pressão imposta pela torcida quando os bons resultados não chegam no curto prazo.

Complicado...

3.040 visualizações e 59 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Foto do perfil de Matheus Liberato

Ranking: 2.276º

Matheus 1109 posts

@m.liberatoo em 14/04/2021 às 12:06

Eu quase chorei com esse depoimento dele, tadinho. Imagina ter que almoçar meio dia e não poder ir na academia.

Foto do perfil de Aryel Soares Da Silva

Ranking: 1.527º

Aryel 1672 posts

@aryelsdasilva em 14/04/2021 às 12:07

Rafael Dudamel é um técnico estilo sargentão, lá na Venezuela tem vídeo dele estapeando jogador.

Últimas respostas

Foto do perfil de Matheus Salarolli Guimarães

Ranking: 3.139º

Matheus 752 posts

@salarolli85 em 15/04/2021 às 11:54

O que eu vou dizer ao meu patrão, se ele pedir para eu mudar meu horário de almoço de meio dia para as 13:00.

Esses frescos, nenhum deles merecem o salário que recebem hoje em dia.

Publicidade

Foto do perfil de Cecel Rodrigues

Ranking: 4º

Cecel 41290 posts

@cecelzinho em 15/04/2021 às 11:53

Por isso que esses caras chegam na Europa e voltam

Foto do perfil de Francisco Felipe

Francisco 40 posts

@rustiic em 15/04/2021 às 11:48

Foi o que o Tiago Nunes passou, quis organizar e os grandes não aceitaram... POr isso tem que trazer treinador de nome, tipo, Felipão, Tite nesse nível ai, pra respeitarem...

Foto do perfil de Bruno Orta

Ranking: 3.577º

Bruno 643 posts

@bruno.orta em 15/04/2021 às 04:06

O maior problema é que jogador de futebol tem CLT, mas não é tratado como tal.

Foto do perfil de Phil Corintiano

Ranking: 592º

Phil 3752 posts

@phil83 em 15/04/2021 às 04:06

Isso é uma verdade, os mimadinhos emburram.

Mas o jogador citado se chama Nathan*.

Foto do perfil de Pedro Teixeira

Ranking: 1.239º

Pedro 1981 posts

@pedro.teixeira em 15/04/2021 às 03:11

Deve ter sido mais ou menos isso que aconteceu com o Tiago Nunes. Queria impor profissionalismo no clube, e a panelinha de jogadores não gostaram

Foto do perfil de Pep Carille

Ranking: 47º

Pep 18340 posts

@lucasmoura2015 em 15/04/2021 às 02:20

Não adianta ter boas ideias, se o treinador não for capaz de passá-las para os jogadores. Confiança não é pressuposto, é construção. Quando o elenco deixa de acreditar no treinador, a demissão é inevitável.

Se o problema fosse querer fazer os jogadores jogarem bem com uma filosofia de jogo, Abel e Jesus já estariam na rua sem ganhar nada.

Jogadores são mimados e fazem o que querem? Quem não seria ganhando o que muitas pessoas ganham nada vida em um mês de trabalho e ainda com lugar garantido em outro clube em caso de demissão. E para questionar isto precisaria se questionar basicamente tudo que a sociedade é. Se o futebol fosse algo pequeno não seria assim. Já viu a mulherada no futebol feminino fazendo essa palhaçadas?

Foto do perfil de Andre Luiz Marinho Thiesen

Ranking: 708º

Andre 3260 posts

@andre77 em 15/04/2021 às 01:41

Hahahaha e muitos torcedores alimentam isso, afinal a culpa será sempre do técnico, agora um marmanjo gordo sem compromisso algum e que não consegue correr ou mesmo disputar uma bola nunca será o culpado...

Foto do perfil de Torcedor Corinthiano'

Ranking: 128º

Torcedor 10341 posts

@vitinhosccp em 15/04/2021 às 01:14

Lendo isso, me fez lembrar do Alborghetti com o porrete na mão

A vai...

Foto do perfil de Matheus Mendes

Ranking: 3.307º

Matheus 707 posts

@matheus.mendes30 em 15/04/2021 às 01:11

O brasileiro médio é assim na verdade, não só os jogadores. Um exemplo: se você precisar acordar 6h ou 7h, você acha que o seu vizinho vai desligar o som alto da festa dele 22h? Aqui ninguém respeita ninguém, não sabe seguir regras e não pensa no bem coletivo.

x