Fórum do Corinthians

Análise tática de Corinthians e Ituano: que jogão!

Tópico Lendário Entenda as regras
Foto do perfil de Félix

Ranking: 5.412º

Félix 360 posts

Publicado no Fórum do Meu Timão em 19/04/2021 às 01:57
Por Félix Rodrigues de Lima (@felix.rodrigues.de.l)

Há dois detalhes a serem falados antes de mais nada. Primeiro, o time que entrou em campo foi praticamente o mesmo que perdeu contra o Ferroviária... Mas foi um time que mordeu do início ao fim. Em segundo lugar, a tática usada nesse jogo ou o mesmíssimo usado no último jogo contra o São Bento, e a mesmíssima pressão foi feita...mas dessa vez, houve gols. Mancini, inteligentemente, armou o time num 4-2-4 em momentos de pressão e ataque mesclado com 4-2-3-1, com Luan jogando de falso 9 alternando com Léo Natel e ao lado de Jô, e defensivamente armou uma linha de 4 e outra de 5, e às vezes o 4-5-1 ia para o ataque também para ter superioridade numérica e posicional. E então a pergunta deve ser feita: será que Mancini realmente é o culpado nesses últimos jogos?

PRIMEIRO TEMPO

O Corinthians, assim como no jogo contra o São Bento, foi bastante incisivo em campo, como o mapa de calor mostra. Ao contrário de contra o São Bento quando o time todo foi ao ataque, aqui foi preenchido o ataque e o meio-campo. Nos primeiros 25 minutos, o Corinthians deu 145 passes, errando apenas 15, enquanto o Ituano acertaria 50 e errou 21...e esses passes certeiros resultaram em perigos. Otero participou muito bem, quase fazendo um gol numa tentativa de cruzamento que acertou na trave e participando muito em ataque; Luan idem, articulando muito no meio de campo em conjunto com Camacho. Jô ainda dominaria uma bola num cruzamento certeiro de Lucas Piton (que por sinal andou melhorando muito) e acertaria a trave. Léo Natel, ele, além da participação ofensiva e defensiva, arriscaria no gol num chute rasante e oferecendo sério perigo; e em um lance com Luan, ele infiltrou pelo meio e quase me faz um golaço, embora o bandeirinha incorretamente tenha marcado impedimento. Raul Gustavo mostrou é um zagueiro muito seguro e maduro, e João Victor me surpreendeu mais uma vez jogando como lateral, sendo que ele é zagueiro – e quando eu disse desde a primeira vez que ele estava jogando melhor do que o Fagner e que ele deveria ficar de olho, muitos acharam que era exagero...mas os últimos jogos dele mostram que eu estava certo na análise.

Reparem na forte participação do Raul Gustavo em campo em conjunto com os passes dele no primeiro tempo. Não à toa ele foi considerado o melhor da partida por muitos. Cortaria 3 vezes, interceptaria 4 lances e desarmaria 2 vezes, ganhando 3 duelos no chão de 4 e ganhando 2 duelos aéreos em 4. Apesar de ter errado 11 passes dos 57 dados no jogo todo e ter perdido 12 vezes a bola, ainda assim ele foi a mola impulsionadora da defesa para o ataque.

E então o Otero faz um gol no finalzinho...de cabeça! E a piada estava pronta: o Otero fez um gol de cabeça...e o Jô não! O golaço foi por conta de dois fatores: o João Victor deu um lindo drible pela direita e recua para... Léo Natel! E o cruzamento para o Otero foi cirúrgico até demais, sob uma falha defensiva de marcação do Ituano.

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo foi com um início bem intenso dos dois lados com o Corinthians atacando mais pela direita (de onde saíram os dois gols) ao mesmo tempo em que concentrava os passes no meio entre Raul Gustavo, Camacho, Luan, Lucas Piton e Otero. E foi justamente essa blitz no meio-campo que impediu o Ituano de recuperar a bola. Tanto Gil quanto Camacho foram muito bons em interceptações, e João Victor extremamente bem na marcação. Um detalhe a mencionar é que Xavier tinha uma liberdade maior para ir ao ataque, fazendo parceria com Luan, Natel e Otero – podemos dizer com certeza que a chave desse ataque, além de Lucas Piton, foi Xavier.

O gol de Jô tem dedo do Mancini: houve uma excelente triangulação entre João Victor, Léo Natel e Camacho, com este cruzando rasteiro para o gol de Jô. Triangulações é uma coisa que venho exigindo há um bom tempo, e nesse lance houve uma sequência delas pelo lado direito do campo.

Devo elogiar o pênalti corretamente anulado: todo o lance foi de uma complexidade altíssima, com um combo de 4 lances (interferência de passe, pé alto, mão na bola e falta do Jemerson), exigindo toda uma interpretação e toda uma paciência. Os 8 minutos, ao contrário do que a Globo quis escrachar, foram necessários porque todo um debate era necessário até a decisão final. Nesse caso, o narrador e os comentaristas foram altamente tendenciosos e descontextualizados com toda uma situação que ficou evidente.

Só aos 42 do segundo tempo é que Mancini colocaria Ramiro, Gabriel Pereira e Roni. Mais tarde entraria Ángelo Araos e Léo Santos. Mas aí a partida já estava bem administrada.

DETALHES EXTRAS

Percebam, por meio desse mapa de passes, o quanto o jogo foi decidido entre uma excelente transição da defesa para o meio-campo com Raul Gustavo, cuja característica só víamos antes em Bruno Méndez e Danilo Avelar. Nesse âmbito, podemos notar a perspicácia do Mancini em armar o time da forma como armou, tendo um zagueiro tão inteligente assim como há muito não víamos. Se ele continuar nessa pegada, talvez ele possa ser um próximo Marquinhos – ele e João Victor.

Vamos olhar com atenção o mapa de interações. O líder aqui foi a interação entre João Vitor Léo Natel com 12. Depois vemos Camacho para Jemerson e para Raul Gustavo, ambos com 11; Jemerson para João Victor e para Raul Gustavo, além Lucas Piton e Raul Gustavo, e este para Camacho, todas com 10 vezes. O restante foi bem dividido entre os passes. Isso comprova o que foi dito mais acima sobre a importância de Raul Gustavo.

MELHORES DA PARTIDA

Raul Gustavo

Disparado o melhor. Como dito antes, ele foi praticamente o maestro do time ao lado de Camacho e Luan.

Léo Natel

Como eu disse algumas vezes, Léo Natel não é ponta-direita, mas sim um ponta-esquerda que também atua como centroavante. É o terceiro ou quarto jogo em que ele joga improvisado nessa posição, mas nesses jogos ele foi muito bem, e nesse jogo então...o homem deu uma assistência para o gol de Otero e teve participação fundamental demais na triangulação que resultaria no segundo gol.

Otero

Ele foi absurdamente excelente em campo. Errou apenas 1 passe dos 14 dados, acertaria 2 de 3 cruzamentos e enfiou 2 bolas longas de 3. Além disso, ganhou 8 duelos no chão de 10.

Camacho

Outro que foi excelente. Errou apenas 3 passes dos 40 dados, acertou todas as 4 bolas longas e acertou o único cruzamento dele. Sem falar que participou muito do ataque com Raul Gustavo e os meio-campistas.

João Victor

Esse rapaz não me cansa de me surpreender. Pra mim, hoje é titular absoluto ao invés de Fagner, pois tem uma recuperação defensiva muito melhor do que ele, além de atacar com uma precisão fora do comum. Me surpreende porque eu sempre soube dele como zagueiro, mas como lateral me agradou demais. Ganhou 8 duelos no chão de 12, e 5 duelos aéreos de 6. E ele teve participação altíssima em campo.

Luan

Nos últimos jogos Mancini escalou Luan fora de sua posição e ele jogou bem demais, mas nesse jogo, além de jogar na posição correta – meia-atacante transicionando para falso 9 e meia-esquerda -, Luan se superou. Apesar de perder muitas bolas – aliás, quase todo o time perdeu muitas bolas devido a pressão constante do time - Luan errou apenas 6 passes de 31 . E se moveu muito em campo, sendo extremamente útil nas jogadas.

CONCLUSÃO

Já dizia um antigo ditado de que pedra que rola muito não cria limo...mas não podemos dizer isso de Mancini até o momento, que vem fazendo um trabalho excelente. Como eu disse no último artigo, a necessidade de paciência é imprescindível, e Mancini, por mais que tenha tido tempo, não teve peças de qualidade alta até agora, mas a maioria dessas peças ainda se encontra fora de forma. Jô, apesar de ter feito o gol e criado chances, foi muito mal hoje, Luan e Léo Natel foram muito mais úteis na área do que ele.

Vencemos um time que possui peças fortes mas cujo meio-campo titular está desguarnecido. Daí a diferença dos dois primeiros jogos do Ituano em que eles foram muito bem com os

Últimos resultados – sem falar que nós temos bem mais jogos do que eles. É reconhecido que eles são um time bem treinado – mas o nosso trunfo foi no fato de que não deixamos ele jogar, nem deixamos eles respirarem por um segundo, mordendo a bola o tempo todo, e é exatamente isso que queremos ver no Corinthians

Temos uma sequência duríssima que irá pôr à prova a resistência do time. E é por isso mesmo que o desempenho do time pode não nos agradar, mas isso não deveria ser preocupação pra ninguém, porque a necessidade é de peças fortes, não de conseguir o Paulista.

VAI, CORINTHIANS!

12.385 visualizações e 93 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Foto do perfil de Andre Ramos

Ranking: 296º

Andre 6281 posts

@andre.ramos12 em 19/04/2021 às 07:52

João Victor realmente foi muito bem, mas por causa de um jogo você tira o melhor o Fagner?

Pra ser analista, precisa deixar as emoções de lado. João Victor é zagueiro improvisado, assim como foi o Bruno muitas vezes. O melhor da história é que, caso o Fagner saia por contusão ou cartão, estamos bem servidos.

Foto do perfil de Eder Ottolini Balbani

Ranking: 519º

Eder 4202 posts

@ederbalbani em 19/04/2021 às 08:13

Bastou uma Vitória sobre um timeco e o Mancini já virou um super técnico.

#foramancini

Últimas respostas

Foto do perfil de Amaral Ric

Ranking: 1.116º

Amaral 2171 posts

@amaral.ric em 20/04/2021 às 02:43

Muitos exageros.

Ituano ruim demais.

A quest? O é a constância, regularidade.

Publicidade

Foto do perfil de Phil Corintiano

Ranking: 592º

Phil 3752 posts

@phil83 em 20/04/2021 às 00:12

'Tanto Gil quanto Camacho foram muito bons em interceptações'

Gil não jogou. Kkk

Foto do perfil de Phil Corintiano

Ranking: 592º

Phil 3752 posts

@phil83 em 20/04/2021 às 00:07

Um fato importante: um dos piores Ituanos que já vi.

A* Ferroviária...

Foto do perfil de Wilson Balera

Ranking: 3.124º

Wilson 759 posts

@wilson.r.balera em 19/04/2021 às 23:26

Boa análise tática legal demais.

Foto do perfil de Azamat Bagatov

Ranking: 4.351º

Azamat 496 posts

@azamat.bagatov em 19/04/2021 às 22:49

Análise tática contra o poderoso Ituano. Que fase Corinthians!

Foto do perfil de Vagner Silva

Ranking: 27º

Vagner 27142 posts

@vagner.silva13 em 19/04/2021 às 22:08

Gostei da atuação do Luan

Foto do perfil de Carlos Mg

Ranking: 202º

Carlos 7884 posts

@carlosmg em 19/04/2021 às 21:23

Menos, o Ituano é fraquíssimo para uma analise tão profunda, se não jogassem bem ontem seria pra acabar com tudo.

Foto do perfil de Maicon Douglas

Maicon 22 posts

@maicon.douglas35 em 19/04/2021 às 20:29

Não tiraria o Fagner do time mais daria pra alterar a posição, caso o ponta pela direita não estiver rendendo deixa o João Victor improvisado na lateral e joga o Fagner pra ponta, mais o ideal é montar uma zaga com Raul Gustavo e João Victor

Foto do perfil de Sandro Vieira

Ranking: 1.734º

Sandro 1481 posts

@sandrovieira em 19/04/2021 às 20:18

Não sei aonde viram um jogão.

Nível técnico sofrivel.

Jogadores fracos.

Técnicos sem criatividade.

Vários erros de passe e jogadas bizarras.

E nem vou detalhar o tal do var (8 minutos para decidir um lance) e o horário do jogo em um domingo.

Não sei onde viram um jogão...

Foto do perfil de Paulo Rodrigues Neto

Ranking: 674º

Paulo 3385 posts

@dovahkiin em 19/04/2021 às 20:13

Galerinha se emociona fácil, hein...

x