Orçamento/Projeção de Fluxo de Caixa x Dívida da Arena (Preocupante)

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Rogerio #2.127 @rogerio.yamada em 08/03/2016 às 23:24

Com base no que foi divulgado na Reunião do Conselho (07/03/16), consolidei os resultados de receitas e despesas da Arena no período de maio/2014 até dezembro/2015, o orçamento para 2016 e a projeção das prestações do BNDES e Caixa referentes à divida de construção do estádio.

Algumas considerações:

- a projeção de despesas do Borderô/2016 foi estimada com base no % de 2015 multiplicado pela receita bruta orçada em 2016.

- a projeção de despesas com a Arena/2016 foi considerada com o mesmo valor de 2015.

- o início de pagamento das prestações do BNDES em julho/2015 foi considerado o divulgado nos jornais.

- o início de pagamento das prestações do CAIXA em novembro/2016 foi considerado o divulgado nos jornais.

Com base na projeção orçamentária para 2016 e na simulação de fluxo de caixa para pagamento das prestações do BNDES e Caixa, avaliamos que:

- A linha de outras/novas receitas da precisa subir de R$ 20 milhões em 2015 para R$ 38 milhões em 2016, um aumento expressivo de 190%.

- Os R$ 20 milhões do Naming Rights também serão mais do que nunca imprescindíveis em 2016 e próximos anos.

- A projeção de bilheteria/2016 de R$ 70 milhões abaixo dos R$ 74 milhões em 2015 deve ter sido por conta das Olimpíadas, quando o Corinthians deverá jogar no Pacaembu.
- Nota-se a necessidade urgente de se diminuir o que for necessário os gastos com 'Borderô', que são gastos relativos à confecção de ingressos, controle de acesso, orientadores, entre outros, principalmente a nebulosa conta de 'Despesas Diversas'.

- Em relação às despesas com manutenção da Arena também será necessário reduzir o valor gasto, mas sem prejudicar a estrutura e funcionamento da Arena em dias de jogos.

- Está sendo noticiado há alguns meses que o Corinthians pediu aumento da carência em mais 1 ano das prestações do BNDES devido o resultado líquido aquém do projetado inicialmente.
- A venda de todos os CIDs que estão atrasados é de extrema importância para o pagamento da dívida que estimam estar na casa de R$ 1,2 bilhão.

- Em 2017, se o Corinthians não conseguir aumento da carência com o BNDES as prestações mensais somadas com a da Caixa serão de R$ 10 milhões por mês, ou seja, R$ 120 milhões que é o dobro da estimativa da receita líquida projetada nessa simulação.

- O atraso na liberação do financiamento do BNDES, os empréstimo pontes à juro de mercado, o custo da obra acima do projetado, os problemas e atraso na venda do CIDs, a demora na venda do NR, o custo das estruturas provisórias pagas pelo Corinthians e agora a ineficiência na geração de receitas e gestão de despesas comprometem o pagamento da dívida estimada em R$ 1,2 bilhão, dessa forma, o Corinthians poderá ficar décadas pagando essa dívida e refém dos juros dos empréstimos bancários.

Lembrando que isso é apenas uma simulação com base nos números divulgados na Reunião do Conselho, cada um pode fazer a sua, foi feita para termos uma noção dos motivos que levaram a Diretoria convocar o Conselho, da urgência em se vender o NR e CIDs e da necessidade de se ter pessoas competentes à frente da gestão da Arena.

http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/torcedor-do-corinthians/1.html

851 visualizações e 34 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Anderson De Oliveira #8.715 @anderson.de.oliveir4 em 08/03/2016 às 23:50

N tem segredo, 3 ações prioritárias, a venda do NR, diminuição drásticas das despesas e CIDs

Alexandre Tadeu Batista Da Silva #1.817 @ale09 em 08/03/2016 às 23:36

Isso é um assalto que estão fazendo com as despesas da Arena. Estamos fudidos p pagar essa dívida desse jeito

Últimas respostas

Antonio Vendramini Neto #390 @toninho.vendramini em 09/03/2016 às 10:37

Na Copa do Mundo, essa atividade é constituída de voluntários, a troco de lanche e refrigerantes. Ótima ideia. Temos torcedores que se proporiam a essa atividade em amor ao clube. Lembro quando jovem, que o São Paulo quando construiu o Morumbi, pedia aos torcedores que levassem sacas de cimento para ajudar. Mas houve também ajuda do Laudo Natel, que na oportunidade, era o governador do Estado. Nossa torcida é forte. Deveríamos propor algo para melhorar as rendas. Essa atividade proposta pelo amigo, já é um bom começo. SE A DIRETORIA ACEITAR.

Paulo #91 @paulogol em 09/03/2016 às 09:03

" "

Pensado aqui, sei que ninguém gosta de trabalhar de graça, mas não seria uma boa recrutar fiéis torcedores para serem o pessoal da orientação? O treinamento não deve ser muito caro.

Seriam, os que aceitassem, devidos em grupos, que se revezariam em trabalhar nos dias de jogos como voluntários. Eu mesmo me colocaria a disposição pra colaborar sem receber nada em um jogo do Timão.

Sei lá, pode ser viajem, mas tem muita coisa que pode ser feita pra reduzir os custos.

Publicidade

André Barbosa Vieira Dos Santos #6.716 @andre.bvds em 09/03/2016 às 10:31

Concordo plenamente! Precisamos fazer alguma coisa!

Quem quiser ajudar a pressionar a diretoria: https://www.meutimao.com.br/forum-do-corinthians/estadio-do-corinthians/253929/naming_rigths-o_dinheiro_para_pagar_as_parcelas_acabou_campanha_nrja

Felipe Checkmat #645 @felipe.fiel em 09/03/2016 às 10:24

O bom da água bater na bunda é que os caras vão se mexer. Aquelas despesas diversas são no mínimo 'nebulosas' mesmo... No mínimo. Vão ter que fechar a torneira.

Patricia Falcao #5 @patriciafalcao em 09/03/2016 às 10:19

88 milhões de gasto na arena, carambaa. Quanto é pra jogar no Pacaembu? Será que não tem gente metendo a mão na grana?

Vou procurar saber quanto a prefeitura gastará por jogo na olimpiadas, vamos ver quem está mentindo.

Deco 20 #128 @deco20 em 09/03/2016 às 10:17

Tenho várias dúvidas e algumas considerações!

Dúvidas: 1. O que entra, exatamente, nos itens de despesa 'borderô' e 'arena'? 2. O que entra, exatamente, no item de receitas 'outras/novas'? 3. E o Fiel Torcedor fica como nessa história? Receita direcionada pra arena ou pra custeio do departamento de futebol? 4. Como pode haver despesas com emissão de ingressos, se a maioria absoluta das entradas é vendida pelo sistema de cartão, logo não gerando muitos ingressos impressos? 5. Essas projeções de receita x despesa não estavam disponíveis antes do início do projeto?

Considerações: 1. Com base no que está apresentado, ao contrário do que muitos imaginam, os NRs não são a solução definitiva para o pagamento da Arena! 2. Outras medidas como revisão de contratos e repasses, bem como corte de certas despesas são fundamentais! 3. O resultado do Corinthians em campo pode influenciar de forma definitiva na evolução das receitas, principalmente na bilheteria com a Libertadores e premiações.

Muito bom!

André Emerson De Oliveira Oshikawa #68 @deco1910 em 09/03/2016 às 10:06

Quanto é repassado a OMNI?

Rafael Camacho #5.868 @fiel.laranjal.pta em 09/03/2016 às 09:42

A diretoria também deveria logo começar as visitas no estádio, com isto teria outra renda, fora as vendas nas lojas, mas está ficando difícil e vejo todo dia a mesma coisa, jornais, blogs, noticiando que estamos na lava jato etc etc, tomara que investigue mesmo pois se tem algum prejudicado é o Corinthians que ficou com esta divida.

Outra coisa, este é o único estádio da copa que está se pagando, o resto foi dado e ninguém fala em investigar, esquisito né? Cara tem hora que cansa tanta perseguição com o Corinthians.

Rafael Macedo #1.671 @rafael.simbron.maced em 09/03/2016 às 09:22

Meu Deus, a conta está apertada.

Que Deus dê sabedoria a essa diretoria, pois vai ser bem trabalhoso pagar a conta.

Jimes Roney Severo Corrêa #2.048 @jimes em 09/03/2016 às 09:09

Ótimo tópico.. Mas realmente essas despesas estão muito acima, precisa diminuir drasticamente.. Eu não me conformo com o gasto da arena... Algo que deveria ser extremamente sustentável.

Daniel !!! #206 @daniel.anjula em 09/03/2016 às 09:05

É vai está complicado... O atraso nos CIDs ferrou tudo..