Precisamos falar sobre a Arena

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Igor #2.935 @igor.rykovski em 03/01/2018 às 23:25

Apesar da nossa torcida ser formada por muito Pachecos, que preferem fechar os olhos para coisas erradas, acredito que precisamos falar sobre a Arena.

Sou um corintiano que teve uma chuteira Firula autografada pelo Neto e a camisa 10 da Kalunga com 10 anos de idade. Quando não tinha nem TV por assinatura, ouvia o Silvério narrando os jogos no Pacaembu ou Morumbi. Fui a muitos jogos. Já fui a pé do Morumbi até a Av. Santo Amaro porque não tinha dinheiro pra pegar dois ônibus depois de ver um ataque formado por Alcindo e Alex Rossi. Já apanhei no Canindé, já apanhei no ônibus. Já chorei, já passei mal, já fui muito feliz.

Mas em 2013, eu tive a primeira grande decepção como corintiano. A tragédia de Oruru me marcou demais e fez eu perder um pedacinho do coração preto e branco que sempre tive. Não é aceitável o presidente do clube defender marginais que assassinaram uma criança. Nem o rebaixamento me marcou tanto. Mas isso é outra história.

A segunda grande decepção foi a forma como o financiamento do projeto da Arena foi concebido. Gastou-se 1,2 bilhões de reais na sua construção. Pra fazer um comparativo, uma das arenas mais modernas do mundo, o Wanda Metropolitano do Atlético de Madrid, com capacidade para mais de 73 mil pessoas, custou 240 milhões de euros. Houve mais 66 milhões de euros em gastos com obras no entorno exigidas pela prefeitura de Madrid.

Quando você fala em mercado interno, não pode fazer conversão de moeda pela cotação de hoje. A conta é um pouco mais complicada, mas em relação ao preço do metro quadrado em Madrid e em São Paulo fica quase um pra um. Segundo o site Global Property Guide o preço médio em Madrid é de €4382,00 por metro quadrado enquanto em São Paulo é em torno de R$4000,00. Ou seja, o Atlético de Madrid construiu um estádio com quase o dobro da capacidade da Arena Corinthians, com tudo que há de mais moderno e gastou 1/4 do preço da Arena se seguirmos essa lógica. Mas se você Pacheco, quiser converter, ainda dá menos de 1 bilhão de reais sem as obras do entorno.

Mas por que a Arena Corinthians saiu tão cara?

Bom, não precisa ser nenhum gênio pra supor que houve superfaturamento na obra. Afinal, o presidente da construtora estava preso até alguns dias atrás por conta de propina e suborno. De onde ele tirava dinheiro pra isso? De obras superfaturadas é claro. Isso foi comprovado.

E há também as pessoas envolvidas no projeto 'arena da abertura da copa', que são acusadas de receber propina, vide Jerome Valcke, Joseph Blatter, Ricardo Teixeira, Marcopolo Del Nero, José Maria Marin. Não vou nem falar dos políticos envolvidos.

O nosso presidente na época, Andrés Sanchez, calculou direitinho e viu que todo mundo ia se dar bem. Com os CIDs da prefeitura+dinheiro do governo do estado para a copa+naming rights a conta estava fechada e o estádio ia sair de graça para o Corinthians. Ou seja, todo mundo sairia feliz. Ele parece até que conseguiu um agrado da Odebrecht de 2,5 milhões de reais pra sua campanha pra deputado de lambuja.

Só que nada disso deu certo. E aí que entra o grande problema.

O Corinthians vai ter que pagar a conta, de um estádio superfaturado. Uma conta alta demais.

Se o Andrés fez tudo isso pra dar um estádio pra torcida, se as acusações contra ele são falsas, se ele foi apenas seduzido por um sonho megalomaníaco não temos como saber. A questão é que ele é um dos pivôs disso tudo, junto com o Lula.

E todo mundo diz que ele já está eleito para o seu segundo mandato como presidente, todo mundo menos opositores. Um cara que fez a grande virada, deu início a esse tsunami de títulos, e de dívidas impossíveis de se pagar. Alguém que tem no fim a justificativa do meio. Alguém que não se importa em usar dinheiro público em benefício do clube ou dele talvez.

Eu como corintiano, não melhor tão pouco pior do que ninguém aqui, tenho muita vergonha. Menos mal que a conta ficou só pra nós. Seria pior ouvir de um palmeirense ou de um são paulino que eles ajudaram a pagar nosso estádio.

Por isso, é necessário refletir se esse fim justificou o meio. É necessária muita reflexão de todos nós.

É uma conta muito alta, pesada por demais pra quem tanto sofreu e que viveu um sonho nos últimos 10 anos. É a nossa casa, mas é um palácio grande demais pra quem acostumou com nossa saudosa maloca. Eu preferiria morrer no Pacaembú.

9.540 visualizações e 195 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Dejair Antonio Bravin #4.396 @dejair.antonio.bravi em 05/01/2018 às 22:49

Em alguns pontos concordo e em outros não, principalmente neste que se sente envergonhado, vergonha de que? Do Corinthians ser usado para manobras políticas e explorado por corruptos? Deveria se sentir revoltado isto sim.

Quanto a Oruru, aquilo foi obra de marginais que não podem ser usados como parâmetros da nossa imensa nação e de tal forma envergonhar um todo.

No restante concordo que o grupo do Andrés é um mau para o Corinthians, assim como foi o grupo do Dualib que na verdade é o mesmo.

Publicidade

Rodrigo Emboava Ortiz #8.191 @rodrigo.emboava.orti em 05/01/2018 às 20:55

Quem vai pagar a conta é o torcedor Corinthiano além da população brasileira. O pior é ver gente querendo o Andrés de volta ao Corinthians, um cara malandro, que só de ouvir a conversa percebe que é migué e seus amigos e colegas com muitos problemas na justiça e com a polícia.

Rei Tri #4.537 @reinaldo.trivinho em 05/01/2018 às 20:40

Se for pra falar em índole, qq integrante ou simpatizante da corja cancerígena dessa ou de qualquer outra torcida organizada não merece sequer julgamento, é direto pra execução.

Klaus #7140 @klaus.merschbacher em 05/01/2018 às 20:27

" " Então, você n contradisse nada do que escrevi. Se é que leu. Eu disse que, nakele caso, os caras eram inocentes. Você deve ser julgado por crimes que comete. Agora se você é um idiota babaca que acha que você deve ser julgado pela sua índole, aí o problema não é meu. Vai pra pqp você

Rubens Alexandre #5.753 @rubens.alexandre em 05/01/2018 às 20:36

Eu acho essa conta pagavel, precisava ter apenas um presidente e uma diretoria decente...que acabasse com a roubalheira que só faz afundar os cofres do clube. O Corinthians tem potencial pra pagar essa divida, fazer time forte e ser a maior potencia das americas. Digo isso porque temos estrutura, a marca é muito forte e temos a maior torcida do mundo.

Eu aposto que, se tivessemos um presidente e uma diretoria honesta e bem intensionada, fazendo planejamentos decentes para pagar o estádio..a torcida abraçaria mais ainda o clube e ajudaria a pagar a Arena.

Igor Rykovski #2.935 @igor.rykovski em 05/01/2018 às 20:35

Não cara, problema social é o fudido que ganha 900,00 por mês e paga 100,00 pra ir na arena uma vez por mês. Problema social, é o cara que não tem referência nenhuma na quebrada é só enxerga um caminho, o crime.

Quem vai ver jogo em outro país tem meios pra isso, não é um fudido sem dinheiro. É índole sim ou doença. Prova disso são os hooligans. Um bando de marginais de primeiro mundo.

Nossa sociedade é uma grande tragédia, mas torcedor organizado que faz essas patifarias é apenas um patife que precisa ser banido do meio do futebol.

Klaus #7140 @klaus.merschbacher em 05/01/2018 às 11:56

" "

Concordo com tudo o que você disse, e também me envergonhei quando do episódio de Oruro... Mas uma coisa não tem nada a ver c a outra... Foi uma tragédia e, à época, ficou provado que o garoto foi atingido por um sinalizador naval disparado por um adolescente de 16 anos, que não soube manusear o artefato e por pouco não se matou (o que teria sido menos desastroso)... Mas, os presos lá eram inocentes NAQUELE caso. Não foram eles que dispararam o sinalizador. Nem que colocaram na mão do moleque. O que eles fizeram/fazem depois disso não tem nada a ver c o fato de defendê-los naquele episódio.

Não obstante, a 'marginalidade' da qual você os acusa é antes um problema social do que um simples julgamento de índole.

Klaus Merschbacher #7.140 @klaus.merschbacher em 05/01/2018 às 20:27

Então, você n contradisse nada do que escrevi. Se é que leu. Eu disse que, nakele caso, os caras eram inocentes. Você deve ser julgado por crimes que comete. Agora se você é um idiota babaca que acha que você deve ser julgado pela sua índole, aí o problema não é meu. Vai pra pqp você

Yuri Lopes Simões Da Silva #3.788 @yuri.lopes.simoes.da em 05/01/2018 às 19:03

Faltou um pouco de visão de mercado na hora de planejar a Arena. Sobrou muita ganância e vontade de #[email protected]% com a vida dos Bambis em aceitar levar a Arena pra Copa dobrando seu custo e a longo prazo, triplicando e até quadruplicando com os juros. Mas agora ela tá lá, temos como obrigação ética e moral pagar a nossa casa, e acredito que vamos pagar. Quando terminarmos de pagar o último centavo, vamos colher frutos jamais colhidos antes na nossa história, pode ter certeza.

Também queria que tivéssemos ficado com o Pacaembu... O projeto de reforma para o velho Paca era excelente e muito mais barato... Agradeça ao Marco Aurélio Cunha vulgo Lenhador de Bonsai por ter articulado a não-concessão do Pacaembu à nós. Velho bambi maldito do #[email protected]%.

Yuri Lopes Simões Da Silva #3.788 @yuri.lopes.simoes.da em 05/01/2018 às 18:53

Ganhou cargo na gaviões porque foi laranja do ocorrido e livrou 10 peão de uma coisa bem mais pesada, aposto um braço que n foi das mãos dele que saiu o sinalizador marítimo que varou a cabeça do moleque...

Ricardo Goshima Lester #252 @ricardo.goshima.lest em 05/01/2018 às 18:43

Exato esses fins que justificam os meios que está na mentalidade do brasileiro e depois quando um político sobe no poder não sabem prq roubam? Esses mesmos que elogiam o Andrés fariam a mesma coisa!

Igor #2935 @igor.rykovski em 05/01/2018 às 13:05

" "

Mas eu falo isso no post, quando eu digo que ele trouxe um tsunami de títulos e dívidas.

O meu problema com o Andrés é outro. Eu não gosto de pessoas que acreditam que os fins justificam os meios.

É o tipo de gente que faz acontecer, que podem entrar pra história, mas que deixam um rastro de destruição por onde passam. Principalmente se eles não tiverem alguns conceitos morais, como parece ser o caso do Andrés.

Thomas Edison foi um desses. Ele eletrocutou um elefante em praça pública, entre outros animais, pra mostrar que o certo era usar a corrente contínua que ele tinha inventado e não a alternada criada pelo seu rival.

Com isso, criou-se a cadeira elétrica. Que é um dos métodos mais cruéis de execução de uma pena de morte. É melhor ser guilhotinado pra você ter ideia. A carrocinha antiga, também matava os cachorros eletrocutados.

E quanto a corrente contínua e a alternada, descobriu-se que o correto é o uso de ambas. Alternada pra ela chegar na sua casa e contínua pra alimentar os aparelhos.

Ricardo Goshima Lester #252 @ricardo.goshima.lest em 05/01/2018 às 18:40

E naquele ano acho que ganharíamos mais um título, o time era forte! Culpa desses vagabundos!