Arena Corinthians, pode pagar o financiamento em 4 anos!

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

W£llington #1.365 @wellington em 02/12/2013 às 15:13

Tipo uma divida que era pra levar em 13 anos

O bom planejamento faz com que em 4 seja quitado

Mas como? Com a renda da arena, nome da arena e os camarotes.

Bom Agora vem a pergunta, Arena Corinthians única na Copa

Que vai devolver o dinheiro do Bnds e em 4 anos.

Uma das Arena que com menos dinheiro que mané garrincha e maracanã

que foram gastos Mais de 1 bilhão e Tem acabamentos divinos já esses

Citados não...

Bom depois de devolvido ao Bnds esse Dinheiro vai pra onde?

Em obras ser disviado com mais Bilhões pelos politicos

Mas não se assustem para os anti e a mídia antes o dinheiro deve ser

Roubado por politico do que para o desenvolvimento da zona leste

De São Paulo, por isso que eu digo eles tem um cérebro menor

Que um Grão de açucar, se Preocupa mais com o Corinthians

Do que o próprio Time ou a politica do pais.

1.051 visualizações e 22 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Edgard Alan Souza #38 @edgard.alan.souza em 02/12/2013 às 15:21

Por supertime, Corinthians quer pagar financiamento em 4 anos

Por contrato, o Corinthians tem 13 anos para pagar o financiamento de R$ 400 milhões que adquiriu junto ao BNDES para a construção de seu estádio – o anúncio da assinatura do contrato foi feito na sexta-feira. Mas os planos alvinegros são bem diferentes.

“A ideia é utilizar todas as receitas do estádio, como camarotes, naming rights e publicidade para acabar com a dívida em quatro anos”, revela o conselheiro Cármino Pepe. “Toda a operação financeira está registrada na ata da última reunião e foi aprovada por unanimidade pelo Conselho Deliberativo.”

fielzao6

A pressa corintiana tem explicação. “Quanto menos tempo, menos juros vamos pagar”, analisa o conselheiro. “Por isso que amaioria dos contratos do estádio terá quatro anos de duração. A única exceção é o naming rights”, ressalta, referindo-se à negociação sobre a exploração do nome da arena, que deverá durar entre 15 e 20 temporadas.

Andrés Sanchez fez os conselheiros corintianos acreditarem que, com a quitação rápida, o clube terá receitas suficientes para brigar com Barcelona, Real Madrid e os grandes europeus pelo status de maior clube do mundo.

“Todo lucro a partir de 2020 será utilizado na montagem do time. O que isso quer dizer? Que teremos capacidade para bancar uma folha salarial de R$ 20 milhões por mês e poderemos comprar o jogador que quisermos no exterior”, finaliza Pepe, entusiasmado com as palavras de Andrés.

O Timão terá três anos para começar a pagar pelo empréstimo, ou seja, até dezembro de 2016. Para ter o financiamento aprovado, o clube deu o prédio administrativo no Parque São Jorge como garantia bancária.

http://jorgenicola.ig.com.br/2013/11/30/para-ter-supertime-corinthians-quer-pagar-financiamento-em-4-anos/

Valdir F #158 @bilzao em 02/12/2013 às 15:29

Cara isso não é bem assim...

O que os antis falam tanto de 'dinheiro publico' são os tais 'CIDs' da prefeitura.

Em tese o estádio do Corinthians custará 800 milhões, 400 milhões financiados pelo BNDES e nos vamos pagar e outros 400 milhões a prefeitura vai 'doar' através dos CIDs.

Esse negócio é complexo, mas pra simplificar o racional é o seguinte...

Tem um terreno lá em Itaquera, não tem nada, portanto a prefeitura não arrecada nada com isso... Se você construir um estádio lá, esse estádio passará a gerar impostos (ISS), então a prefeitura te da até 420 milhões de desconto nesses impostos e só depois que ultrapassar os 420 milhões você passa a pagar o ISS.

Só que esses impostos são dados através dos CIDs, por exemplo o Corinthians vai comprar tijolo, ao invés de pagar em dinheiro ele paga ao fabricante de tijolos em CIDs e esse fabricante deixa de pagar o ISS (é como se fosse um cheque que você deposita como dinheiro na sua conta, você pega o CID e paga o seu imposto).

Só que essa lei não vale apenas para o Corinthians, essa lei foi criada para desenvolver a Zona Leste de São Paulo, por exemplo se qq um aqui quiser abrir uma empresa na ZL e construir o predio da empresa lá na ZL, pode pedir para ter direito ao CID, assim como pode também solicitar um financiamento do BNDES.

Em resumo 'ganhamos' 420 milhões da prefeitura, mas qq empresa ganha isso.

Por outro lado, depois o estádio ira gerar milhões em impostos para a cidade que se deixassemos somente o terreno lá, esses impostos nunca seriam gerados para a cidade.

Últimas respostas

W£llington . #1.365 @wellington em 02/12/2013 às 17:55

é eu sei mas me referia ao bnds mesmo que pra eles não pode

Agora pros outros estádios pode..

Valdir #158 @bilzao em 02/12/2013 às 15:29

" "

Cara isso não é bem assim...

O que os antis falam tanto de 'dinheiro publico' são os tais 'CIDs' da prefeitura.

Em tese o estádio do Corinthians custará 800 milhões, 400 milhões financiados pelo BNDES e nos vamos pagar e outros 400 milhões a prefeitura vai 'doar' através dos CIDs.

Esse negócio é complexo, mas pra simplificar o racional é o seguinte...

Tem um terreno lá em Itaquera, não tem nada, portanto a prefeitura não arrecada nada com isso... Se você construir um estádio lá, esse estádio passará a gerar impostos (ISS), então a prefeitura te da até 420 milhões de desconto nesses impostos e só depois que ultrapassar os 420 milhões você passa a pagar o ISS.

Só que esses impostos são dados através dos CIDs, por exemplo o Corinthians vai comprar tijolo, ao invés de pagar em dinheiro ele paga ao fabricante de tijolos em CIDs e esse fabricante deixa de pagar o ISS (é como se fosse um cheque que você deposita como dinheiro na sua conta, você pega o CID e paga o seu imposto).

Só que essa lei não vale apenas para o Corinthians, essa lei foi criada para desenvolver a Zona Leste de São Paulo, por exemplo se qq um aqui quiser abrir uma empresa na ZL e construir o predio da empresa lá na ZL, pode pedir para ter direito ao CID, assim como pode também solicitar um financiamento do BNDES.

Em resumo 'ganhamos' 420 milhões da prefeitura, mas qq empresa ganha isso.

Por outro lado, depois o estádio ira gerar milhões em impostos para a cidade que se deixassemos somente o terreno lá, esses impostos nunca seriam gerados para a cidade.

Publicidade

Domingos Sávio #262 @alanbik em 02/12/2013 às 16:40

Quando os bambis se utilizaram da lei, renúncias fiscais, constriram o CT da barra funda número 2724 da marques de São Vicente (sempre o 24? ) construção do Cotia bambis resort etc. A imprensa rosa era só elogios, clube bem administrado, exemplo etc, agora bastou uma vez o Corinthians se beneficiar de uma lei já existente para esses malditos não pararem de falar [email protected]

Valdir #158 @bilzao em 02/12/2013 às 15:29

" "

Cara isso não é bem assim...

O que os antis falam tanto de 'dinheiro publico' são os tais 'CIDs' da prefeitura.

Em tese o estádio do Corinthians custará 800 milhões, 400 milhões financiados pelo BNDES e nos vamos pagar e outros 400 milhões a prefeitura vai 'doar' através dos CIDs.

Esse negócio é complexo, mas pra simplificar o racional é o seguinte...

Tem um terreno lá em Itaquera, não tem nada, portanto a prefeitura não arrecada nada com isso... Se você construir um estádio lá, esse estádio passará a gerar impostos (ISS), então a prefeitura te da até 420 milhões de desconto nesses impostos e só depois que ultrapassar os 420 milhões você passa a pagar o ISS.

Só que esses impostos são dados através dos CIDs, por exemplo o Corinthians vai comprar tijolo, ao invés de pagar em dinheiro ele paga ao fabricante de tijolos em CIDs e esse fabricante deixa de pagar o ISS (é como se fosse um cheque que você deposita como dinheiro na sua conta, você pega o CID e paga o seu imposto).

Só que essa lei não vale apenas para o Corinthians, essa lei foi criada para desenvolver a Zona Leste de São Paulo, por exemplo se qq um aqui quiser abrir uma empresa na ZL e construir o predio da empresa lá na ZL, pode pedir para ter direito ao CID, assim como pode também solicitar um financiamento do BNDES.

Em resumo 'ganhamos' 420 milhões da prefeitura, mas qq empresa ganha isso.

Por outro lado, depois o estádio ira gerar milhões em impostos para a cidade que se deixassemos somente o terreno lá, esses impostos nunca seriam gerados para a cidade.

Carlos Roberto #2.619 @carlos.rt em 02/12/2013 às 16:31

Os 2 comentários em destaques, estaoo muitoo bemm elaborado, estão perfeitos hehe, é isso ai msm. Vaiii Corinthians

Valdir F #158 @bilzao em 02/12/2013 às 16:22

Então... Quando algum anti ze mane vier com essa balela de dinheiro publico você faz a pergunta

'Amigão, você sabe o que é um CID da prefeitura de São Paulo? Vai no Google, pesquisa, depois você discute comigo' acaba a discussão kkkkkkkk

Realmente tem o desconto do imposto de imediato, se você olhar friamente a prefeitura esta deixando de arrecadar 420 milhões logo de cara, mas depois o estádio fica lá gerando impostos 'eternamente'.

Só tem um detalhe... Os CIDs foram emitidos pela prefeitura em 2011 e eles valiam 420 milhões naquela época, hoje eles se desvalorizaram e valem uns 350, ou seja o Corinthians vai precisar arcar com 70 milhões.

Fora isso o enquanto o BNDES não liberava o financiamento, o Corinthians pegou dinheiro emprestado de bancos comuns e vai ter que pagar juros altos dessa grana (O Andrés fala que são 80 milhões só nesses juros).

Só ai são 80 +70 milhões = 150 milhões que não estavam no orçamento original.

Diego #1187 @diego.fares em 02/12/2013 às 15:49

" "

Ótima explicação Valdir, valeu! Aliás, os benefícios que a Arena trará não se limitam apenas a impostos. A presença do estádio forçará os governos a investirem em transportes, segurança e saúde naquela região, o que trará uma consideral melhoria ao padrão de vida. Isto atrairá mais empresas, escolas e projetos para ZL, que passará a gerarmais dinheiro e empregos, o que será bom pra cidade inteira.

Enfim, felizmente a prefeitura de São Paulo teve o bom senso de deixar a opinião pública de lado e utilizar a Copa do Mundo para deixar uma herança boa à cidade!

Samu Zlsp #1 @samu.zlsp em 02/12/2013 às 16:06

Paga com os naming rights e pronto. A construtora antecipa esse dinheiro e abate no empréstimo, pode fazer a operação com a própria caixa.

Artur Neto #484 @artcorinthians em 02/12/2013 às 15:54

Extão amigo, é isso mesmo, o estádio vai fazer a coisa girar, quem ganha é a população, fora que os imóveis da região já estão supervalorizados, o bairro vai ser de Elite!


Abraço!

Valdir #158 @bilzao em 02/12/2013 às 15:29

" "

Cara isso não é bem assim...

O que os antis falam tanto de 'dinheiro publico' são os tais 'CIDs' da prefeitura.

Em tese o estádio do Corinthians custará 800 milhões, 400 milhões financiados pelo BNDES e nos vamos pagar e outros 400 milhões a prefeitura vai 'doar' através dos CIDs.

Esse negócio é complexo, mas pra simplificar o racional é o seguinte...

Tem um terreno lá em Itaquera, não tem nada, portanto a prefeitura não arrecada nada com isso... Se você construir um estádio lá, esse estádio passará a gerar impostos (ISS), então a prefeitura te da até 420 milhões de desconto nesses impostos e só depois que ultrapassar os 420 milhões você passa a pagar o ISS.

Só que esses impostos são dados através dos CIDs, por exemplo o Corinthians vai comprar tijolo, ao invés de pagar em dinheiro ele paga ao fabricante de tijolos em CIDs e esse fabricante deixa de pagar o ISS (é como se fosse um cheque que você deposita como dinheiro na sua conta, você pega o CID e paga o seu imposto).

Só que essa lei não vale apenas para o Corinthians, essa lei foi criada para desenvolver a Zona Leste de São Paulo, por exemplo se qq um aqui quiser abrir uma empresa na ZL e construir o predio da empresa lá na ZL, pode pedir para ter direito ao CID, assim como pode também solicitar um financiamento do BNDES.

Em resumo 'ganhamos' 420 milhões da prefeitura, mas qq empresa ganha isso.

Por outro lado, depois o estádio ira gerar milhões em impostos para a cidade que se deixassemos somente o terreno lá, esses impostos nunca seriam gerados para a cidade.

Aresilva Silva #713 @adelcio em 02/12/2013 às 15:53

Essa questão de dinheiro público é apenas balela da oposição (antis) a prefeitura deixa de arrecadar de imediato, mas recupera tudo mais adiante, todos os grandes empreendimentos deste país tem incentivos fiscais.

Diego Fares #1.187 @diego.fares em 02/12/2013 às 15:49

Ótima explicação Valdir, valeu! Aliás, os benefícios que a Arena trará não se limitam apenas a impostos. A presença do estádio forçará os governos a investirem em transportes, segurança e saúde naquela região, o que trará uma consideral melhoria ao padrão de vida. Isto atrairá mais empresas, escolas e projetos para ZL, que passará a gerarmais dinheiro e empregos, o que será bom pra cidade inteira.

Enfim, felizmente a prefeitura de São Paulo teve o bom senso de deixar a opinião pública de lado e utilizar a Copa do Mundo para deixar uma herança boa à cidade!

Valdir #158 @bilzao em 02/12/2013 às 15:29

" "

Cara isso não é bem assim...

O que os antis falam tanto de 'dinheiro publico' são os tais 'CIDs' da prefeitura.

Em tese o estádio do Corinthians custará 800 milhões, 400 milhões financiados pelo BNDES e nos vamos pagar e outros 400 milhões a prefeitura vai 'doar' através dos CIDs.

Esse negócio é complexo, mas pra simplificar o racional é o seguinte...

Tem um terreno lá em Itaquera, não tem nada, portanto a prefeitura não arrecada nada com isso... Se você construir um estádio lá, esse estádio passará a gerar impostos (ISS), então a prefeitura te da até 420 milhões de desconto nesses impostos e só depois que ultrapassar os 420 milhões você passa a pagar o ISS.

Só que esses impostos são dados através dos CIDs, por exemplo o Corinthians vai comprar tijolo, ao invés de pagar em dinheiro ele paga ao fabricante de tijolos em CIDs e esse fabricante deixa de pagar o ISS (é como se fosse um cheque que você deposita como dinheiro na sua conta, você pega o CID e paga o seu imposto).

Só que essa lei não vale apenas para o Corinthians, essa lei foi criada para desenvolver a Zona Leste de São Paulo, por exemplo se qq um aqui quiser abrir uma empresa na ZL e construir o predio da empresa lá na ZL, pode pedir para ter direito ao CID, assim como pode também solicitar um financiamento do BNDES.

Em resumo 'ganhamos' 420 milhões da prefeitura, mas qq empresa ganha isso.

Por outro lado, depois o estádio ira gerar milhões em impostos para a cidade que se deixassemos somente o terreno lá, esses impostos nunca seriam gerados para a cidade.

Brayan Luiz Souza De Lima @neguinfiel em 02/12/2013 às 15:48

Ai os anti pira...kkkkkkkkkkkkkk vai Corinthians!

Valdir F #158 @bilzao em 02/12/2013 às 15:42

Cara, não sei se da pra pagar em 4 anos.

Seria mais de 100 milhões por ano! Será que o estádio vai dar isso de lucro líquido (a manutenção desse estádio vai ser uma paulada).

Não sei se vocês gastam um tempo pra olhar o balancete que o Corinthians divulga no seu site, mas eu estava vendo que só esse ano por exemplo pagaram 30 milhões de juros a bancos.

30 milhões é quase um Pato...

Tudo bem, o clube esta dando lucro nos últimos 4 ou 5 anos, mas tem um monte de empréstimos pra ser pagos, e se já estamos pagando 30 milhões de juros, porque pagariam o estádio em 4 anos?

Essa promessa esta tipo promessa do Paulo Maluf, melhor não nos empolgarmos com isso.

Mas é claro... Se pagar vai sobrar 130 milhões a mais para investir no Futebol... Ai ninguém segura o Coringão! Kkkkk