A diretoria deve contratar jogadores que tenham espírito de equipe e não nomes midiáticos

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Webert #4.011 @webert.veloso em 07/08/2017 às 14:29

O Corinthians é um time de equipe, todos jogam pelo grupo e não pela promoção individualizada. É importante o cuidado nas contratações para não inflamar e mudar a forma coletiva que o Timão conquistou com o trabalho do Carille e seus comandados.

590 visualizações e 22 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 07/08/2017 às 14:31

Corinthians não tem estrelas;

Porém tem um elenco comprometido com o time.

Últimas respostas

Webert Veloso #4.011 @webert.veloso em 07/08/2017 às 22:25

Seu comentário é pertinente e respeito muitíssimo.

O Corinthians e sua torcida é o maior marketing que existe na terra. Os tÍtulos e os recordes elevam o clube e o mundo tem notícia da expressão de amor chamado CORINTHIANS. Não podemos perder a sensação de correspondência mútua que conquistamos.

Publicidade

Tiago Silva #110 @ticotimao10 em 07/08/2017 às 22:15

Concordo, pode até trazer nomes bem conhecidos mas que sabemos que sabem onde estão e que respeitem o time, por exemplo um Renato Augusto da vida. Não adianta trazer jogador estilo Guilherme que não vai dar certo nunca.

Tiago Pexe #486 @tiagopexe em 07/08/2017 às 22:08

Discordo.

Para o próximo ano, com o término de contrato de ziDanilo e Cristian, fora alguns jogadores como Jean e Lucca, que podem render caixa para o Timão, valeria a pena investir em algum nome de peso, mas que tenha ligação com o clube.

A questão é que o único jogador com essa característica é o Tevez.

Seria uma jogada de marketing, para atrair patrocinadores, contudo com essa diretoria acho muito difícil alguma empresa séria que queira ligar sua marca ao Timão.

Nosso maior reforço, ano que vem, será um presidente íntegro, um gestor competente, tipo Eduardo Bandeira de Mello, só um cara desse nível para ''salvar'' o Timão dessa crise financeira e ética.

Steve Suzuki #2.370 @steve.hanyu em 07/08/2017 às 20:59

Bastante relativo, se for pra vender camisas, pra vender internacionalmente,

Já que a diretoria fala que não temos dinheiro? Trabalhar ne marketing!

E que nem o dono do psg comprou o neymala por 500 mas vai vender os

Produtos dele pelo dobro!

Webert Veloso #4.011 @webert.veloso em 07/08/2017 às 17:58

Exato. A referência é sobre a atual equipe e era Carille.

Webert Veloso #4.011 @webert.veloso em 07/08/2017 às 17:42

Você lembrou bem, o Ronaldo é uma exceção e é um fenômeno.

Danilo #164 @thedanilo27 em 07/08/2017 às 17:36

" "

Esse negócio de jogador 'midiático' veio com o Ronaldo Fenômeno, que não podemos negar, deu muito certo e colocou o Timão em outro patamar. Dai para frente, só 'levamos na cabeça' (Roberto Carlos, Adriano Imperador e Pato). Não tem mais espaço para esse tipo de jogador no Corinthians de hoje.

Danilo Nogueira #164 @thedanilo27 em 07/08/2017 às 17:36

Esse negócio de jogador 'midiático' veio com o Ronaldo Fenômeno, que não podemos negar, deu muito certo e colocou o Timão em outro patamar. Dai para frente, só 'levamos na cabeça' (Roberto Carlos, Adriano Imperador e Pato). Não tem mais espaço para esse tipo de jogador no Corinthians de hoje.

Paulo Paulo Paulo #49 @paulo.52 em 07/08/2017 às 17:25

Exatamente! Mas vira e mexe neguinho por aqui pedindo medalhões. Sempre me posicionei contra (fui um dos poucos a recusar o maldito animal de penas). Desde 2007 nosso estilo é outro, mas galera não percebeu. Futebol mudou...

Chacal/sc Corinthians Paulista #105 @todo.poderoso.timao. em 07/08/2017 às 15:23

Perfeito...de preferência jogadores que estejam acostumados com o tipo de jogo do Timão. Peças pra fazer a engrenagem rodar ainda mais potente. Mas deixa com Carille, ele manja dos paranauê...

Cristiano S Gomes #908 @cristiano001 em 07/08/2017 às 15:16

Concordo, jogar no Timão é diferente, ainda bem que estamos bem até nisso, o Clayson foi indicação do Carille, e olha só no que deu... Se deixarmos nessa pegada não precisamos de estrelas pois o coletivo faz o individual se destacar!