Fórum do Corinthians

Quebra do tabu: Corinthians 2x0 Santos - 1968 (Relato)

Tópico Épico Entenda as regras
Foto do perfil de Flávia

Ranking: 4º

Flávia 17213 posts

Publicado no Fórum do Meu Timão em 03/03/2021 às 05:38
Por Flávia SCCP (@flavia.sccp)

Mais um pouquinho da história do nosso Coringão (:

Hoje de um jeito diferente, dessa vez é um relato de alguém que esteve lá...

Pacaembu,
06 de Março, 1968

Daqui a três dias, fazem exatamente 53 anos da quebra do tabu contra o Santos. Nós que vivíamos a seca por títulos e também com este incomodo tabu de 11 anos e 22 jogos sem vencer no Paulista contra eles. Mas, naquela noite de Quarta-feira, dia 06/03/1968, parecia que existia um ar diferente, para começar, o jogo passou na TV, algo que raro na época, o Timão entrou em campo com o uniforme número 2, camisas listradas de preto e branco. (Camisa linda...) Primeiro tempo apreensivo, mas conseguimos segurar bem o jogo. No Segundo tempo, aí sim veio a parte boa desse jogo, Paulo Borges, aos 13 minutos do 2° tempo numa bomba de fora da área abriu o placar, 1x0 Coringão. O Santos tentou uma reação, mas, neste dia o Timão estava muito seguro na defesa e aos 31 minutos, Flávio Minuano, marcou o segundo, fez 2x0 para o Corinthians, ou seja ''MATOU'' o jogo. Alegria total! No final do jogo os gritos da Fiel Torcida, que claro, era maioria absoluta no Pacaembu.'Uuuuuuuu, quebramos o tabu''! Kkkkkkk


Uma observação os dois gols foram feitos no gol do tobogã (na época existia ali uma concha acústica). Me lembro até hoje da escalação do Timão: Diogo - Osvaldo Cunha - Ditão - Luiz Carlos e Maciel - Édson e Rivellino - Buião - Paulo Borges - Flávio e Eduardo. -Técnico: lula.

Santos tinha na época um baita time que só de ouvir a escalação arrepiava viu? Cláudio - Carlos Alberto - Ramos Delgado - Joel e Rildo - Lima e Negreiros - Kaneko - Toninho Guerreiro - Pelé e Edu. Árbitro: O uruguaio Roberto Goycochea.
Mas, neste dia, deu Timão! Nós comemoramos muito, não ganhávamos títulos, mas eram partidas como esta que faziam a gente aumentar cada vez mais a nossa paixão! Eu tinha então 11 anos. Mas, como esquecer, hein? Impossível!


Demais, né? É muito louco a gente ouvir/ler histórias de torcedores que puderam vivenciar épocas e jogos do nosso Corinthians que NUNCA vimos.

Temos história, respeita!

Vai, Corinthians!

Esse relato é do nosso amigo aqui do Fórum: @francisco.marcondes

Sobre o jogador Flávio Minuano:

https://www.meutimao.com.br/idolos-do-corinthians/flavio_minuano Flávio Minuano, Ídolo do Corinthians Flávio Minuano, Ídolo do Corinthians Conheça a história de Flávio Almeida da Fonseca, o famoso Flávio Minuano, ídolo do Corinthians meutimao.com.br meutimao.com.br

Sobre o jogador Paulo Borges:

https://www.meutimao.com.br/jogador-do-corinthians/paulo-borges Paulo Borges, ex-jogador do Corinthians Paulo Borges, ex-jogador do Corinthians Paulo Luiz Borges, conhecido somente como Paulo Borges (Laranjais, 24 de dezembro de 1944) é um ex-jogador de futebol que atuou como atacante. Campeão e... meutimao.com.br meutimao.com.br

415 visualizações e 73 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Foto do perfil de Velho Vamp

Ranking: 1.231º

Velho 1966 posts

@lbs1910 em 03/03/2021 às 08:47

Daí pra frente só deu Corinthians

Foto do perfil de Osvaldo Santos Neto

Ranking: 3.278º

Osvaldo 702 posts

@osvaldo.santos.neto em 03/03/2021 às 06:56

Com certeza são jogos assim que aumentam nossa paixão por esse time.

Vai Corinthians!

Últimas respostas

Foto do perfil de Claudio Silva

Ranking: 11.257º

Claudio 88 posts

@claudio.silva27 em 04/03/2021 às 00:59

Eternamente Corinthians!

Vai Corinthians

Publicidade

Foto do perfil de Francisco Marcondes

Ranking: 748º

Francisco 3066 posts

@francisco.marcondes em 03/03/2021 às 17:37

Reparem na foto em que flávio minuano e paulo Borges estão juntos ao fundo aparece a famosa ''concha acústica''' que depois cedeu lugar ao tobogã, foi neste gol que o Timão com estes dois jogadores citados meteu 2x0 nas sardinhas...e a foto em que estão frente a frente nada mais nada menos que Pelé e rivellino...hein? Esta é pesada demais...carregou ai? Kkkkkkkk!

Foto do perfil de Eder Ottolini Balbani

Ranking: 548º

Eder 3974 posts

@ederbalbani em 03/03/2021 às 12:38

Nesse jogo eu estava lá. Para quem gosta da história do nosso Timão recomendo hoje o site abaixo do UOL, falando do Luizinho Pequeno Polegar

https://www.uol.com.br/esporte/reportagens-especiais/a-carreira-de-luizinho-o-pequeno-polegar-idolo-do-corinthians-/index.htm#cover Luizinho Pequeno Polegar: o primeiro ídolo 'debochado' do Corinthians Luizinho Pequeno Polegar: o primeiro ídolo 'debochado' do Corinthians Luizinho Pequeno Polegar tinha vergonha do passado como jogador e não confirmava lenda de que driblou palmeirense e esperou ele se levantar sentado na bola. uol.com.br uol.com.br

Especialmente para quebrar o tabu o Corinthians tinha contratado Paulo Borges e Buião.

Foto do perfil de Reinaldo Ferreira

Ranking: 766º

Reinaldo 3002 posts

@reizinho em 03/03/2021 às 12:11

Este é um pseudo tabu. Foram onze anos no campeonato paulista. Ganhamos dos sardinhas por quatro vezes no período pelo Torneio Rio-São Paulo. Eles ficaram sem ganhar de nós por sete anos em todos os jogos. O sardinha é o famoso Anão Praiano.

Foto do perfil de Alan Valentim Pereira

Ranking: 3.147º

Alan 736 posts

@alan.valentim.pereir em 03/03/2021 às 12:08

Sempre alegrando nossos dias relembro nossas histórias

Mais top sensacional

Parabéns

Foto do perfil de Edvaldo Fernandes

Edvaldo 40 posts

@nenogaviao em 03/03/2021 às 12:02

Quantas vezes você, torcedor Corinthiano, não se deparou com um velhinho santista dizendo que o time da Vila Belmiro ficou anos sem perder do Timão? Pois bem, como tudo que é divulgado sempre tem que favorecer alguém de certa forma – neste caso, não só o Santos, mas o Rei Pelé - com o time do povo não seria diferente, já que essa história de tabu sempre foi mal explicada.

No dia 6 de março de 1968 essa história teve seu capítulo final. Dois grandes jogadores escreveram seu nome no Corinthians nesta partida. Paulo Boges, que aos 13 minutos do segundo tempo fez a Fiel delirar com o primeiro gol, e Flávio que, com um toque do genial Rivellino, bateu firme e assegurou a vitória. O Coringão não vencia seu rival, em jogos pelo Paulistão, desde 3 de novembro de 1957, época na qual o alvinegro da capital conquistou a Taça dos Invictos ao garantir o empate de 3x3, no último minuto da partida. Esse mesmo jogo marcou a estréia de Pelé contra o Poderoso Timão. Depois disso, foram quase 11 anos sem ganhar, mais precisamente até o dia 10 de dezembro de 1967.

Foram 10 anos e um mês sem vitórias em Campeonatos Paulistas. Pressuponho que, quando falamos de tabu dentro do futebol nos referimos aos anos em que uma equipe não vence a outra. Neste caso, o tabu é distorcido e discorre uma inverdade, como se o Corinthians não tivesse ganhado outros jogos contra o Santos em outros campeonatos durante 11 anos – outra falácia, porque 10 é 10 e 11 é 11.

Para que não restem mais dúvidas, foi no dia 27 de março de 1958 que o Timão venceu o Santos por 2x1, pelo extinto torneiro Rio-São Paulo. Também em 21 de março de 1960, o Corinthians repetiu o placar, no mesmo campeonato no Estádio do Pacaembu. Em março de 1961, o time do Parque São Jorge bateu o Santos de Pelé mais uma vez, agora por 2x0, também pelo Rio-São Paulo. Enfim, o último triunfo aconteceu no dia 16 de junho de 1962, num jogo na querida Fazendinha – para os que dizem que o Corinthians nunca teve estádio – com o resultado de 3x1 sobre o time da Vila, pela Taça São Paulo.

Não podemos tirar os méritos do grande time que o Santos possuía na época, ao lado de outros elencos como o do Cruzeiro e Botafogo. Mas isso não significa que temos que aceitar uma distorção na história do clássico entre os alvinegros. Claro que, na década de 60 a mídia favorecia o time praiano, até porque o Rei Pelé se tornou um gênio do futebol mundial. Tudo não passou de uma estratégia para valorizar ainda mais as conquistas do nosso rival. Além de tudo isso que esclarecemos, o Corinthians começou o tabu santista, quando o timinho da Vila ficou desde o empate sem gols em 13 de junho de 1976 até 31 de julho de 1983 sem ganhar do Timão. Então quando algum torcedor santista vier contar historinhas, digam a eles que Pelé pode ser Rei, mas no dia 6 de março de1968, Paulo Borges foi Deus.

Foto do perfil de Sergio Negao

Ranking: 1.859º

Sergio 1350 posts

@sertimao em 03/03/2021 às 11:48

Muito bom que material histórico fantástico!

Foto do perfil de Fernando Alves De Souza Nasraui

Ranking: 1.880º

Fernando 1331 posts

@fernando.alves.de.s2 em 03/03/2021 às 09:24

Muito boa a? Cocriação? !
A chama de nossos feitos são sempre bons de serem relembrados.
Muita gente não faz ideia que isso aconteceu.
Que o Pelé castigou a gente por tanto tempo.
Muito legal mesmo o relato e o tópico!

Foto do perfil de Calebe Dos Santos

Ranking: 1.208º

Calebe 2010 posts

@calebe.dos.santos em 03/03/2021 às 09:23

Corinthians grande!

Foto do perfil de Alexandre Marco Silva Fidelis

Ranking: 1.024º

Alexandre 2322 posts

@alexandre.marco.silv em 03/03/2021 às 09:02

Muito legal. Forma é conteúdo. Parabéns.

x