Fórum do Corinthians

Naming Rights e Tevez no Corinthians? Nicola explica

Tópico popular Entenda as regras
Foto do perfil de Guilherme

Ranking: 3.800º

Guilherme 512 posts

@guilherme.ferre em 15/03/2016 às 17:05

Confira o papo que o Paixão Maloqueira teve com Jorge Nicola sobre as novidades:


Paixão Maloqueira: Nicola, vamos primeiramente aos Naming Rights: a que pé anda essa novela? Essa nova empresa que se interessou está mesmo encaminhada?


Jorge Nicola: De acordo com o Corinthians, de forma extraoficial, já existe um acerto com essa empresa, em termos de valores e tempo de contrato. O valor eu não posso cravar, mas seria algo entre R$ 340 milhões por um contrato de 20 anos. Essa empresa que está adquirindo os Naming Rights é um fundo financeiro internacional americano/inglês. Não dá para divulgar o nome ainda, pois nem mesmo o Corinthians sabe o nome que será utilizado. A ideia desse fundo é, depois do acerto, revender as propriedades que ele está adquirindo. Por exemplo, revender os Naming Rights para alguma empresa interessada e revender o patrocínio máster no peito e nas costas, que também é uma negociação paralela que agregará valor a esses 340 milhões. Por isso não é possível cravar agora qual é o valor total dessa negociação. Existe também a negociação para a aquisição do Fiel Torcedor, o programa de sócio-torcedor do Corinthians.


Paixão Maloqueira: Podemos ter alguma prévia de acerto? Ambos os lados têm pressa?


Jorge Nicola: O Corinthians tem muita pressa. Desde 26 de fevereiro, o Corinthians não tem patrocínio máster. Com isso, restam apenas dois meses de fôlego para não passar dificuldades e não passar por um déficit para pagar o salário de jogadores. O fundo que administra e paga as contas do estádio também está sem dinheiro, por isso essa pressa.

O Corinthians justifica a demora em anunciar por se tratar de um contrato de 20 anos, com mais de 200 páginas, com vários quesitos. Então, nesse momento o que impede o anúncio são detalhes burocráticos que o departamento jurídico corintiano trabalha para agilizar.


Paixão Maloqueira: Qual o posicionamento da diretoria corintiana? A proposta agrada ou o desespero é tão grande que estão aceitando qualquer coisa?


Jorge Nicola: A ideia inicial do Corinthians era fechar em torno de R$ 400 milhões. O mercado mostrou para o Corinthians que este valor era inviável. Mas a proposta agrada, pois esse fundo financeiro não está interessado a adquirir somente os Naming Rights. O pacote inclui o Fiel Torcedor, o patrocínio máster e a contratação de um grande jogador, por isso o Corinthians está bem satisfeito com essa negociação.


Paixão Maloqueira: Essa parceira promete ajudar com um reforço de peso ainda nessa temporada. Como foi essa conversa?


Jorge Nicola: Vamos lá: por que a negociação de um grande reforço? Nesse projeto que esse fundo financeiro fez, como ele está adquirindo todas as propriedades, quanto mais barulho ele for capaz de fazer, crescem as chances de o Fiel Torcedor ganhar novos adeptos e o nome do estádio ser falado, além de aumentar a exposição das marcas expostas na camisa. Por isso, eles entendem que há a necessidade de contratar um grande jogador, alguém que chegue pra fazer barulho.


Paixão Maloqueira: E esse grande jogador tem nome?


Jorge Nicola: Não posso dizer que é o fundo financeiro que imagina esse nome, mas, a partir de depoimentos que eu colho desde o ano passado, o jogador dos sonhos do Corinthians é Tevez. O próprio Emerson Piovezan (diretor financeiro do Corinthians) já disse em entrevista ao Bate-Bola Debate no ano passado que o Corinthians se planejava para ter o Tevez em 2016. Não poderia ser no início do ano, pois o Corinthians ainda vivia pequenas dificuldades financeiras e o contrato do Tevez com o Boca também impedia, mas, a partir de julho, ele estará “disponível” no mercado. A situação do Tevez no Boca também não é das melhores, ele tem contrato até dezembro, mas o time vai mal e o atacante é muito cobrado por ser o grande astro. Não é um jogador dos mais caros. Se o Corinthians quiser esperar até dezembro, pega um jogador livre; se o Corinthians quiser contratá-lo antes, terá que conversar com o Boca. Hoje ele ganha R$ 750mil por mês na Argentina, menos, inclusive, do que o Corinthians paga pelo Alexandre Pato.



Por hoje é só, bando de loucos! Fiquem na torcida para essas novidades, afinal, que corintiano não quer ver Carlitos vestindo o manto novamente?

_______________________________________________________

Obs: estou deixando aqui a entrevista na qual saiu esse burburinha de NR e Tevez. Não estou aqui para confirmar nada, apenas a título de análise para os interessados.

Só acredito quando a placa do comprador estiver lá na fachada da Nossa Meca, caso contrário, é só bafafá!

Segue o link http://espnfc.espn.uol.com.br/corinthians/paixao-maloqueira/8249-naming-rights-e-tevez-no-corinthians-nicola-explica Naming Rights e Tevez no Corinthians? Nicola explica | ESPN FC - O site que veste a camisa Naming Rights e Tevez no Corinthians? Nicola explica | ESPN FC - O site que veste a camisa espnfc.espn.uol.com.br

VAI CORITHIANS

1.767 visualizações e 43 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Foto do perfil de Valdir F

Ranking: 179º

Valdir 8012 posts

@bilzao em 15/03/2016 às 18:50

Esse Jorge Nicola é o rei da barrigada, não acerta uma!

Últimas respostas

Foto do perfil de Osvaldo

Ranking: 11º

Osvaldo 34914 posts

@osvaldoneto em 15/03/2016 às 21:10

Vamos ver o que vai dar

Publicidade

Foto do perfil de Fabinho Headbanger

Ranking: 253º

Fabinho 6330 posts

@biozzy em 15/03/2016 às 20:03

Nem me preocupo mais referente ao N.R.

Mas de ver falando em adquirir o F.T e dar um pé na bunda da OMNI já é um ótimo começo kkkkkk

Foto do perfil de Francisco Jr. Silva

Ranking: 106º

Francisco 10795 posts

@francisco.jr.silva em 15/03/2016 às 20:00

Como mentem nesse assunto hem, parece que ninguém sabe nada.

Foto do perfil de Antenor Neto

Ranking: 322º

Antenor 5517 posts

@antenor em 15/03/2016 às 19:59

As informações estão batendo.

Vejam meu tópico de 26 de fevereiro...


@antenor em 26/02/2016 às 17:36
Acabei de vir de um almoço com um Diretor do Corinthians. Diretor mesmo.

Tudo o que se especula sobre um grupo estrangeiro procede.

O pacote engloba NR, Camisa e FT.

Resumindo a coisa vai funcionar da seguinte maneira...

Na verdade esse grupo comprara o direito de negociar os nomes (arena e camisa)

Segundo ele será um negócio fantastico para o Corinthians pois além do preço fixo acertado teremos participação nos lucros.

Ainda segundo ele já esta tudo assinado e estão esperando apenas toda documentação da desistencia da Caixa pois a mesma tinha prioridade de patrocínio.

Grande abraço.

Vai Corinthians.

Foto do perfil de Leury Cavalcante

Ranking: 302º

Leury 5695 posts

@jacaa em 15/03/2016 às 19:56

Vamos aguardar isso ai, mas seria uma ótima esse pacote todo

Foto do perfil de Anderson Bp

Ranking: 167º

Anderson 8320 posts

@mazzafiel em 15/03/2016 às 19:52

Sou Fiel Torcedor, independente de qualquer situação! #SejaumFielTorcedor, vamos ajudar o Corinthians!

Foto do perfil de Luis Fernando

Ranking: 1.076º

Luis 2060 posts

@luis.fernando.10 em 15/03/2016 às 19:45

Furada

Foto do perfil de Domingos  Sávio

Ranking: 293º

Domingos 5781 posts

@alanbik em 15/03/2016 às 19:29

As pessoas que só falam a verdade: Nicola, Chico Lang, Neto e Lula.

Foto do perfil de Iago Rodrigues Barreto

Ranking: 5.305º

Iago 312 posts

@coerente em 15/03/2016 às 19:25

Engraçado que o Pascoal da fox disse seriam 350 milhões por 15 anos e mais 140 milhões por patrocínio master por 10 anos. Cada um fala uma coisa diferente, essa situação já passou do ridículo.

Foto do perfil de Murilo César S. Silva

Ranking: 1.282º

Murilo 1754 posts

@murilo.cesar.s.silva em 15/03/2016 às 19:24

Por quê a entrevista com o Jorge Nicola? Ele pertence a diretoria? Não. É somente mais um jornalista que fica caçando informações de um lado e de outro e junta tudo. Já errou diversas vezes. Perigoso, depois que acertar ficar se vangloriando.

A melhor coisa a fazer é esquecer essa história de NR. De repente, assim sai de vez.