A história de jean o irmão de jô

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Jaqueline #44 @jaqueline.alves1 em 10/10/2017 às 10:39

A história de jean o irmão de jô

Irmão falecido de Jô começou no Corinthians e tinha o mesmo estilo do centroavante

Há fotos de Jô espalhadas por quase todos os cômodos na casa de Dario e Tânia, pais do atacante: com as camisas de Corinthians, Atlético-MG, Manchester City e, claro, Seleção Brasileira. Há também pastas com fotografias antigas e recortes de jornais, troféus, medalhas, ingressos de jogos em que ele atuou e até um fax impresso com sua primeira convocação pendurado na parede.
Em pouquíssimo volume, mas guardadas com saudade, estão as recordações sobre a curta carreira de outro jogador da família: Jean, o filho mais velho do casal, que faleceu há 15 anos.
Na descrição de quem conheceu Jean, ele era como Jô: alto (tinha quase 1,90 m), magro e com passada larga. Cria do terrão, surgiu como ponta-direita. Mais tarde, virou zagueiro.
No Corinthians, fez parte da geração nascida em 1981 que teve em Ewerthon, atacante campeão paulista em 2001, seu maior nome. O grande parceiro na primeira passagem, na equipe dente de leite (entre 10 e 11 anos), foi o ex-volante Rodrigo Pontes, que esteve no profissional entre 1999 e 2002.
– Ele não teve a mesma sorte que Alvinho – afirma seu Dario, em visita do GloboEsporte.com.
Alvinho, como é conhecido Jô na intimidade de sua família, tinha no irmão cinco anos mais velho um espelho. Um acidente automobilístico aos 20 anos, porém, interrompeu a carreira de Jean.
– Perdi um companheiro de vida, que me tratava como um filho, já que ele se preocupava muito comigo. Foram momentos difíceis. Depois que ele faleceu, só fortaleceu a minha vida. Está sempre em minhas orações, nos meus pedidos antes das partidas. Sempre peço a ele e isso me dá uma força a mais para poder fazer meu melhor. Todas as coisas boas que conquistei no futebol foram dedicando a Deus e a ele, consequentemente – disse Jô, sobre o irmão, em 2013.

Na descrição de quem conheceu Jean, ele era como Jô: alto (tinha quase 1,90 m), magro e com passada larga. Cria do terrão, surgiu como ponta-direita. Mais tarde, virou zagueiro.
No Corinthians, fez parte da geração nascida em 1981 que teve em Ewerthon, atacante campeão paulista em 2001, seu maior nome. O grande parceiro na primeira passagem, na equipe dente de leite (entre 10 e 11 anos), foi o ex-volante Rodrigo Pontes, que esteve no profissional entre 1999 e 2002.
Quem me fez entrar no Corinthians foi o pai deles, a quem sou muito grato. Nosso início de trajetória foi igual, fomos muito amigos. Ele acabou saindo cedo do Corinthians, mas achei que íamos nos encontrar mais na frente, o que acabou não acontecendo pelo acidente. Antes do Jô, Jean era a bola da vez da família. Quando ele saiu, acabou rodando por clubes de menos expressão e o foco maior passou a ser o Jô, que começava no clube – conta Rodrigo Pontes.
A saída do Corinthians foi bastante marcante para Jean. Considerado franzino demais pelo treinador, não foi inscrito num campeonato ao lado dos amigos e se abateu. O pai, que tentou ser jogador de futebol antes de virar taxista, levou o garoto para fazer avaliações em outros times. Por alguns anos, rodou por clubes como Juventus, Santo André, Lemense e Portuguesa Santista.
Se o sucesso não vinha com a rapidez esperada nos gramados oficiais, na várzea, Jean se destacava. Na Cohab Teotônio Vilela, em Sapopemba, na Zona Leste de São Paulo, vestia as cores do 45 FC.
No início dos anos 2000, a cidade de Leme, no interior de São Paulo, foi o destino de Jean. Por lá, trabalhou com Marcelo Veiga, que, na época, iniciava a sua carreira como treinador.
– Jean tinha um estilo bem parecido com o do Jô, era alto, um jogador de referência. Chegou ao clube como atacante e tinha boa técnica, achava que teria um futuro legal. Uma pena a morte precoce, era um baita moleque – recorda-se Veiga.
Magoado com o Corinthians por não ter sido bem aproveitado no início, Jean ainda voltaria ao Timão. Mas não como atacante. Em 2001, defendendo a Portuguesa Santista, fez um jogo improvisado como zagueiro contra o Flamengo de Guarulhos, marcou um gol e se destacou.
Nas arquibancadas, olheiros do Corinthians se interessaram pelo beque. E se surpreenderam ao saber que aquele era 'o irmão do Jô', garoto que já despontava na base alvinegra.
– Vocês não quiseram ele quando era de graça, agora vão ter que pagar – disse seu Dario aos olheiros, ciente que o filho torcedor do São Paulo ainda não havia superado a forma como havia sido descartado no Parque São Jorge.
O acordo foi fechado e um contrato de uma temporada acabou firmado para que ele atuasse pelo Corinthians B, time que havia sido criado um ano antes para disputar as divisões de acesso do Paulistão e dar rodagem a jovens atletas.
Em 2002, com Jean, a disputa era pela série B-2 (a Quinta Divisão do futebol paulista, na época). Um problema no púbis e situações extracampo atrapalharam sua sequência nos primeiros meses.
– O time teve um problema com o treinador que recebia propina para escalar outro atleta, e Jean quase não jogou. Às vezes, o Corinthians B fazia jogo-treino contra quem não estava atuando no time principal. Ele anulou aquele El Tanque (Santiago Silva) num treino. E teve uma vez que fizeram um jogo contra o juvenil, que já tinha o Jô. O moleque deu trabalho para o irmão – lembra-se o pai.
Para a família, ter dois filhos no Corinthians, time em que seu Dario jogou na base nos anos 60 ao lado de Wladimir, era um motivo de enorme alegria. Em 10 de agosto de 2002, porém, um acidente fatal colocou fim nos sonhos de vê-los juntos no profissional. Ao voltar de uma festa dirigindo, de madrugada, Jean bateu seu Fiat Uno na Avenida Aricanduva, na Zona Leste, e faleceu por conta da fratura no pescoço. Os três amigos que estavam com ele no carro sobreviveram.
A família soube da morte de Jean na manhã de sábado, enquanto Jô se preparava para enfrentar o Mogi Mirim, pelo time juvenil. O enterro aconteceu no domingo, Dia dos Pais.
– Jô era novo, não entendeu direito ali as consequências de tudo aquilo. Com o tempo foi sentindo mais. Hoje, sempre fala do exemplo que tinha no irmão. Jean era um cara muito família, agarrado no pai e na mãe. No futebol, foi um lutador – diz o pai.
Rodrigo Pontes guarda até hoje na memória as palavras ditas pela avó dos amigos durante o dia de sábado, quando correu para a casa da família para ampará-los naquele difícil momento.
Menos de um ano depois, em 19 de julho de 2003, Jô se tornou o jogador mais jovem a vestir a camisa do Corinthians num jogo profissional, na vitória por 1 a 0 sobre o Guarani, no Brasileirão. Tinha 16 anos, três meses e 29 dias. Em 24 agosto daquele ano, virou também o jogador mais precoce a marcar um gol, ao deixar o dele na vitória por 3 a 1 sobre o Internacional. Vendido ao CSKA da Rússia, em 2005, voltou neste ano para se tornar o artilheiro do time na temporada, com 20 gols.

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/irmao-falecido-de-jo-comecou-no-corinthians-e-tinha-o-mesmo-estilo-do-centroavante.ghtml Irmão falecido de Jô começou no Corinthians e tinha o mesmo estilo do centroavante | corinthians |... Irmão falecido de Jô começou no Corinthians e tinha o mesmo estilo do centroavante | corinthians |... Conheça a história de Jean, que apareceu na base do Timão, rodou pelo interior e teve a vida interrompida em um acidente de trânsito globoesporte.globo.comgloboesporte.globo.com

875 visualizações e 6 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Últimas respostas

Danilo Cardoso Pereira #1.390 @daniloksccp em 10/10/2017 às 15:31

Boa tarde, pensando em um método simples de visibilidade é claro que as redes sociais tendem a crescer como opções de investimento.

Pensando nisto, de certos dias para cá resolvi entrar no canal do Youtube do Corinthians e na página do Facebook para distribuir likes entre postagens e vídeos.

Acredito que nem todos tem a disponibilidade (tempo) e a paciência para isto, mas resolvi fazer isto 1x por semana e creio que muita gente aqui pode também.

Eu acesso um dos links:

- https://www.youtube.com/user/corinthiansoficial/videos Corinthians TV - YouTube Corinthians TV - YouTube Canal oficial do Sport Club Corinthians Paulista. youtube.comyoutube.com

- https://www.facebook.com/corinthians SC Corinthians Paulista - Home | Facebook SC Corinthians Paulista - Home | Facebook SC Corinthians Paulista, São Paulo, Brazil. 11,529,105 likes · 452,793 talking about this. Página oficial do Sport Club Corinthians Paulista... facebook.comfacebook.com

... E saio curtindo tudo, mesmo que as vezes eu não consiga ver tudo.

Para quem acompanha o site, o Corinthians acaba de fechar com Ayra Motors contrato como primeira patrocinadora do programa pré-jogo da Corinthians TV.

De like em like, se expõe mais a marca, mostra que o Corinthians gera visibilidade e consequentemente abre-se a possibilidade para novos patrocínios.

#VAICORINTHIANS

Thiago Merlotti #5.083 @thiago.merlotti em 10/10/2017 às 13:53

Excelente matéria, e parecia ser um puta dum 'negão' zagueiro, ZAGUEIRO. Uma pena não terem tido a oportunidade de jogarem juntos no profissional, às vezes a vida prega peças que não conseguimos entender, nos resta aceitar e tocar infelizmente.

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 10/10/2017 às 12:08

Infelizmente a vida não é feita somente de dias bons.

Porém temos ter sempre a esperança de dias melhores.

Jaqueline #44 @jaqueline.alves1 em 10/10/2017 às 11:02

" "

Pena que ele teve sua trajetória interrompida, mas até numa história triste dessa a gente pode observar que desde os primórdios a base já era corrupta.Nesse trecho'? O time teve um problema com o treinador que recebia propina para escalar outro atleta, e Jean quase não jogou'. E nessa outra vemos de novo erro de gestão ' A saída do Corinthians foi bastante marcante para Jean. Considerado franzino demais pelo treinador, não foi inscrito num campeonato ao lado dos amigos e se abateu'.Em 2001, defendendo a Portuguesa Santista, fez um jogo improvisado como zagueiro contra o Flamengo de Guarulhos, marcou um gol e se destacou.

Nas arquibancadas, olheiros do Corinthians se interessaram pelo beque. E se surpreenderam ao saber que aquele era 'o irmão do Jô', garoto que já despontava na base alvinegra.

? Vocês não quiseram ele quando era de graça, agora vão ter que pagar? Disse seu Dario aos olheiros, ciente que o filho torcedor do São Paulo ainda não havia superado a forma como havia sido descartado no Parque São Jorge.

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 10/10/2017 às 12:08

Nossa que história triste,

Jaqueline Alves #44 @jaqueline.alves1 em 10/10/2017 às 11:02

Pena que ele teve sua trajetória interrompida, mas até numa história triste dessa a gente pode observar que desde os primórdios a base já era corrupta.Nesse trecho'? O time teve um problema com o treinador que recebia propina para escalar outro atleta, e Jean quase não jogou'. E nessa outra vemos de novo erro de gestão ' A saída do Corinthians foi bastante marcante para Jean. Considerado franzino demais pelo treinador, não foi inscrito num campeonato ao lado dos amigos e se abateu'.Em 2001, defendendo a Portuguesa Santista, fez um jogo improvisado como zagueiro contra o Flamengo de Guarulhos, marcou um gol e se destacou.

Nas arquibancadas, olheiros do Corinthians se interessaram pelo beque. E se surpreenderam ao saber que aquele era 'o irmão do Jô', garoto que já despontava na base alvinegra.

? Vocês não quiseram ele quando era de graça, agora vão ter que pagar? Disse seu Dario aos olheiros, ciente que o filho torcedor do São Paulo ainda não havia superado a forma como havia sido descartado no Parque São Jorge.

Veja mais tópicos do fórum do Meu Timão

  • Avatar de Mestre do futebol

    Pedrinho é a chance de pagarmos uma parte boa da Arena

    Última resposta 3 segundos por Danilo Gabriel que tem 2.425 posts no fórum

    9respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Lendário
    Avatar de Edinilson Domingues Cará

    Realmente somos gigantes e diferentes. Até FIFA se rende...

    Última resposta 12 segundos por Junior Peres que tem 4.683 posts no fórum

    40respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Épico
    Avatar de Rafael Souza

    Calando um palmeirense

    Última resposta 35 segundos por All Colatra que tem 11.387 posts no fórum

    12respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de Cabra da pexte

    Vamos plantar árvores ou organizar alguma campanha útil?

    Última resposta 1 minuto por Alan Gomes que tem 483 posts no fórum

    2respostas

    acessar o tópico
  • Tópico popular
    Avatar de Spilindrapo Timão

    Luan do Grêmio

    Última resposta 1 minuto por Gerald Gomez que tem 4.062 posts no fórum

    25respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de Francisco Alex Souza Rodrigues

    Assistindo todos os gols de Romero

    Última resposta 2 minutos por Ricky Roma que tem 1.036 posts no fórum

    1resposta

    acessar o tópico
  • Avatar de Felipe King

    Eu Amo Muito o Corinthians! Palavras de Vagner Love o Artilheiro do Timão...

    Última resposta 2 minutos por Paulo Cézar GONSALLES que tem 671 posts no fórum

    7respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Lendário
    Avatar de Lucas Henrique Silva Horta

    Imagina se o Love termina como artilheiro? !

    Última resposta 2 minutos por Primojunior Farias que tem 109 posts no fórum

    50respostas

    acessar o tópico
  • Tópico Lendário
    Avatar de Carlos Dal Ponte

    Cássio muito triste

    Última resposta 2 minutos por Lucas Henrique Silva Horta que tem 5 posts no fórum

    57respostas

    acessar o tópico
  • Avatar de Marcos Roberto dos Santos

    Se ganhar sul-americana podemos enfrentar o Chelsea

    Última resposta 3 minutos por Christian Moreira que tem 300 posts no fórum

    8respostas

    acessar o tópico