"Não devemos copiar o futebol europeu"

Fórum do Corinthians

Edson #8.063 @edsonjr em 09/09/2019 às 14:23

Saiu há algumas horas no Twitter um dado a respeito das cotas de TV pagas aos principais clubes da Europa, segue o link de uma matéria na espn:

https://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/6050124/com-premier-league-em-peso-veja-o-ranking-dos-20-clubes-que-mais-faturam-com-tv-na-europa Com Premier League em peso, veja o ranking dos 20 clubes que mais faturam com TV na Europa Com Premier League em peso, veja o ranking dos 20 clubes que mais faturam com TV na Europa Liverpool foi o primeiro da lista totalmente dominado por clubes ingleses espn.com.br

Para quem tiver preguiça de ler, 'os clubes da primeira divisão da Inglaterra na última temporada receberam, em média, 123 milhões de libras (R$ 619 milhões) de distribuição de verba de TV.'

Mas, para muitos aqui no Brasil, só ser futebol 'raiz', ter dirigentes que brigam para ver quem é o mais incompetente e só pensam em seus próprios bolsos, que são contrários aos formatos clube-empresa e a ligas independentes é o suficiente para ter alto nível.

Dai depois perguntam porque ficamos cada vez mais atrás dos europeus.

E antes que alguém venha me dizer que só dinheiro não garante futebol, os clubes que mais ganharam dinheiro foram os ingleses e, não por coincidência, a final da UCL foi Tottenham x Liverpool e a final da Europa League foi Chelsea x Arsenal. Ou seja, todos ingleses nas principais competições internacionais.

Isso claro, sem contar que o melhor jogador da Europa (prêmio dado semana passada) é um zagueiro inglês. O melhor goleiro da Europa, joga na Inglaterra e por ai vai...

Querem fazer um bolão para arriscar quando eles ganham uma Copa do Mundo?

415 visualizações e 19 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Últimas respostas

Edson Junior #8.063 @edsonjr em 12/09/2019 às 20:37

Então, a questão de valorização do próprio campeonato é o primeiro e mais importante passo que o Brasil deveria realizar. Precisa mesmo.

Na sua pergunta, o que veio primeiro, campeonato forte ou dinheiro externo, na Inglaterra, respondo que o campeonato forte veio primeiro.

Claro que o Chelsea e City são exceções (Possuem donos bilionários que injetam dinheiro no clube), mas, veja o exemplo do Tottenham:

Contrataram o Dele Alli por 6,6 milhões (de euro, claro) em 2015. Não pagaram nada pelo Harry Kane, promovido e lapidado desde 2010. Toby Alderwereild, pagou 16 Milhões em 2015. Eriksen, 13 Milhões em 2013. Kyle Walker por 5,9 Milhões em 2009.

Todos esses jogadores são titulares incontestáveis de seus clubes e seleções. Hoje, juntos valem: 456 Milhões de euros.

A pergunta é, o Tottenham vai vende-los? Não vai (o Walker já foi na verdade), porque não precisa vender, afinal, já tem dinheiro vindo, principalmente da TV.

Agora, some esse aos casos do Liverpool, Everton, Leicester...

O dinheiro veio depois, veio por causa da tradição inglesa, por causa do 'Homegrown Player Rule', por causa da organização da liga.

E agora, mais times se inspiram nessa ideia, o que vai tornar o campeonato mais rico e mais valorizado.

Doutor #808 @doutor.corinthians em 12/09/2019 às 17:58

" " Não, o que eu quis dizer é que quando o Corinthians vai negociar com um jogador de fora, o valor arbitrado é dólar ou euro. E aí é impossível concorrer com um clube chinês ou árabe, imagina europeu? A MSI pagou 16 milhões de dólares no Tevez, ganhou do mercado europeu. Só que hoje 16 milhões de dólares é equivalente a cerca de 35% da arrecadação de TV do Corinthians, se o câmbio volta pra 1 dólar pra cada 2,50, a capacidade de investimento do clube dobra, por isso hoje os clubes brasileiros não tem a mínima condição de concorrer com mercados externos. Aí vamos chegar na questões, a liga inglesa é a mais rica do mundo porque contrata os melhores jogadores ou contrata os melhores jogadores porque é a mais rica do mundo? Quando o futebol brasileiro tiver a capacidade de reter seus jogadores, aí meu amigo, o Brasileirao vai ser a liga que mais arrecada. Mas isso passa pela situação do país.

Publicidade

Vagner Silva #36 @vagner.silva13 em 12/09/2019 às 18:44

Futebol está evoluindo

edson #8063 @edsonjr em 12/09/2019 às 17:40

" "

Exatamente, estão criando uma disparidade entre eles e os próprios europeus. Em matéria de cotas de TV, só dois times conseguem bater de frente

Doutor Corinthians #808 @doutor.corinthians em 12/09/2019 às 17:58

Não, o que eu quis dizer é que quando o Corinthians vai negociar com um jogador de fora, o valor arbitrado é dólar ou euro. E aí é impossível concorrer com um clube chinês ou árabe, imagina europeu? A MSI pagou 16 milhões de dólares no Tevez, ganhou do mercado europeu. Só que hoje 16 milhões de dólares é equivalente a cerca de 35% da arrecadação de TV do Corinthians, se o câmbio volta pra 1 dólar pra cada 2,50, a capacidade de investimento do clube dobra, por isso hoje os clubes brasileiros não tem a mínima condição de concorrer com mercados externos. Aí vamos chegar na questões, a liga inglesa é a mais rica do mundo porque contrata os melhores jogadores ou contrata os melhores jogadores porque é a mais rica do mundo? Quando o futebol brasileiro tiver a capacidade de reter seus jogadores, aí meu amigo, o Brasileirao vai ser a liga que mais arrecada. Mas isso passa pela situação do país.

edson #8063 @edsonjr em 12/09/2019 às 17:45

" "

Não sei se entendi sua colocação, mas algo que sei é que o Corinthians não faz suas negociações em dólares, faz em reais mesmo (Digo em relação a multas e salário de jogadores). Acho que esse já seria um grande avanço começar a fazer assim talvez prevenisse o time dessas variações de cambio.

Mas, o meu ponto mesmo, não é só o faturamento de times e sim da liga como um todo, os caras na Inglaterra ganham muita grana, não somente um ou outro time, todos (Claro que naturalmente existem diferenças). Quando o Corinthians tinha o que tinha em 2013, foi mérito próprio, alheio as condições dos outros clubes do país, assim como outros começam a ter hoje em dia e podem vir a não ter mais no futuro.

Se o Campeonato Brasileiro fosse um negócio extremamente lucrativo, isso começaria a diminuir.

Edson Junior #8.063 @edsonjr em 12/09/2019 às 17:45

Não sei se entendi sua colocação, mas algo que sei é que o Corinthians não faz suas negociações em dólares, faz em reais mesmo (Digo em relação a multas e salário de jogadores). Acho que esse já seria um grande avanço começar a fazer assim talvez prevenisse o time dessas variações de cambio.

Mas, o meu ponto mesmo, não é só o faturamento de times e sim da liga como um todo, os caras na Inglaterra ganham muita grana, não somente um ou outro time, todos (Claro que naturalmente existem diferenças). Quando o Corinthians tinha o que tinha em 2013, foi mérito próprio, alheio as condições dos outros clubes do país, assim como outros começam a ter hoje em dia e podem vir a não ter mais no futuro.

Se o Campeonato Brasileiro fosse um negócio extremamente lucrativo, isso começaria a diminuir.

Doutor #808 @doutor.corinthians em 12/09/2019 às 13:32

" " Cara, não possuem faturamento acima da média inglesa. Entenda uma coisa, o dólar é a moeda mundial para transação, qualquer transação entre países é arbitrada em dólar. Quando você converte o faturamento do Corinthians em dólar, é o faturamento da segunda divisão da Inglaterra. Quando a economia do Brasil ia bem, o Corinthians comprou Pato, Gil, Guerrero, Renato Augusto, etc, só aí tem 50 milhões de dólares em investimento. Quando a economia vai mal, o que da pra comprar é jogador de mercado interno, aí chega os Sornozas da vida.

Edson Junior #8.063 @edsonjr em 12/09/2019 às 17:40

Exatamente, estão criando uma disparidade entre eles e os próprios europeus. Em matéria de cotas de TV, só dois times conseguem bater de frente

Vagner #36 @vagner.silva13 em 12/09/2019 às 13:18

" "

Eles estão evoluindo a cada dia que passa, e estão sempre buscando grandes técnicos, cada dia que passa estão centralizando mais o futebol para eles

Murilo Augusto Ribeiro #1.468 @murilo.augusto.ribei em 12/09/2019 às 13:44

Antes que alguém diga que você está errado, só dois dados que comprovam a melhora do futebol europeu e como estamos ficando atrasados

Desde 2002 apenas europeus Ganharam a copa do mundo (sendo Que três das 4 delas foram finais europeias)

Desde 2002 o Brasil não disputa uma final de copa do mundo, se não chegar na copa de 2022, vai ser o maior jejum da história do futebol brasileiro (O atual é de 24 anos, 70-94)

Tá na hora de parar de mimimi raiz e acordar né?

Adriel Camargo #6.598 @driid em 12/09/2019 às 13:36

Caramba estava lendo os comentários parecia aula de economia da faculdade povo e mo esperto

Fernando Silva Teixeira #372 @fst141910 em 12/09/2019 às 13:34

Beleza, mais a Champions por exemplo, passa no mundo todo, até no Japão... Futebol Brasileiro não...

Champions é uma final conhecida mundialmente, até a Uefa Europe League... A Libertadores não é, só passa aqui na América do Sul mesmo, não tem tanta audiência mundial, sem contar a SulAmerica...

Ai porque os caras tem mais cota de TV do que a gente?

Por conta dos jogadores... Todos nós gostamos de ver craques jogando bola, jogadores de alto nível, que atuam por suas seleções...

Não adianta a 'Diretoria' querer cobrar mais de uma 'globosta' por exemplo, sendo que não vai dar em nada, os campeonatos aqui da América do Sul, não só o Brasileiro, mais todos, são pouco visíveis fora daqui, poucos dão importância ou ligam...

Doutor Corinthians #808 @doutor.corinthians em 12/09/2019 às 13:32

Cara, não possuem faturamento acima da média inglesa. Entenda uma coisa, o dólar é a moeda mundial para transação, qualquer transação entre países é arbitrada em dólar. Quando você converte o faturamento do Corinthians em dólar, é o faturamento da segunda divisão da Inglaterra. Quando a economia do Brasil ia bem, o Corinthians comprou Pato, Gil, Guerrero, Renato Augusto, etc, só aí tem 50 milhões de dólares em investimento. Quando a economia vai mal, o que da pra comprar é jogador de mercado interno, aí chega os Sornozas da vida.

edson #8063 @edsonjr em 12/09/2019 às 13:13

" "

Então, 2 clubes possuem possuem faturamento acima da média inglesa, como eu disse, não os 20 da primeira divisão. Não adianta nada um time sozinho faturar 600 e os outros 15, o que eu estou falando é de valorização do produto como um todo.

Depois, a questão não é necessariamente quem tem mais poder em relação ao americano x europeu. Veja, quem monopoliza as contrações em minas? Cruzeiro e Atlético. Quem monopoliza as contratações no paraná? Athletico. Esses são os mais ricos do pais?

É isso que eu estou falando, a gente fica sabendo dessas oportunidades antes deles (precisaria na verdade, se não conseguem é incompetência) e então dá tempo de utilizar o peso da nossa moeda antes dos europeus poderem utilizar a deles.

Vagner Silva #36 @vagner.silva13 em 12/09/2019 às 13:18

Eles estão evoluindo a cada dia que passa, e estão sempre buscando grandes técnicos, cada dia que passa estão centralizando mais o futebol para eles

1 a 10 de 18 respostas