Governo patético: não sabe o que faz

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Artur #3.230 @arturgomes78 em 23/03/2020 às 15:00

Na calada da noite, baixa uma MP que joga nas costas do trabalhador todo o custo da pandemia; logo depois, anula a MP diante da repercussão negativa...

Que calamidade viver uma crise de saúde pública com um abilolado na presidência sem compromisso com a vida de milhões de trabalhadores. Qual será a próxima ação? Confisco de poupança? Vai decretar o fim da quarentena?

480 visualizações e 49 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Void Sccp #471 @elcorinthiano em 23/03/2020 às 15:08

Aquele asno está perdido, não sabe o que faz.

Roger Lozada #161 @rogerlozada em 23/03/2020 às 15:08

Ele faz isso toda hora, se não desse repercussão ele não teria dó nenhuma de fazer isso.

Últimas respostas

Marcelo Nunes #1.868 @marcelon em 31/03/2020 às 22:49

De acordo com seus itens:

1 – O artigo 18 foi revogado, nem tem motivo de se debater o mesmo. Nele que iria se tratar a compensação do governo.

2 – Nem tem haver com MP 927, mas se você pesquisar verá que a princípio governo iria enviar R$ 200, alguns dias depois que o mesmo estava pra ser finalizado e mesmo câmara falando que deveria aumentar para R$ 500 após análise do governo viu que seria viável aumentar para R$ 600, se critica que foi R$ 200 elogie que passou pra R$ 600 pois governo teve participação nesse aumento após análises.

3 – Violações que você informou:

3.1 – Está bem claro na MP que respeitados os limites estabelecidos na Constituição e é acordo não é imposição.

3.2 – Que direito presencial tem que teletrabalho não tem pra você querer colocar na carteira, isso não fui pesquisar, mas que eu saiba não tem nada a mais, não sou vendedor, mas iria preferir trabalhar com celular de casa do que ir na empresa e usar o telefone, você não? Sobre hora extra não está escrito que não ganha hora extra, só que como o funcionário não está batendo ponto ai cara fica até meia noite trabalhando sem autorização vai querer ganhar extra? Isso tem que ser acordado com patrão igual consta na MP.

3.3 – Ai você pegou pesado, não quer trabalhar e não quer tirar férias porque não pode viajar, o certo pra você é o patrão pagar pra você ficar sem fazer nada então?

3.4 – Só desburocratizou, veja com todos os sindicatos que você conhece se na atual situação eles não iam aprovar as férias coletivas.

3.5 – Você não é pago pra trabalhar tantas horas por semana? O que não vai trabalhar agora vai trabalhar depois ou quer receber sem ter que trabalhar depois?

3.6 – Ai você pegou pesado também, qual diferença para o trabalhador? Vai receber o FGTS do mesmo jeito, só foi dado um prazo pra empresa pagar, se for mandado embora vai receber tudo.

3.7 – Veja CLT, verá que nesses casos empresa deve comunicar, como governo está ciente dos problemas informou que já está permitindo essas excessões permitidas no artigo 61 e 67 da CLT

3.8 – Na MP não diz isso que você falou, auditores fiscais do trabalho vão continuar trabalhando, mas emitindo multa em alguns casos e orientando outros e não multa pra tudo que é lado.

Se coloca do outro lado também, eu ganho uns 6 mil por mês e meus funcionários juntos 13 mil, fui obrigado a fechar por decreto estadual e municipal, como quer que um cara que ganha 6 mil pague por meses 13 mil de salário fora aluguel, contador, luz e outros que n pararam cobrança? Isso está acontecendo talvez com mais d 1 milhão d empresas, maioria são micro e pequena, mesmo que você discorde dos itens que respondi, acha mesmo que está sendo mais prejudicado do que empresários igual eu?

Se tem alguém que vai se ferrar nessa crise é micro e pequeno empresário, muito mais que trabalhador, porque pra entrar na crise vocês vão receber salário e indenização, empresário vai receber conta pra pagar e perder patrimônio que junto vida inteira.

E quem vai se dar bem nessa crise são os ricos, esses vai se dar super bem porque o que vai ter d empresa, casa, carros e outros sendo vendidos a preço d banana por ai, são grandes empresários n são os pequenos não.

Vinícius #9799 @vinicius.conte em 31/03/2020 às 21:17

" "

Acho que esse não vai ler também, já que achou o outro longo, mas te faria bem pensar em checar melhor as coisas que você fala.

Você interpretou de maneira incorreta o que eu falei. Ressalto aqui:

'Independentemente de remover ou não direitos, essa MP deteriora e muito a condição do trabalhador.'


Mas ai, como você perguntou sobre direitos que foram violados (não usei a palavra revogado), aproveitei e fui conferir:

1. A compensação do governo não estava na MP. Estranhamente, o governo anunciou isso depois. Você mistura tudo e ignora esse fato;

2. A Renda Mínima foi um pacote aprovado no âmbito da Câmara, que foi inclusive responsável por exigir o repasse de R$200 para R$500 (que acabou sendo R$600), contrariando o poder executivo, que queria o repasse menor;

3. Uma pequena pesquisa e podemos encontrar algumas das violações à CLT, que configuram violações de direito.

Listo abaixo algumas delas, para provar o meu ponto de que o governo está muito mais disposto a fazer com que a maior parte da população, com menor renda, seja a maior onerada por ter que adotar medidas de saúde preventivas recomendadas pela OMS e maior parte dos governos mundiais:

  1. A predominância do acordo individual sobre o determinado em lei ou norma coletiva;
  2. A realização de teletrabalho sem a necessidade de registro na carteira de trabalho ou alteração no contrato de trabalho, o que retira o direito a horas extraordinárias de trabalhadores e trabalhadoras;
  3. Férias coletivas ou individuais sendo concedidas em época de quarentena e isolamento social, ou seja, o efetivo período que seria para o descanso físico e mental para o(a) trabalhador(a) não ocorrerá, pois não se desfrutará de lazer externo;
  4. Concessão de férias coletivas sem a realização de procedimentos essenciais, como notificação prévia ao sindicato e ao Ministério;
  5. Se houver interrupção das atividades da empresa, será usado banco de horas (que ficará negativo) e, posteriormente, deverão ser compensados pelos(as) trabalhadores(as) em até 18 (dezoito meses) (a lei permitia em até doze meses), podendo se laborar até 10 (dez) horas diárias futuramente, sem o pagamento de horas extras;
  6. Suspensão da exigibilidade do FGTS nos meses de março, abril e maio, com parcelamento desses débitos em até seis vezes;
  7. Prorrogação de jornada de trabalho mesmo em atividades insalubres e mesmo para jornadas 12×36 (doze horas de trabalho por trinta e seis horas de descanso);
  8. Suspensão de atividades de fiscalização pelos Auditores Fiscais do Trabalho por período de 180 dias, muito superior ao tempo de vigência e eficácia de uma MP.

Publicidade

Vinícius Conte #9.799 @vinicius.conte em 31/03/2020 às 21:17

Acho que esse não vai ler também, já que achou o outro longo, mas te faria bem pensar em checar melhor as coisas que você fala.

Você interpretou de maneira incorreta o que eu falei. Ressalto aqui:

'Independentemente de remover ou não direitos, essa MP deteriora e muito a condição do trabalhador.'


Mas ai, como você perguntou sobre direitos que foram violados (não usei a palavra revogado), aproveitei e fui conferir:

1. A compensação do governo não estava na MP. Estranhamente, o governo anunciou isso depois. Você mistura tudo e ignora esse fato;

2. A Renda Mínima foi um pacote aprovado no âmbito da Câmara, que foi inclusive responsável por exigir o repasse de R$200 para R$500 (que acabou sendo R$600), contrariando o poder executivo, que queria o repasse menor;

3. Uma pequena pesquisa e podemos encontrar algumas das violações à CLT, que configuram violações de direito.

Listo abaixo algumas delas, para provar o meu ponto de que o governo está muito mais disposto a fazer com que a maior parte da população, com menor renda, seja a maior onerada por ter que adotar medidas de saúde preventivas recomendadas pela OMS e maior parte dos governos mundiais:

  1. A predominância do acordo individual sobre o determinado em lei ou norma coletiva;
  2. A realização de teletrabalho sem a necessidade de registro na carteira de trabalho ou alteração no contrato de trabalho, o que retira o direito a horas extraordinárias de trabalhadores e trabalhadoras;
  3. Férias coletivas ou individuais sendo concedidas em época de quarentena e isolamento social, ou seja, o efetivo período que seria para o descanso físico e mental para o(a) trabalhador(a) não ocorrerá, pois não se desfrutará de lazer externo;
  4. Concessão de férias coletivas sem a realização de procedimentos essenciais, como notificação prévia ao sindicato e ao Ministério;
  5. Se houver interrupção das atividades da empresa, será usado banco de horas (que ficará negativo) e, posteriormente, deverão ser compensados pelos(as) trabalhadores(as) em até 18 (dezoito meses) (a lei permitia em até doze meses), podendo se laborar até 10 (dez) horas diárias futuramente, sem o pagamento de horas extras;
  6. Suspensão da exigibilidade do FGTS nos meses de março, abril e maio, com parcelamento desses débitos em até seis vezes;
  7. Prorrogação de jornada de trabalho mesmo em atividades insalubres e mesmo para jornadas 12×36 (doze horas de trabalho por trinta e seis horas de descanso);
  8. Suspensão de atividades de fiscalização pelos Auditores Fiscais do Trabalho por período de 180 dias, muito superior ao tempo de vigência e eficácia de uma MP.

Marcelo #1868 @marcelon em 23/03/2020 às 18:16

" "

Você escreveu um texto grande e não escreveu exatamente nada que cortou direitos, porque não mencionou nenhum item? Não considero o item que você mencionou pois você se equivocou, o funcionário ficaria em casa n iria trabalhar e mesmo assim receberia um valor compensatório negociado com o patrão, ele não estará trabalhando e mesmo assim recebendo, que prejuízo é esse? Fora que isso que você mencionou está no artigo que foi revogado, você n deve ter lido a lei, só está criticando sem nem ao menos ler, leia e diga um direito trabalhista que foi revogado? To te pedindo só um. Vários bilhões foram passados para os governos estaduais e municipais, informação dada na reunião que teve a pouco, mas tenho certeza que vão continuar cobrando governo federal, estadual e municipal negócio é só fechar comercio, o resto não é responsabilidade deles.

Roger Lozada #161 @rogerlozada em 23/03/2020 às 21:11

Flavio Bolsonaro!

Jorge #1240 @jorge.rise.salomao.s em 23/03/2020 às 19:40

" " Os corruptos tremem ao escutar o nome Bolsonaro.

João Vitor Dos Santos #1.900 @joao.vitor.dos.sant4 em 23/03/2020 às 19:56

Que bom que ele pipocou. Mas não tem como, político é tudo a mesma coisa. Dafados

Jorge Rise Salomão Salomão #1.240 @jorge.rise.salomao.s em 23/03/2020 às 19:40

Os corruptos tremem ao escutar o nome Bolsonaro.

Jorge #1240 @jorge.rise.salomao.s em 23/03/2020 às 17:51

" "

Bom é o presidiário que #[email protected]% o Brasil Lulla. Deixa o Bolso limpar esse câncer que o PT deixou.

Marcelo Nunes #1.868 @marcelon em 23/03/2020 às 18:16

Você escreveu um texto grande e não escreveu exatamente nada que cortou direitos, porque não mencionou nenhum item? Não considero o item que você mencionou pois você se equivocou, o funcionário ficaria em casa n iria trabalhar e mesmo assim receberia um valor compensatório negociado com o patrão, ele não estará trabalhando e mesmo assim recebendo, que prejuízo é esse? Fora que isso que você mencionou está no artigo que foi revogado, você n deve ter lido a lei, só está criticando sem nem ao menos ler, leia e diga um direito trabalhista que foi revogado? To te pedindo só um. Vários bilhões foram passados para os governos estaduais e municipais, informação dada na reunião que teve a pouco, mas tenho certeza que vão continuar cobrando governo federal, estadual e municipal negócio é só fechar comercio, o resto não é responsabilidade deles.

Vinícius #9799 @vinicius.conte em 23/03/2020 às 17:01

" "

Você diz que a MP em nada remove direitos, mas abre diversas concessões, como a que foi revogada, ou a possibilidade de negociação de um valor compensatório, sem qualquer relação com o salário.

Independentemente de remover ou não direitos, essa MP deteriora e muito a condição do trabalhador. O governo deveria proteger o trabalhador com a mesma força e determinação que protege o mercado financeiro.

Aliás, o governo não tem condição de ajudar devidamente o país a passar por essa crise simplesmente porque é completamente irresponsável nas medidas de contenção da pandemia e não tem suporte econômico que consiga absorver os efeitos da crise: dólar absurdamente em alta, queima das reservas internas, desindustrialização massiva...a incompetência é gritante e o governo já mostrou do lado de quem está, e não é o nosso (falando por 99% das pessoas aqui)

Dezinha 18 #7 @dezinha18 em 23/03/2020 às 17:57

Já foi revogada essa MP.

Jorge Rise Salomão Salomão #1.240 @jorge.rise.salomao.s em 23/03/2020 às 17:51

Bom é o presidiário que #[email protected]% o Brasil Lulla. Deixa o Bolso limpar esse câncer que o PT deixou.

Carlos Timão #896 @carfes em 23/03/2020 às 17:25

Até que enfim alguém lúcido!
Povo tem memória fraca... O que roubaram... Fariam uns 1.000 hospitais o nosso SUS seria de primeiro mundo...

Fábio #966 @fabio.garcia14 em 23/03/2020 às 17:10

" "

Só de não ter emprestado dinheiro do BNDES para países comunistas diatadores já teria feito bastante, esperar o que de um imbecil jumento que roubou a popupação todos os governos do PT, safado esse #[email protected]% merecia ser chutado do país e mandar ele para Cuba ou Venezuela ou qualquer pais que ele deu dinheiro do BNDES e quem est´å pagando é o povo.

Roberto Bidetti Cesare #44 @roberto.bidetti.cesa em 23/03/2020 às 17:19

Quer ficar vivo? Fique em casa. Não culpe o governo. O pib cresceu. Pouco. No governo Dilma o Pib era 3,5% negativo. Não lembra né? Eu sei. O desemprego estava diminuindo desde o ano passado. Isso é fato. Está na mídia. Só procurar.
Acha que existe mágica? Acha que um governo vai assumir um país quebrado e num passe de mágica fazer as coisas melhorarem? De onde vocês tiram isso?

Vinícius #9799 @vinicius.conte em 23/03/2020 às 17:11

" "

Não dá pra levar a sério um post falando do PT enquanto o tópico da conversa é sobre a irresponsabilidade do atual governo no plano de ação para contingenciar a crise e proteger a população.

O que que tem o PT nisso? É culpa do PT que o Bolsonaro não leva a pandemia à sério? É culpa do PT que o dólar está tão alto? É culpa do PT que o PIB não cresceu, que a informalidade volta a atingir patamares recordes, que o desemprego recuou em 215mil empregos (0,4%)?

O cara ainda tira o dele da reta falando de outros governos, responsabilizando quem quer que seja, menos ele mesmo por sua péssima gestão.

F*da-se o PT, quero que o atual governo proteja a população, leve à sério o que a gente tá passando, quero que minha família fique viva, que não passe necessidade, que não tenha nenhuma emergência de saúde nestes tempos.