Citadini para Presidente, base 100% Corinthians!

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Tiago #9.557 @tiago.oyakawa em 16/12/2014 às 00:58

TEXTO DE ALBERTO HELENA JR.

Estava ouvindo o Roque Citadini, um dos tantos candidatos à presidência do Corinthians, na Jovem Pan do meu querido Wanderley Nogueira. E, como sempre, me diverti com suas tiradas inteligentes. Fazia falta o Citadini na cena do futebol paulista, tão empertigado e vazio, quando não, safado.

Não sei se daria bom presidente. Mas, pelo quadro que se apresenta em Itaquera (ou ainda será no histórico Parque São Jorge? ), não creio que seria pior do que os demais pretendentes ao trono alvinegro.

Um deles, por exemplo, empresário de sucesso, dono da Kalunga, confessou na mesma Jovem Pan outro dia que seu irmão tinha obtido os direitos do garoto Malcom, recém-promovido ao time titular, como ressarcimento de empréstimo feito por ele ao Corinthians. O mesmo cidadão que perambula pela Europa, Malcom e mais quatro outros meninos da base a tiracolo, em busca de um porto seguro para a rapaziada.

Esse tipo de promiscuidade, a meu ver, é absolutamente deletério para qualquer clube de futebol, embora seja cada vez mais frequente.

Ainda outro dia, o recém-eleito presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, por razões semelhantes, foi obrigado a expulsar de Cotia o seu antecessor Juvenal Juvêncio, sua própria cria e aliado da véspera, diga-se.

Sem tocar nesse assunto tão melindroso, Citadini, contudo, foi direto ao assunto: se eleito, a primeira medida que adotará será a de baixar uma regra rígida – só fica nas categorias de base o jogador cujos direitos pertençam 100 por cento ao clube.

Afinal, esse é o sentido de se investir fortunas em toda aquela parafernália dos centros de treinamentos de base: revelar jogadores para o clube, não para os eventuais investidores. Seja para aproveitá-los no time de cima, seja para negociá-los com outros clubes.

Nisso, estou 100 por cento com o Citadini.

2.180 visualizações e 94 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Rafael #1.454 @rpereira em 16/12/2014 às 15:34

Não... Se a prospecção de jogadores for boa, o menino vai ficar justamente pra não perder os 40% para o empresário - eles não mordem só na trasnferência, mas também nas luvas e nos salários.

O futuro, e não sei se veremos isso no Brasil tão cedo, é que o próprio clube seja gestor da carreira dos jovens talentos, vendo, conforme suas condições de jogo e identificação com o clube, os caminhos do jovem em sua caminhada, se visando permanecer no clube, sair para um clube menor ou buscar uma grande transferência.

Bira #306 @deodato em 16/12/2014 às 01:16

" "

Fácil falar quero ver fazer. O Fabricio Oya, craque que pode no futuro valer milhões, 40% de uma transação de 50 mi wagner ribeiro só firma contrato de tiver uma parte. A Base vai ficar sem ninguém afinal que menino não tem empresário?

Publicidade

Ricardo Gama Leitão #1.921 @srgamah em 16/12/2014 às 15:26

Vlw

Isso será ótimo

Ricardo Gama Leitão #1.921 @srgamah em 16/12/2014 às 15:19

Alguém pode me dizer que lei é essa que a fifa tem em mente?

João . #307 @joaovitalfn em 16/12/2014 às 15:18

Eu entendo sua visão. Mas acredito que dá sim pra brigar. Se de cada 10 conseguirmos 1 que seja 100% do clube tá ótimo.

Bira #306 @deodato em 16/12/2014 às 13:58

" "

Sabe porque falo no futuro? Pois do jeito que está e com a lei favorável aos empresários, não dá. Tem um buraco, que por mais que lapide e faça prospecção, sempre vai chegar no ouvido do menino um cara perguntando 'ja tem empresario? '. Basta ver o Santos, o que sobrou do Neymar pra eles, isso que é um talento mundial. Além disso, o Corinthians precisa primeiro terminar a estrutura, pagar o que deve antes de entrar nessa empreitada, porque falando numa rede grande, vai muita grana nisso. Abraço

Fernando Invicto #237 @fernando.invicto em 16/12/2014 às 14:54

Mas também não precisa estar do jeito que esta, tem que ter no mínimo 80% de todo o jogador da base, é um absurdo ter só 30% do malcon por ex

Fernando Invicto #237 @fernando.invicto em 16/12/2014 às 14:51

Paulo Garcia também falou que isso seria feito em sua gestão, daí muitos vão dizer mais o irmão dele é dono de direitos de jogadores dentro do Corinthians, quer vende-los para enriquecer as custas do time e tal, beleza, mas é o irmão dele e não ele, é a msm coisa de falr que eu sou negro só porque meu irmão é, ou conheço dois irmão robson e o paulinho e robson é maior tranqueira, drogado e trombadinha, mas o paulinho é trabalhador e um cara muito honesto, então um é um e outro é outro

Bira Deodato #306 @deodato em 16/12/2014 às 13:58

Sabe porque falo no futuro? Pois do jeito que está e com a lei favorável aos empresários, não dá. Tem um buraco, que por mais que lapide e faça prospecção, sempre vai chegar no ouvido do menino um cara perguntando 'ja tem empresario? '. Basta ver o Santos, o que sobrou do Neymar pra eles, isso que é um talento mundial. Além disso, o Corinthians precisa primeiro terminar a estrutura, pagar o que deve antes de entrar nessa empreitada, porque falando numa rede grande, vai muita grana nisso. Abraço

João #307 @joaovitalfn em 16/12/2014 às 13:46

" "

Mas vamos pensar. Existem empresas que fazer isso certo? Se o Corinthians começar a agir como uma, ele vai captar. Nem que seja engatinhando, mas vai. Se virar pra esses meninos do Chute Inicial e começar a lapidar e procurar ali já é um grande avanço. A estrutura deles aqui em Uberlândia é coisa de primeiro mundo, imagino ai em São Paulo. Dá pra brigar de frente, no início vamos perder os melhores jogadores? Sim, mas no futuro não. Tem que começar, mesmo que isso nos custe um período sem grandes revelações. Não revelamos ninguém mesmo.

João . #307 @joaovitalfn em 16/12/2014 às 13:46

Mas vamos pensar. Existem empresas que fazer isso certo? Se o Corinthians começar a agir como uma, ele vai captar. Nem que seja engatinhando, mas vai. Se virar pra esses meninos do Chute Inicial e começar a lapidar e procurar ali já é um grande avanço. A estrutura deles aqui em Uberlândia é coisa de primeiro mundo, imagino ai em São Paulo. Dá pra brigar de frente, no início vamos perder os melhores jogadores? Sim, mas no futuro não. Tem que começar, mesmo que isso nos custe um período sem grandes revelações. Não revelamos ninguém mesmo.

Bira #306 @deodato em 16/12/2014 às 13:41

" "

Liedson foi aos 27, trabalhava em supermercado, genial a história dele. Conheço um amigo meu que saiu da faculdade como empresario de futebol, tinha contatos. Do jeito que está, por mais que forme uma vasta rede não bate os empresários, os caras são abutres chovem em cima. Precisa mudar a lei, porque cedo ou tarde, com a situação atual dos clubes, ou o empresário pega parte do passe no começo, ou acontece como o grupo Sondas, BMG fazem. O Corinthians tem tudo pra daqui pouco tempo ser financeiramente saudável, agora o restante...

Bira Deodato #306 @deodato em 16/12/2014 às 13:41

Liedson foi aos 27, trabalhava em supermercado, genial a história dele. Conheço um amigo meu que saiu da faculdade como empresario de futebol, tinha contatos. Do jeito que está, por mais que forme uma vasta rede não bate os empresários, os caras são abutres chovem em cima. Precisa mudar a lei, porque cedo ou tarde, com a situação atual dos clubes, ou o empresário pega parte do passe no começo, ou acontece como o grupo Sondas, BMG fazem. O Corinthians tem tudo pra daqui pouco tempo ser financeiramente saudável, agora o restante...

João #307 @joaovitalfn em 16/12/2014 às 13:37

" "

Na verdade temos um grande olheiro: O Mauro.

Mas e só criar uma equipe. Gente viajando e olhando cada um desses jogadores. A verdade é que temos poucas empresas de empresários que possuem olheiros esparramados por todo o Brasil. Eu sou filho de um ex-olheiro. Já cansei de ir com meu pai ver o jogo de um fulaninho que pode vingar, e te afirmo tem muito moleque bom que não chega a jogar por falta de oportunidade. Basta garimpar por ai. Te afirmo que se achará bons jogadores. Liédson e Vavá só foram encontrados aos 22 e 18 anos respectivamente... é de se pensar.;)

Bira Deodato #306 @deodato em 16/12/2014 às 13:37

Nada cara, empresário roeu o osso e ganhou muito. Você acha que vão deixar barato? Vão querer ganhar tudo o que tem até o talo, o clube depois que a lei mudar vai ser mais simples, aí sim pode filtrar a galera.

Robson #12 @robson.oliveira4 em 16/12/2014 às 12:36

" "

Pros empresários é muito fácil, só vender a parte deles e pronto. Os clubes é que vão ter que se virar pra arrumar dinheiro e comprar os restantes, e na situação financeira que estão hoje...