Há um exagero na Libertadores?

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Adriano #35 @adrianer em 16/08/2017 às 16:42

Venho lendo e escutando algum tempo, sobre essa AMBIÇÃO exagerada por parte da torcida, da mídia e dos torcedores com a copa Libertadores.

Sendo que os clubes prepara o elenco para disputa do torneio continental, e meio que deixa de lado o campeonato Brasileiro, que na visão de alguns, deveria ser o objetivo principal, já que o torneio nacional é o que garante o clube até o fim do ano, com mais jogos, com mais visualização, mais grana com vendas de ingressos, com patrocínio, etc

Já a Libertadores, é um torneio que por 1 ou 2 jogos, acaba sendo eliminado

Citando o exemplo do Grêmio, que está a 21 anos sem conquistar o campeonato Brasileiro, praticamente 1 geração que nunca viu o seu clube ser campeão nacional, por uma decisão até meio equivocada ao meu ver do Renato Gaúcho poupando jogadores contra o Sport e contra o Palmeiras, na qual poderia hoje, estar a 2 pontos do líder Corinthians e disputando o título (Corinthians não tem nada a ver com isso, azar o deles).

E muitas vezes, alguns clubes acaba colocando o objetivo da vaga da Libertadores como objetivo principal do que o título em si.

Minha opinião, é que sim, existe um exagero na ambição pelo título da Libertadores, e sim, deveria tratar o campeonato Brasileiro como objetivo principal, cedo ou tarde, o título continental ela vai vir, só não pode ser tratada como maior do que deveria ser, pois, acaba minando a temporada toda

Já vimos muitos clubes colocar o time todo focado na Libertadores e mesclando nos outros torneio, ai quando é eliminado, a temporada vai por água abaixo, pois, não deu atenção a outras competições, todo ano, o clube que vai pra Libertadores, acaba passando por isso.

O Boca por exemplo, até 2000, tinha 2 títulos continental, em 1977 e 1978, demorou 22 anos pra ser conquistada novamente, o River Plate, só voltou a conquistar 19 anos depois, as Sardinhas só voltou a conquistar 48 anos depois, o que eu quero dizer com isso? Que a Libertadores não é uma copa que se conquista a cada 3 anos, é um torneio complicado, por ser um torneio e mata mata, tudo pode acontecer

Na opiniões de vocês, há um exagero muito grande na ambição pela Libertadores?

5.250 visualizações e 92 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Marcos Gomes #77 @marcaotimao em 17/08/2017 às 00:23

Libertadores é um título continental que realmente dá visibilidade no mundo; o time sabendo aproveitar o momento e trabalhar ele ganhará muito dinheiro; e o futebol é isso: dinheiro. Jogos de mata-mata são uma roleta russa, mas se ganhar vai render muito dinheiro.

O Campeonato Brasileiro é grande também, porém é um campeonato nacional que não tem aquela visibilidade que um continental dá, principalmente se vencer o gigante europeu no Mundial de Clubes. Hoje a premiação no Brasileirão é alta igual a da Copa do Brasil, mas a Libertadores ainda atraí mais olhares do mundo dos negócios ao time que a jogar e a vencer.

Isso começou em 92 quando os bambis a ganharam, e os bambis tinham uma diretoria totalmente diferente das demais pois já tratava o futebol mais como cifras do que sentimento; deixando somente o lado sentimental para a torcida. Eles ganharam a Libertadores e o Interclubes daquele ano e do ano seguinte, resultado foi que ganharam um bom dinheiro (lembrando da inflação da moeda brasileira na época e os bambis ganharam em dólar) e o clube soube se estruturar, pegar melhores patrocínios; eles souberam usar o momento diferente da porcada. Nosso time fez a mesma coisa que eles em 2012, e com uma torcida muito maior e que consumiria muito mais.

Além é claro de um título de Libertadores dar uma valorizada no futebol do país do vencedor, o famoso comer pelas beiradas; se ganha um Mundial de Clubes até os argentinos comem pelas beiradas hoje. O que acontece é que a Libertadores é mais importante que o Brasileirão (por melhor estruturado que seja frente aos nacionais da América do Sul), e não é pela premiação e sim pelo dinheiro que ela pode render aos competidores e principalmente ao vencedor, se vencer o Mundial de Clubes vai faturar muito mais. Mas é claro que os dirigentes têm de saberem aproveitar o momento.

Everton Gomes Chaves #1.086 @chavaodafiel em 17/08/2017 às 09:22

Alguém usaria essa lógica pra dizer que o espanhol, alemão ou italiano é maior ou mais importante que a Champions? Acho que não né.

Exatamente por ser muito mais difícil é mais valorizada projeta mundialmente dá uma chance de enfrentar grandes dá Europa.

Corinthians em 27 anos ganhou 6 Brasileirão estamos perto do 7, em toda história ganhamos uma Libertadores, acho que não preciso perguntar qual título foi mais comemorado, e qual a maioria gostaria de vencer de novo.

Não é porque não nos classificamos ano passado que temos que menosprezar a Libertadores, sempre foi obcessão e ainda é.

Competição internacional sempre terá maior valor que nacional em TDS os sentidos, alguém sentiu falta de Brasileirão em 2012? E aí quem não sentiu falta da Libertadores esse ano?

Últimas respostas

David TimÃo #214 @huracan em 18/08/2017 às 13:13

Pois é...por isso que dizem que é raro ver BICHA POBRE...hehehe...sabem fazer dinheiro...kkkkkkk...abs..e VAI Timão

Marcos #77 @marcaotimao em 18/08/2017 às 12:07

" "

Exato, só que as bichas foram espertas; souberam como faturar uma grana na época quando nenhum time pensava em bastante dinheiro; a porcada não soube aproveitar o momento e ainda tomaram dos ingleses.

Publicidade

Marcos Gomes #77 @marcaotimao em 18/08/2017 às 12:07

Exato, só que as bichas foram espertas; souberam como faturar uma grana na época quando nenhum time pensava em bastante dinheiro; a porcada não soube aproveitar o momento e ainda tomaram dos ingleses.

David #214 @huracan em 17/08/2017 às 19:50

" "

KKK...FOI O EFEITO...JORNABICHAS...após o títulos das Bibas...todas elas ficaram...EU-FÓ-RI-CAS...Uiiii...kkkkkkkkk

Ste Silva #22 @timaokrai em 17/08/2017 às 19:55

Ahhhh mano, quer comparar o brasileirinho com a Libertadores?

Desculpe, mas soy loco por ti América.

David TimÃo #214 @huracan em 17/08/2017 às 19:52

MAS...RESUMINDO...Foi o Efeito...JORNABICHAS...quando as bibas venceram...os/as JORNABICHAS...ficaram...EU-FÓ-RI-CAS...Uiiiii...kkkkkkk

David TimÃo #214 @huracan em 17/08/2017 às 19:50

KKK...FOI O EFEITO...JORNABICHAS...após o títulos das Bibas...todas elas ficaram...EU-FÓ-RI-CAS...Uiiii...kkkkkkkkk

Marcos #77 @marcaotimao em 17/08/2017 às 00:23

" "

Libertadores é um título continental que realmente dá visibilidade no mundo; o time sabendo aproveitar o momento e trabalhar ele ganhará muito dinheiro; e o futebol é isso: dinheiro. Jogos de mata-mata são uma roleta russa, mas se ganhar vai render muito dinheiro.

O Campeonato Brasileiro é grande também, porém é um campeonato nacional que não tem aquela visibilidade que um continental dá, principalmente se vencer o gigante europeu no Mundial de Clubes. Hoje a premiação no Brasileirão é alta igual a da Copa do Brasil, mas a Libertadores ainda atraí mais olhares do mundo dos negócios ao time que a jogar e a vencer.

Isso começou em 92 quando os bambis a ganharam, e os bambis tinham uma diretoria totalmente diferente das demais pois já tratava o futebol mais como cifras do que sentimento; deixando somente o lado sentimental para a torcida. Eles ganharam a Libertadores e o Interclubes daquele ano e do ano seguinte, resultado foi que ganharam um bom dinheiro (lembrando da inflação da moeda brasileira na época e os bambis ganharam em dólar) e o clube soube se estruturar, pegar melhores patrocínios; eles souberam usar o momento diferente da porcada. Nosso time fez a mesma coisa que eles em 2012, e com uma torcida muito maior e que consumiria muito mais.

Além é claro de um título de Libertadores dar uma valorizada no futebol do país do vencedor, o famoso comer pelas beiradas; se ganha um Mundial de Clubes até os argentinos comem pelas beiradas hoje. O que acontece é que a Libertadores é mais importante que o Brasileirão (por melhor estruturado que seja frente aos nacionais da América do Sul), e não é pela premiação e sim pelo dinheiro que ela pode render aos competidores e principalmente ao vencedor, se vencer o Mundial de Clubes vai faturar muito mais. Mas é claro que os dirigentes têm de saberem aproveitar o momento.

David TimÃo #214 @huracan em 17/08/2017 às 19:47

Em 1º lugar...Libertadores..pra mim...é passagem para o Mundial de clubes...esse sim...TEM VALOR.

Em 2º lugar...nos anos 60...os times brasileiros NÃO faziam muita questão de disputar esse torneio...até por algum MEDO...pois não tinham as transmissões com 10 cameras...então...O CORO CANTAVA FORTE...

Em 3º lugar...a imprensazinha TUPINIQUIM...realmente começou a gostar da Libertadores...porque os 2 'Queridinhos da Imprensa'...Mulambos e BIBAS...disputaram e venceram...daí em diante...é esse EXAGERO já citado em seus argumentos.

REPITO: Pra mim...é passagem para o MUNDIAL...SIMPLES ASSIM

Paulo Paulo Paulo #45 @paulo.52 em 17/08/2017 às 18:56

Sim, e faz tempo. Culpa da mídia, que incensou demais os bambis, por conta das 3 míseras conquistas (só o Independiente-ARG ganhou 7). Isso acabou por despertar o desejo dos rivais. Nós mesmos éramos zoados - e caímos na pilha - por não termos conquistado uma miserável Cucaracha, até 2012...

Everton Alfineto @everton.alfineto em 17/08/2017 às 18:55

O campeonato brasileiro tem transmissão em mais países do que a Libertadores... Sem contar que a Libertadores não tem transmissão nos players do futebol europeu, ou seja, quando os ingleses, espanhois, italianos não tem jogos... Os caras assistem o Campeonato Brasileiro! Essa coisa de Libertadores e Mundial é só nos brasileiros que gostamos de jogar...

Guillermo Lopes #8.442 @guillermo.lopes em 17/08/2017 às 18:31

Acredito que os 2. Tanto é que jogam com os. Titulares nas 2 competições.

Bruno #5350 @sestovani em 17/08/2017 às 16:40

" "

Os europeus tem objetivo principal a champions ou a liga nacional?

Daniel Santos Suzarte #106 @danielcorinthiano em 17/08/2017 às 18:12

Libertadores é o título mais importante, mas isso não quer dizer que os outros também não sejam muito importantes.