Carbone e títulos internacionais!

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Gustavo #992 @gustavo.rodriguez1 em 11/09/2017 às 21:39

Uma matéria de 2000 com Carbone falando sobre os títulos internacionais do Corinthians, grandes jogadores que enfrentou e me parece sentir um pouco de mágoa pela imprensa não ter, na época, valorizado tais conquistas!

2.150 visualizações e 29 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Gabriel Ribeiro De Carvalho #1.557 @gabriel.ribeiro.de.c em 12/09/2017 às 10:29

O duro que como o Carbone disse, a própria torcida desconhece a história do clube, isso porque o clube mesmo não exalta como deveria tais conquistas.

É claro que não estou aqui a exigir a equiparação de tais conquistas a mundiais ou Libertadores, mas deveriam sim serem enaltecidas pelo clube sempre que se fizesse aniversário da conquista por exemplo. Porém o próprio clube relega o status inferior dessas conquistas quando não faz questão de exalta-las.

Últimas respostas

Anisio Molim #97 @amoamolim em 12/09/2017 às 17:11

Não é brincadeira. Isso é um preceito meu, que me coloca muito mais diante da história do que do presente de hoje; Brasil, temer, andrez, senado, congresso, lula, faustão, BBB, moro, globo, industria nacional, bancos nacionais, dória, alkimim, roberto banana, gobbi, Maycon, Gabriel, Romero... Whatssap. Instagran, galaxy samsung, ivetes do axé, sertanojo, pagode de curral, novelas, e mais um monte de valores momentâneos. E descartáveis.

Só não uso barba de eremita. Kkkkk

Não me faz com isso, ser um inimigo seu e de seus preceitos, muito pelo contrário. A discussão tem que ter equilíbrio de forças. Um dizendo sobre os seus valores não significa estar enxovalhando os valores dos outros, não é verdade.

Eu quero crer que você apenas se equivocou em sua avaliação, equiparando.

E o meu comentário, foi de tentar mostrar que a história tem seus valores intrínsecos e irretocáveis.

Só não vejo os valores de hoje, como os que eu tive outrora, e assim é a história da qual eu valorizo.

Fácil de entender o que estou dizendo e muito fácil de entender o que você quis dizer. É simples isso, nada polêmico.

Gabriel #1557 @gabriel.ribeiro.de.c em 12/09/2017 às 16:48

" "

Anisio você está falando sério ou está de brincadeira comigo?

Eu presumo que você não deve ter entendido absolutamente nada do que eu disse, já que em nenhum momento em estou desvalorizando o passado.

Publicidade

Fielipe Prevedello #3.296 @fielipe em 12/09/2017 às 17:06

Saudações corinthianas Gustavo!

Sobre as conquistas internacionais do Corinthians em nível mundial existe nesse contexto de relevância internacional a Pequena Taça do Mundo de 1953, assim como, o Torneio Octogonal Rivadavia Corrêa Meyer que o sucedeu a Copa Rio de 1952 que também contou com a participação do Corinthians em 1953 e o Torneio Internacional Charles Miller de 1955 que foi considerado a quarta edição da Copa Rio e o Corinthians conquistou mais este troféu para a sua galeria contra o Benfica, base da Seleção Portuguesa..

A rede Globo através do esporte espetacular fez recentemente uma série de 'Grandes Clubes do Mundo'. No minuto 10:22 mostram a entrada do Camp Nou e uma enorme estátua de Ladisláu Kubala.

Https://globoplay.globo.com/v/5548864/ Esporte Espetacular | Grandes Clubes do Mundo mostra como nasceu o jeito de jogar do Barcelona |... Esporte Espetacular | Grandes Clubes do Mundo mostra como nasceu o jeito de jogar do Barcelona |... Série mostra como o clube adotou o estilo de jogo característico, e o trabalho de base do time. https:https:

A matéria 'só' esqueceu de mencionar que o Todo Poderoso Timão foi campeão da Pequena Taça do Mundo de forma invicta vencendo inclusive o time do Kubala por duas vezes. Kubala conseguiu no máximo igualar-se ao grande Pequeno Polegar com 5 gols na competição.

Carbone também menciona Gigghia, carrasco do Maracanaço e que jogava pelo Roma e enfrentou o Corinthians nesta mesma Pequena Taça do Mundo de 1953.
Carbone fez justiça à história e o vídeo divulgado aqui por você através do link do youtube prova isso.

Https://www.youtube.com/watch?v=LUepb0L-kQc CARBONE FALA SOBRE TÍTULOS INTERNACIONAIS DO CORINTHIANS 08/01/2000 - YouTube CARBONE FALA SOBRE TÍTULOS INTERNACIONAIS DO CORINTHIANS 08/01/2000 - YouTube REPORTAGEM DA TV CULTURA SOBRE CONQUISTAS INTERNACIONAIS DO CORINTHIANS ANTES DE 2000. http://domingossccp.blogspot.com.br/p/corinthians-campeao-do-mundo-de-... https:https:

Carbone em um único vídeo prova como o Corinthians já era internacional na década de 50, assim como prova que foi o Corinthians que realmente vingou o Maracanaço vencendo a seleção celeste em Montevidéu.

No Pacaembu pela Copa Rio de 1952 o adversário corintiano nas semifinais da Copa Rio de 1952 foi o temível Peñarol (campeão uruguaio de 1951) que contava em seu escrete com cinco jogadores da seleção celeste que, dois anos antes, havia conquistado a Copa do Mundo derrotando a seleção brasileira no Maracanã (Rodrígues Andrade, Obdúlio Varela, Ghiggia (O Carrasco do Maracanaço), Míguez e Schiaffino), além do técnico também campeão do mundo na Copa de 1950, Juan López.

http://historiaempretoebranco.com.br/corinthians-vingou-o-maracanaco/ Corinthians vingou o Maracanaço! - História em Preto e Branco Corinthians vingou o Maracanaço! - História em Preto e Branco A história da seleção brasileira e do ?Time do Povo? o Sport Club Corinthians Paulista sempre foi muito próxima. Leia que o Corinthians vingou o Maracanaço! historiaempretoebranco.com.br

A porcada é tão infeliz em suas histórias que tentam a todo custo reescreve-la. Dizem até ter vingado o Maracanaço devida Copa Rio de 51. Dai-me paciência!

Carbone foi campeão da Pequena Taça do Mundo contra o Barcelona de Ladisláu Kubala, vencendo antes o Roma de Alcides Ghiggia além da seleção de Caracas.

O Corinthians não fala que é tri-mundial por ter vencido a Pequena Taça do Mundo de 53 mesmo sendo a comemoração nos mesmos moldes da Copa Rio e Intercontinentais, conforme a reportagem descreve.

Vide título (CHEGARAM OS CAMPEÕES DO TORNEIO DE CARACAS) no canto superior esquerdo da pág.7 - 2º cad.

http://acervo.folha.uol.com.br/fdn/1953/08/04/1//5268842 Folha de S.Paulo: Notícias, Imagens, Vídeos e Entrevistas Folha de S.Paulo: Notícias, Imagens, Vídeos e Entrevistas Siga a Folha e fique informado sobre tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Notícias sobre política, economia, cultura, esporte, entretenimento e mais. acervo.folha.uol.com.bracervo.folha.uol.com.br

Vide título (CHEGARAM OS CORINTIANOS) no canto inferior esquerdo da pág.2.

http://acervo.folha.uol.com.br/fdm/1953/08/04/1//5384659 Folha de S.Paulo: Notícias, Imagens, Vídeos e Entrevistas Folha de S.Paulo: Notícias, Imagens, Vídeos e Entrevistas Siga a Folha e fique informado sobre tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Notícias sobre política, economia, cultura, esporte, entretenimento e mais. acervo.folha.uol.com.bracervo.folha.uol.com.br


E está correto, não precisa de chancela da FIFA.

Em nenhum momento o Corinthians ficou esperando fax de mundial. Conquistou com louvor a Pequena Taça do Mundo que sim foi predecessora dos mundiais.

Outro grande ídolo que faz justiça à conquista da pequena Taça do Mundo de 1953 chama-se Idário, O Deus da Raça.

https://www.youtube.com/watch?v=yyy6BwLMOoY IDÁRIO DEUS DA RAÇA CAMPEÃO IDÁRIO DEUS DA RAÇA CAMPEÃO 'MUNDIAL' - YouTube Sobre o titulo conquistado na Venezuela é descrito que houve apoteose no vale do Anhangabaú, dificuldades para os jogadores descerem do avião pois os jogador... youtube.comyoutube.com

VAI CORINTHIANS!

http://historiaempretoebranco.com.br/ História em Preto e Branco - historiaempretoebranco.com.br

Mauricio Di Santi #29 @mx1972 em 12/09/2017 às 16:48

Na época, não foram valorizadas. Títulos internacionais só passaram a ser realmente enaltecidos no Brasil muito tempo depois. Mas acho, sim, que o clube deveria se pronunciar um pouco mais.

Gabriel Ribeiro De Carvalho #1.557 @gabriel.ribeiro.de.c em 12/09/2017 às 16:48

Anisio você está falando sério ou está de brincadeira comigo?

Eu presumo que você não deve ter entendido absolutamente nada do que eu disse, já que em nenhum momento em estou desvalorizando o passado.

anisio #97 @amoamolim em 12/09/2017 às 16:32

" "

Sou de uma geração muito diferente da sua que tanto a família, a escola e o meio do qual eu me formei, me ensinaram a dar muito valor à história, porque ao conhecê-la, sei onde quero, posso e devo chegar.

Posso equivocadamente denegrir o presente, assim como cagar pelo futuro, mas, jamais tripudiarei a História, principalmente a real.

Mauricio Di Santi #29 @mx1972 em 12/09/2017 às 16:43

Foram épocas diferentes. A grande verdade, é que, só começaram a valorizar títulos internacionais aqui no Brasil muito tempo depois. A própria Libertadores só foi 'descoberta' pelo Brasil nos anos 90.

Anisio Molim #97 @amoamolim em 12/09/2017 às 16:32

Sou de uma geração muito diferente da sua que tanto a família, a escola e o meio do qual eu me formei, me ensinaram a dar muito valor à história, porque ao conhecê-la, sei onde quero, posso e devo chegar.

Posso equivocadamente denegrir o presente, assim como cagar pelo futuro, mas, jamais tripudiarei a História, principalmente a real.

Gabriel #1557 @gabriel.ribeiro.de.c em 12/09/2017 às 14:47

" "

Interessante comentário, mas diferentemente do que você disse eu não desmereci as conquistas citadas por Carbone, muito pelo contrário, acho lamentável que o próprio clube não as enalteçam como deveria.

Contudo, em relação a comparações destes torneios com a Libertadores e o Intercontinental são desnecessárias.

Não disse que se naquela época existisse Libertadores o Corinthians não a ganharia e tampouco disse que o Intercontinental (no Brasil equiparado a mundial) é um torneio mais difícil do que estes conquistados por nós. Apenas creio que colocá-los no mesmo nível é ignorância. Diversos outros clubes brasileiros também ganharam torneios internacionais antecessores aos hoje consagrados (Libertadores, mundial, etc...) é o caso do Palmeiras de 51 do São Paulo em 55. Ocorre que estes torneios antecessores não se perpetuaram ao longo da história e isso deve ser ponderado quando se compara com a 'pífia Libertadores' que você fala.

Marc Nobre #419 @marc.nobre1 em 12/09/2017 às 15:07

Parabéns pelo tópico, Carbone, Cláudio, Baltazar, Luisinho 'o pequeno polegar' entre outros ídolos do passado tem que ser sempre lembrado por tudo que fizeram.

Gabriel Ribeiro De Carvalho #1.557 @gabriel.ribeiro.de.c em 12/09/2017 às 14:47

Interessante comentário, mas diferentemente do que você disse eu não desmereci as conquistas citadas por Carbone, muito pelo contrário, acho lamentável que o próprio clube não as enalteçam como deveria.

Contudo, em relação a comparações destes torneios com a Libertadores e o Intercontinental são desnecessárias.

Não disse que se naquela época existisse Libertadores o Corinthians não a ganharia e tampouco disse que o Intercontinental (no Brasil equiparado a mundial) é um torneio mais difícil do que estes conquistados por nós. Apenas creio que colocá-los no mesmo nível é ignorância. Diversos outros clubes brasileiros também ganharam torneios internacionais antecessores aos hoje consagrados (Libertadores, mundial, etc...) é o caso do Palmeiras de 51 do São Paulo em 55. Ocorre que estes torneios antecessores não se perpetuaram ao longo da história e isso deve ser ponderado quando se compara com a 'pífia Libertadores' que você fala.

anisio #97 @amoamolim em 12/09/2017 às 12:41

" "

Havia na época de Carbone, a Libertadores e esse pífio torneio mundial?

Não!

Se houvesse, quem em sua consciência diria que o Corinthians não teria ganho? Justamente com o maior time de todos os tempo formado pelo Corinthians?

Você nesse momento, talvez até por ingenuidade, ou por um lapso, desqualificou as conquistas de outrora, comparando essa várzea de Libertadores e esse pífio mundial de merda de dois jogos, com as conquistas internacionais pelo Corinthians.

Esse mundial que você compara e desmerece o que Carbone conquistou, não passa de um intercontinental chancelado pela FIFA, porque no fundo e na pratica são dois times que decidem e de dois continentes, em geral Sulamericano com Europeu, como no Intercontinental

Portanto, seria muito mais interessante que os novos corinthianos (acho que é o seu caso), conhecesse melhor a história de glórias do Corinthians e os grande jogadores que vestiram essa camisa.

Devemos ter a consciência que quando estamos fazendo um comentário sobre épocas (que aliás, pouquíssimos nesse fórum viveram essa época (que é o meu caso), comentar com conhecimento e discernir o que eram os grandes torneios, os amistosos e os caça níquel. Pois há diferenças entre eles.

Somente uma observação.

Anisio Molim #97 @amoamolim em 12/09/2017 às 14:41

Sem dúvida nenhuma. Passei por isso parte de minha adolescência inteira e Juventude. Mas, o que me fez reforçar a minha alma e o meu coração de Corinthiano, justamente era a sua história que na minha opinião é uma das mais ricas do futebol mundial, pelo fato de ser um time que veio das origens mais populares da época de sua fundação. Dos trabalhadores.

Esse é o ponto.

Wagner #444 @wagnersantos em 12/09/2017 às 14:20

" "

Muitos torcedores de hoje, mudariam de time na dura jornada de 23 anos sem título Paulista.

Wagner Santos #444 @wagnersantos em 12/09/2017 às 14:20

Muitos torcedores de hoje, mudariam de time na dura jornada de 23 anos sem título Paulista.

anisio #97 @amoamolim em 12/09/2017 às 12:41

" "

Havia na época de Carbone, a Libertadores e esse pífio torneio mundial?

Não!

Se houvesse, quem em sua consciência diria que o Corinthians não teria ganho? Justamente com o maior time de todos os tempo formado pelo Corinthians?

Você nesse momento, talvez até por ingenuidade, ou por um lapso, desqualificou as conquistas de outrora, comparando essa várzea de Libertadores e esse pífio mundial de merda de dois jogos, com as conquistas internacionais pelo Corinthians.

Esse mundial que você compara e desmerece o que Carbone conquistou, não passa de um intercontinental chancelado pela FIFA, porque no fundo e na pratica são dois times que decidem e de dois continentes, em geral Sulamericano com Europeu, como no Intercontinental

Portanto, seria muito mais interessante que os novos corinthianos (acho que é o seu caso), conhecesse melhor a história de glórias do Corinthians e os grande jogadores que vestiram essa camisa.

Devemos ter a consciência que quando estamos fazendo um comentário sobre épocas (que aliás, pouquíssimos nesse fórum viveram essa época (que é o meu caso), comentar com conhecimento e discernir o que eram os grandes torneios, os amistosos e os caça níquel. Pois há diferenças entre eles.

Somente uma observação.