Claudio, Ídolo do Corinthians

Atacante

Claudio

Biografia

Claudio, também conhecido como “Gerente”, é o maior artilheiro do Corinthians. Além dos seus 305 gols era peça fundamental por sua liderança e grande técnica.

Revelado pelo time da vila belmiro e com passagem pelo parque antártica, Claudio ganhou grande destaque atuando pelo Corinthians.

Jogador de muita técnica e extremamente perigoso nas bolas paradas, Claudio é o maior artilheiro da história do Corinthians, tendo anotado 305 gols pelo alvinegro do Parque São Jorge.

Uma de suas jogadas mortais era o cruzamento na cabeça de Baltazar “Cabecinha de Ouro”, que quase sempre resultavam em gol. Além das cobranças de faltas e escanteios. Um especialista nas bolas paradas.

Claudio, além de muito técnico era um jogador de muita visão e liderança, sendo muitas vezes uma espécie de técnico de campo, o que fez com que fosse apelidado de “Gerente”. Foi extremamente injustiçado ao não ser convocado para a copa do mundo de 1950, já que na época era um dos melhores jogadores do Brasil.

Foi peça fundamental nos 12 anos em que defendeu o Corinthians, ganhando títulos, marcando gols, dando passes e sendo líder dentro e fora da equipe Sua liderança inclusive era fundamental na equipe que ainda tinha Luizinho, Baltazar, Carbone entre outros e que é considerada uma das melhores linhas de ataque do futebol brasileiro.

Sua última partida pelo Corinthians foi a final do paulista de 1957, após isso assumiu o comando técnico do time ficando nesse cargo por 14 meses. Após sua demissão do comando técnico foi contratado pelo time do morumbi para voltar a ser jogador, entre 1959 e 1960. Mas sem muito sucesso.

Morreu em 2000, vítima de ataque cardíaco, em Santos, cidade onde nasceu.

Relembre de outros ídolos que jogaram no Corinthians

O que você mais lembra do Claudio no Corinthians?

  • 1000 caracteres restantes