Copa do Brasil 2017 - Internacional 1 x 1 Corinthians

Copa do Brasil 2017 - Internacional 1 x 1 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/12-04-2017/copa_do_brasil_2017/internacional-1-x-1-corinthians

02:00

2017-04-12T21:45:00

Corinthians Corinthians 1 x 1 Internacional Internacional

Copa do Brasil 2017

Sobre a Partida

Ir para ComentáriosComentar sobre o jogo

Corinthians e Internacional fizeram uma partida eletrizante na noite desta quarta-feira, no estádio Beira-Rio, pela ida da quarta fase da Copa do Brasil. Se os colorados puderam se gabar de possuir maior posse de bola, os corinthianos tiveram a seu favor a eficiência ofensiva. No fim das contas, empate em 1 a 1, com gols de Romero e Rodrigo Dourado, e vantagem para o Timão graças ao gol marcado fora de casa que leva para Itaquera.

Com o resultado, afinal, o Corinthians se vê diante do seguinte cenário: entra em campo "classificado" na quarta-feira que vem, no duelo decisivo, na Arena. Isso porque o empate sem gols, pelo critério de gol fora de casa, é favorável ao Timão. Em caso de 1 a 1, decisão nos pênaltis. Igualdade com dois ou mais tentos para cada lado é vantajosa para os gaúchos. Se houver vencedor em Itaquera, é claro, ele é quem avança às oitavas de final.

O Corinthians, vale destacar, foi escalado com duas mudanças em relação à equipe considerada titular neste início de temporada pelo técnico Fábio Carille. Desgastados, Jadson e Jô foram vetados. Assim, o Timão entrou em campo: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Arana; Gabriel e Maycon; Romero, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Clayton.

Primeiro tempo

Corinthians e Internacional rapidamente fizeram jus à expectativa que se construiu em torno do duelo desta noite de quarta-feira: início de jogo eletrizante, com chances claras de gol para ambas as equipes.

A primeira grande oportunidade esteve nos pés de Romero. O paraguaio do Corinthians aproveitou-se de bola dividida por Rodriguinho e, cara a cara com o goleiro Marcelo Lomba, soltou a bomba no peito do arqueiro; no rebote, um chute um pouco mais desengonçado e novamente defendido.

Não demorou para o Internacional também mostrar poder de fogo. O argentino D'Alessandro cobrou escanteio venenoso, a zaga corinthiana bateu roupa, a bola resvalou em Cuesta e sobrou para Rodrigo Dourado. O volante, na base do reflexo, bateu para o gol, forçando boa defesa de Cássio.

Com o passar do tempo, porém, apesar de o jogo seguir "lá e cá", o Internacional foi quem começou a ditar o ritmo. Consequência disso foram boas oportunidades de gol com Edenílson e Brenner - esse último perdeu ao menos três chances somente nos 45 minutos iniciais.

Foi do Timão, contudo, aquela que talvez tenha sido a melhor chegada ofensiva do primeiro tempo: após bate e rebate na grande área do Internacional, Maycon apareceu como elemento surpresa e soltou o canhão. Lomba se esticou todo para fazer um milagre e espalmar a bola.

Segundo tempo

Bastaram seis minutos da etapa complementar para Romero ganhar a chance de se redimir após o gol perdido lá no início do jogo. E assim foi feito! Guilherme Arana recebeu em velocidade pela esquerda, levantou a cabeça e cruzou por baixo para o paraguaio, que se esticou para chutar a bola e estufar as redes coloradas, abrindo o placar.

Romero comemora gol marcado contra Internacional

Romero comemora gol marcado contra Internacional

Reprodução/TV

Visivelmente incomodado com o gol sofrido em casa, o Internacional partiu para o ataque. Não precisou muito para os mandantes se aproveitarem de falha individual corinthiana e empatar o jogo: D'Alessandro cruzou e Rodrigo Dourado se antecipou a Pablo, que ficou estático aguardando a chegada da bola. De cabeça, o volante carimbou a meta alvinegra.

Sentindo que o Internacional dava indícios cada vez maiores de superioridade, Fábio Carille decidiu mexer em sua equipe. Marquinhos Gabriel, que quase nada produziu, deu lugar a Giovanni Augusto. Curiosamente, logo depois Valdívia saiu do banco de reservas para, do lado colorado, também tentar mudar a escrita da partida - os meias quase se envolveram em uma troca envolvendo os clubes paulista e gaúcho no início do mês.

E foram eles quem tiveram duas das últimas grandes oportunidades de gol da noite. Valdívia deu dois dribles secos para cima de Fagner e bateu cruzado, tirando tinta da trave esquerda de Cássio. Pouco depois, foi a vez de Giovanni Augusto ser lançado e sair na cara de Lomba, mas finalizar em cima do goleiro colorado.

Ainda houve tempo para, já no apagar das luzes, em contra-ataque, o Corinthians construir uma última tentativa de gol. Rodriguinho, aproveitando-se de sobra da defesa colorada, bateu da entrada da área. A pancada foi bem defendida por Lomba, aquele que sem dúvida foi um dos principais nomes do Internacional em campo na noite desta quarta.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Internacional 1 x 1 Corinthians

  • 1000 caracteres restantes