Corinthians 78 x 71 Pinheiros - Semifinal - Liga Sul-Americana de Basquete 2019

Liga Sul-Americana de Basquete 2019 - Corinthians 78 x 71 Pinheiros

https://www.meutimao.com.br/jogo/12-11-2019/liga_sul-americana_de_basquete_2019/corinthians-78-x-71-pinheiros

02:00

2019-11-12T21:00:00

Wlamir Marques

Endereço: R. São Jorge, 777, São Paulo, SP, Brasil

Corinthians 78 X 71 Pinheiros

Liga Sul-Americana de Basquete 2019
12 de novembro de 2019, 21:00
Corinthians 78 x 71 Pinheiros
Wlamir Marques

Sobre a Partida

Fischer foi um dos nomes que iniciaram o jogo nesta terça-feira

Nesbitt comanda, Pecos brilha no fim e Corinthians vence o Pinheiros na Sul-Americana de Basquete

Uma defesa sufocante nos momentos de dificuldade e uma noite inspirada do pivô David Nesbitt resultaram em uma importante vitória da equipe diante do Pinheiros, na abertura do quadrangular semifinal da Liga Sul-Americana de basquete. O duelo, que terminou 78 a 71 para os anfitriões, foi realizado na sede do clube, no Parque São Jorge, nesta terça-feira.

O embate teve alguns momentos complicados, principalmente no começo de cada tempo, mas foi majoritariamente controlado pelos corinthianos. Nesbitt, chamando o jogo sempre que a diferença apertou, terminou a partida com 21 pontos (acertando 6 dos 10 arremessos tentados), além de sete rebotes e três assistências. Pecos, com 20, "explodiu" no último quarto. Bennett, com 14, foi o maior pontuador do Pinheiros.

Como o primeiro jogo do dia, um pouco mais cedo, terminou 116 a 60 para o Ferro Carril, da Argentina frente aos Piratas de Imbabura, do Equador, os comandados de Bruno Savignani estão na segunda colocação devido ao saldo de pontos.

Agenda - O Corinthians segue firme na busca para ir à fase decisiva do torneio justamente contra os Piratas de Imbabura. O embate será mais uma vez no Ginásio Wlamir Marques, às 21h (de Brasília) desta quarta-feira.

Os escolhidos

Procurando explorar algumas opções no seu elenco, Bruno Savignani começou a partida com um time um pouco diferente do normal. A equipe foi à quadra formada por Fischer, Vezaro, Robinson, Wesley e Nesbitt.

O jogo

Primeiro quarto começou mal para o Timão, sofrendo com a intensidade do Pinheiros na marcação. O rival acertou cinco dos primeiros seis arremessos tentados e chegou a abrir oito pontos de vantagem. Depois de uma troca tripla, porém, com Fuller, Pecos e Teichmann sendo acionados, o jogo virou.

Com boa movimentação no ataque e uma defesa mais agressiva, o Corinthians conseguiu quebrar o ritmo do adversário, impulsionado por oito pontos de Robinson. Em uma parcial de 11 a 2, fechou o quarto um à frente: 19 a 18.

O bom momento corinthiano seguiu no segundo quarto, puxado por Fuller e seu ânimo. Mas foi Humberto, mesmo zerado em pontos, quem esquentou o jogo. Uma falta em Bennett, dada como antidesportiva, causou um início de confusão e animou o público até então passivo no Parque São Jorge.

Com a galera cantando e uma formação menor, apostando no trio de armadores Fischer, Pecos e Fuller em quadra ao mesmo tempo, o time do técnico Bruno Savignani conseguiu ir para o intervalo com 41 a 36 no placar.

A volta para a segunda metade, assim como o começo do jogo, não foi boa para o Timão. O Pinheiro retomou a vantagem em 42 a 41 e, não fosse o esforço ofensivo de Nesbitt, sofrendo faltas e parando o jogo, o estrago poderia ser pior.

Depois de uma enterrada do americano e de uma roubada de bola de Vezaro, no entanto, o time voltou a ter o controle do duelo. Nesbitt ainda cravou duas de 3 para que os alvinegros fossem para o último quarto com o placar em 59 a 49.

Se Nesbitt foi o dono dos primeiros 30 minutos, o último quarto teve nome e sobrenome: Arthur Pecos. O armador controlou o ritmo e fez cestas de todos os jeitos possíveis: bola de 3 depois do drible, bandeja rasgando a defesa, contra-ataque... Um total de 14 pontos em 9 minutos.

Teichmann, com apenas um ponto, mas uma entrega absurda na defesa (três roubadas de bola e quatro tocos), também teve papel preponderante. Nem mesmo uma forte série do Pinheiros, com faltas em sequência e até a exclusão de Wesley, muito reclamada pelos alvinegros, foi capaz de tirar a vitória. Placar final de 78 a 71 e festa da torcida.

Quem Atuou

Jogadores

  • David Ahmad Nesbitt

    Nesbitt

    Pontos: 21
    Rebotes: 8
    Assistências: 3
    Tempo em quadra: 33m13s

  • Arthur Pecos Fernandes da Silva

    Arthur Pecos

    Pontos: 20
    Rebotes: 7
    Assistências: 4
    Tempo em quadra: 25m41s

  • Tracy Terrell Robinson

    Tracy Robinson

    Pontos: 10
    Rebotes: 4
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 22m20s

  • Felipe André Vezaro

    Felipe Vezaro

    Pontos: 5
    Rebotes: 1
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 22m14s

  • Humberto Luis Gomes da Silva

    Humberto

    Pontos: 6
    Rebotes: 0
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 21m45s

  • Guilherme Frantz Teichmann

    Teichmann

    Pontos: 1
    Rebotes: 9
    Assistências: 5
    Tempo em quadra: 20m55s

  • Wesley de Castro Ferreira

    Wesley

    Pontos: 6
    Rebotes: 2
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 19m20s

  • Kyle Alejandro Fuller

    Fuller

    Pontos: 6
    Rebotes: 1
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 18m15s

  • Ricardo Fischer

    Ricardo Fischer

    Pontos: 3
    Rebotes: 0
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 16m17s

Comente a partida: Corinthians 78 x 71 Pinheiros

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!