Corinthians 1 x 0 Chapecoense - Semifinal - Copa do Brasil Sub-17 2017

Copa do Brasil Sub-17 2017 - Corinthians 1 x 0 Chapecoense

https://www.meutimao.com.br/jogo/15-11-2017/copa_do_brasil_sub-17_2017/corinthians-1-x-0-chapecoense

02:00

2017-11-15T16:30:00

Corinthians Corinthians 1 x 0 Chapecoense Chapecoense

Copa do Brasil Sub-17 2017

Sobre a Partida

Corinthians vence, confirma vaga na final e se aproxima de bicampeonato da Copa do Brasil Sub-17

Antes do jogo decisivo do time principal do Corinthians, o Sub-17 fez bonito na tarde desta quarta-feira. Diante da Chapecoense, na Arena Barueri, em São Paulo, o Timão triunfou por 1 a 0 pela volta da semifinal da Copa do Brasil e, com isso, se aproximou do bicampeonato da competição nacional. O meia Welliton marcou para os corinthianos, atuais campeões do torneio.

É importante ressaltar que o grupo da Zona Leste já entrou em campo com vantagem. Isso porque, no embate de ida, acontecido na Arena Condá, em Chapecó, os paulistas venceram com gol feito por Welliton, que voltou a aparecer nesta ocasião. Com isso, um simples empate sem gols asseguraria a garotada na finalíssima.

A equipe alvinegra, comandada pelo técnico Marcos Soares, encarou os catarinenses com duas alterações em relação ao primeiro duelo. O zagueiro Henrique Luro assumiu a posição de Léo Paraíso, e o também zagueiro Gabriel Dias deu lugar ao meio-campista Serginho.

Assim, o Timãozinho adentrou aos gramados disposto da seguinte maneira: Maltos, Luan, Henrique Luro, Ronald e Lucas Pires; Du (Riquelme) e Guilherme Gallegos; Cauã (Lucas Piton), Serginho (Vitinho) (Keverton) e Welliton ; Mascarenhas (Thiago Apolinário).

Novo Dérbi? - Na decisão do campeonato, o Corinthians enfrenta ou o arquirrival Palmeiras, ou os cariocas do Flamengo, que selam a classificação nesta quinta-feira. A chance de um Dérbi acontecer, no entanto, é bastante significativa, uma vez que o coletivo da Barra Funda ganhou na ida por 4 a 1.

Primeiro tempo

Os corinthianos iniciaram o confronto sem pressão, administrando com calma a vantagem adquirida em Chapecó. Mas não demorou muito para que o time do Parque São Jorge, caracteristicamente ofensivo, inaugurasse o marcador. Na casa dos sete minutos, o meia Welliton, em bela jogada individual, chutou rasteiro pela direita e balançou, pela segunda vez, as redes do goleiro Arthur. 1 a 0.

E o saldo positivo não impediu que os atletas alvinegros se mantivessem na busca pelo caminho do gol. O meio-campista Serginho e o lateral-direito Cauã levaram perigo ao setor defensivo adversário, que teve de mostrar trabalho embaixo dos 32º C registrados em Barueri durante o jogo.

A zaga do Corinthians foi pouco exigida. Na primeira vez em que os visitantes ofereceram algum risco o relógio já apontava 27 minutos. Após parada técnica para hidratação, o embate seguiu equilibrado, com os mandantes criando mais oportunidades. Serginho teve de deixar a partida após receber entrada forte no tornozelo e deu lugar ao também meia Vitinho.

O técnico Marcos Soares foi só sorrisos diante de sua equipe

O técnico Marcos Soares foi só sorrisos diante de sua equipe nesta quarta-feira

Reprodução/TV

Segundo tempo

Se na etapa inicial o goleiro Maltos 'só assistiu' ao duelo, os catarinenses voltaram ao segundo tempo dispostos a modificar esse cenário. Situação compreensível, dada a desvantagem em que se encontravam. Para a manutenção do placar, o camisa 1 do Timão teve de aparecer bem. O bandeirinha flagrou o ataque opositor em posição irregular por duas vezes.

O Corinthians também ameaçou. Henrique Luro e Du tiveram chances de ampliar o marcador, mas foram os adversários que cresceram no jogo. Aos 26 minutos, o time de Santa Catarina protagonizou a sua melhor oportunidade de empatar. O arqueiro alvinegro, no entanto, fez defesa difícil.

Maltos foi mais exigido no segundo tempo e apareceu muito bem

Maltos foi mais exigido no segundo tempo diante da Chape e apareceu muito bem

Reprodução/TV

Pouco depois, um lance envolvendo Luan gerou discussão. Dentro da área, em disputa com Dudu, o lateral corinthiano caiu e encostou o braço direito na bola. O árbitro não assinalou nada e mandou o confronto seguir.

Ainda houve tempo para que Vitinho desse belo passe para o atacante Giovanny, que chegou bem dentro da área e viu a pelota passar muito perto as redes de Arthur. Bruno, em tentativa fracassada, quis encobrir o goleiro Maltos, sem sucesso. Com esse panorama, o Corinthians ouviu o apito final e comemorou a classificação à final da Copa do Brasil.

Comente a partida: Corinthians 1 x 0 Chapecoense

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes