Paulista 2018 - Red Bull Brasil 1 x 1 Corinthians

Paulista 2018 - Red Bull Brasil 1 x 1 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/19-02-2018/paulista_2018/red_bull_brasil-1-x-1-corinthians

02:00

2018-02-19T20:00:00

Corinthians Corinthians 1 x 1 Red Bull Brasil Red Bull Brasil

Paulista 2018

Sobre a Partida

Defesa bate cabeça, e Corinthians tropeça diante do Red Bull em noite de gols contra

Não foi nesta noite de segunda-feira que o Corinthians pôs fim à sua série sem vencer. Diante do Red Bull Brasil, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, o Timão empatou por 1 a 1 em noite marcada por dois gols contra: do zagueiro Tiago Alves e do lateral-esquerdo Juninho Capixaba.

Três foram as mudanças de Carille para a partida em relação à derrota para o São Bento, duas por opção técnica: saíram Gabriel e Jadson, pendurados, para as respectivas entradas de Renê Júnior e Camacho; Marquinhos Gabriel, com lesão no joelho direito, deu lugar a Clayson.

Assim, o Timão entrou em campo com Cássio, Fagner, Balbuena (capitão), Henrique e Juninho Capixaba; Renê Júnior e Camacho; Romero, Rodriguinho e Clayson; Júnior Dutra.

Formação do Corinthians que começou duelo no Moisés Lucarelli

Formação do Corinthians que começou duelo no Moisés Lucarelli

Meu Timão

Sobre Renê Júnior, aliás, o volante fez sua estreia como titular. Contratado da Ponte Preta, ele atuou à frente da defesa, como primeiro homem de marcação, e teve desempenho regular.

Do outro lado, o Red Bull Brasil, comandado pelo técnico Ricardo Catalá, teve a seguinte formação diante do atual campeão paulista: Julio Cesar, Éverton Silva, Anderson Marques, Tiago Alves e Breno Lopes; André Castro, Éder e Claudinho; Eder Luis, Ricardo Bueno e Deivid.

Goleiro Julio Cesar, multicampeão pelo Timão, cumprimentou Carille antes de a bola rolar

Goleiro Julio Cesar, multicampeão pelo Timão, cumprimentou Carille antes de a bola rolar

Reprodução/Premiere

O próximo compromisso do Corinthians está marcado para sábado. Na Arena Corinthians, a equipe alvinegra recebe o arquirrival Palmeiras, às 17h, pelo primeiro Dérbi de 2018. O Timão soma 13 pontos e lidera o grupo A do Paulistão com quatro pontos de vantagem sobre o Bragantino, vice, que tem nove.

O jogo

Com dois homens de marcação no meio de campo, a proposta do Corinthians nos primeiros minutos de jogo era evidente: ter a posse da bola por maior tempo e criar oportunidades de gol na base da troca de passes, sem acelerar o tempo todo. Só que a postura adotada pelo Red Bull Brasil permitiu ao Timão puxar contra-ataque e quase abrir o placar já no primeiro minuto de duelo.

Tudo começou com Cássio. Após defender finalização, o goleiro repôs a bola em jogo lançando Júnior Dutra no lado direito. O atacante partiu em velocidade, puxou para o meio e encontrou Rodriguinho na entrada da área. Coube ao meia dominar e arrematar de canhota, exibindo boa defesa do goleiro e multicampeão corinthiano Julio Cesar, hoje jogador do Red Bull.

O Corinthians viria a incomodar pouco depois, aos quatro minutos, quando Clayson recebeu em condição e finalizou de pé direito. À queima-roupa, Julio Cesar desviou de cabeça e evitou o primeiro do Timão em Campinas. A equipe de Fábio Carille fazia aquilo que seu treinador vinha pedindo ao longo das últimas semanas: menos erros de passe, mais domínio do jogo, triangulações e finalizações a gol.

Renê Júnior, surpresa na escalação corinthiana e estreante da noite, não comprometeu e teve boa participação como primeiro homem de marcação. O volante, contratado por R$ 5 milhões (valor correspondente às luvas pelo contrato firmado), desarmou alguns contra-ataques dos mandantes e organizou o Timão quando necessário.

O primeiro tempo se resumiu a um Corinthians disposto a forçar jogadas de ataque, mas com pouca inspiração para marcar. Até por isso, Fábio Carille optou por mexer na equipe logo durante o intervalo, sacando Camacho para a entrada de Maycon.

A alteração parecia dar sorte à equipe alvinegra, que não demorou a fazer a alegria da Fiel presente no Moisés Lucarelli. Aos seis minutos, Clayson dominou na esquerda e arrematou rasteiro em direção à área do Red Bull. O zagueiro Tiago Alves, ao tentar bloquear a finalização, desviou contra a própria meta, colocando o Corinthians na frente do marcador.

Clayson comemorou gol diante do Red Bull como se fosse dele

Clayson comemorou gol diante do Red Bull como se fosse dele

Reprodução/Premiere

Só que a já citada alegria da Fiel durou pouco. Aos 22 minutos, após cruzamento da esquerda, Cássio saiu mal, Juninho Capixaba cabeceou em direção ao próprio gol e Henrique bem que tentou, mas não conseguiu evitar o tento contra. O Red Bull empatava o jogo em Campinas diante de um Timão angustiado por uma vitória.

Carille tentou no banco de reservas encontrar o caminho da vitória, dando oportunidade a Gabriel e Emerson Sheik. Pouco para quem vinha de duas derrotas e aspirava vencer a fim de ganhar confiança para o Dérbi de sábado...

A se destacar, o Corinthians chegou a balançar a rede do adversário campineiro pela segunda vez, com Rodriguinho. Mas o árbitro Vinicius Furlan viu falta de Emerson Sheik no início da jogada e anulou o gol que poderia dar o triunfo aos visitantes.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Red Bull Brasil 1 x 1 Corinthians

  • 1000 caracteres restantes
  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Rodrigo

    Rodrigo 3 comentários

    5º. por @rodrigo.devetak

    Não acredito que um goleiro chamado pra seleção comete falhas desse jeito.. Para min foi falha do Cássio de novo... Ele sai muito mal do gol... Já fez muito para nosso Timão... Mas ultimamente está muito mal.. Não é possível que ninguém enxergue isso... Falhou nesse e nos jogos anteriores... E quando fica no gol.. O adversário entra dentro da pequena área, pra fazer o gol e ele(Cássio) cai com bola e tudo pra dentro do gol.. Nunca vi isso um profissional cometer.. Tantas falhas em jogos sequências e ninguém falar nada ou fazer.. Presta atenção Carille...

  • Foto do perfil de Carlos

    Carlos 1 comentário

    4º. por @carlos.alcantara1

    J.Capixaba esse cara precisa muito evoluir bons tempos quando tiamos, Fábio Santos, André Santos, Wendel, Roberto Carlos, Guilherme Arana, e até mesmo o jogador Moisés que o Corinthians está fazendo essa burrada de empresta ao Botafogo o moleque quando joga dar o seu melhor e merecia uma chance no Corinthians

  • Foto do perfil de Rogério

    Ranking: 1113º

    Rogério 809 comentários

    3º. por @rogerackbar

    Juninho Capixaba não vem jogando nada.

  • Foto do perfil de Lucas

    Ranking: 7509º

    Lucas 87 comentários

    2º. por @lucas.de.souza.oliv1

    Jogamos do jeito que tinha que ser até fazer o primeiro gol, a partir daí veio o erro, recuar de mais esperando uma bola pra fazer o segundo, após abrir o placar a postura de cadenciar o jogo deve se manter, recuar dando a bola para o adversário é um grande risco, bem melhor é quando tocamos bola e mantemos a posse. Contra-ataque é bom nos momentos certos, e não o jogo todo a partir do momento que tiver a vantagem, isso deve ser repensado!

  • Foto do perfil de Gabriel

    Gabriel 24 comentários

    1º. por @gabriel.liuti

    Carille tá brincando!