Corinthians 1 x 1 Ferroviária - Quartas-de-final - Paulista 2019

Paulista 2019 - Corinthians 1 x 1 Ferroviária

https://www.meutimao.com.br/jogo/27-03-2019/paulista_2019/corinthians-1-x-1-ferroviaria

02:00

2019-03-27T21:30:00

Arena Corinthians

Endereço: Avenida Miguel Ignácio Curi, São Paulo, SP, Brasil

Corinthians 1 X 1 Ferroviária

Paulista 2019
Corinthians 1 x 1 Ferroviária
Arena Corinthians

Sobre a Partida

Corinthians empate no tempo normal, mas despacha Ferroviária nos pênaltis e vai à semifinal

Após empate no primeiro jogo das quartas, Corinthians e Ferroviária se reencontraram na Arena com a necessidade de vencer para avançar. Em nova partida equilibrada, porém, as equipes voltaram a ficar no 1 a 1, levando a decisão para os pênaltis - o gol alvinegro foi marcado por Júnior Urso.

Nas penalidades, o Timão levou a melhor, vencendo por 4 a 3 e garantindo vaga na semifinal do torneio estadual - Cássio defendeu uma cobrança. O rival da próxima fase é o Santos.

Como jogamos

Ao término da primeira partida das quartas, o técnico Fábio Carille não escondeu a insatisfação com o rendimento alvinegro dentro de campo. Para o jogo desta quarta, então, o comandante resolveu fazer três alterações.

Opção durante o segundo tempo em Araraquara, Gustavo voltou ao time titular. Também ganharam vaga o meia Jadson e o atacante Vagner Love. Sendo assim, o Corinthians entrou em campo com Cássio; Michel, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Júnior Urso e Jadson; Love, Gustavo e Clayson.

Corinthians veio com novidades para o jogo desta quarta-feira

Meu Timão

A Ferroviária, por sua vez, veio para a Arena Corinthians com Tadeu, Diogo Mateus, Rayan, Rodrigão, Arthur, Anderson Uchoa, Tony, Léo Arthur, Diego Gonçalves, Felipe Ferreira e Thiago Santos.

Primeiro tempo

O jogo não começou da maneira que a torcida presenta na Arena esperava. Muito recuado e com dificuldades para sair jogando, o Timão permitiu que a Ferroviária circulasse muito a bola, tomando conta das ações da partida. Apesar da posse de bola, no entanto, os visitantes não conseguiam achar espaços na defesa alvinegra - Manoel, bem, rebatia quase todas as bolas.

Com o embate mais equilibrado, tentando retomar aos poucos a posse, o Corinthians não demorou a criar. Aos 16 minutos, Michel Macedo cruzou bem e achou Gustavo na área. De forma espetacular, o camisa 19 subiu mais alto que a defesa e quase abriu o placar.

Mesmo com a boa chance, o Timão seguiu encontrando dificuldades para criar. A Ferroviária deixou Ralf ter a bola, tirando Jadson do jogo com marcação forte. O camisa 15, por característica, não conseguia dar sequências as jogadas.

O panorama começou a mudar aos 31 minutos. Em falta sofrida por Clayson, muito participativo no jogo, Jadson cruzou para Gustavo balançar as redes. A comemoração da Fiel logo foi esfriada pela bandeira do auxiliar, que denunciou impedimento do atacante - o lance foi confirmado pelo VAR.

Gustavo estava mesmo impedido ao marcar gol no primeiro tempo

Gustavo estava mesmo impedido ao marcar gol no primeiro tempo

Reprodução/TV

O tento anulado acordou o Corinthians. No lance seguinte, Love dominou de peito e bateu forte de canhota, arrancando um sonoro "uh" dos torcedores. Um minuto depois, o placar enfim se movimentou.

Em bela jogada pela esquerda, Clayson partiu para cima da marcação e rolou para Júnior Urso, chegando livre de trás, marcar seu terceiro gol a camisa alvinegra. O Timão quase ampliou nos minutos finais da primeira etapa, com nova cabeçada de Gustavo, que parou no goleiro Tadeu - o cruzamento foi novamente de Michel Macedo.

Segundo tempo

Mesmo com a vantagem no placar, o Corinthians voltou do intervalo dando indícios de que queria mais. Logo nos primeiros minutos, chegou com Gustavo, que foi desarmado dentro da área, e com Ralf, que atacou de ponta direita e arriscou cruzamento.

Depois dos lances, a equipe alvinegra se manteve em cima, pressionando a saída de bola da Ferroviária, que conseguiu jogar com facilidade na etapa inicial. A marcação originou algumas boas jogadas, que acabaram não sendo concretizadas em gol.

Em cima do adversário, o Corinthians quase ampliou aos oito minutos, em boa finalização de Michel Macedo pela direita. No lance seguinte, os visitantes tentaram sua primeira jogada e assustaram Cássio com chute forte de longe.

Com o tempo passando, o ímpeto alvinegro na marcação caiu, permitindo que a Ferroviária voltasse a gostar do jogo, rodando bem a bola e criando algumas oportunidades. Cássio, porém, estava atento na mais perigosa delas, afastando o perigo com um soco para cima.

A insistência do time de Araraquara, porém, deu resultado. Aos 15 minutos, Thiago Santos aproveitou finalização de Diogo Mateus para desviar e empatar a partida. Imediatamente, Carille armou sua primeira troca para tentar reagir: sacou Jadson, sumido em campo, e colocou Sornoza, que vinha sendo titular.

Na sequência, aos 25, foi a vez de Ralf deixar o gramado para dar lugar a Pedrinho. Com a troca, Vagner Love ficou ainda mais perto de Gustavo, enquanto Júnior Urso passou a atuar como primeiro volante.

Com velocidade nas pontas, o Timão se lançou ao ataque. Em uma primeira arrancada, Pedrinho animou a Fiel, mas errou o passe. No lance seguinte, uma chance inacreditável. Em escanteio, Henrique testou forte e Tadeu, da Ferroviária, salvou na linha. Alguns torcedores chegaram a gritar gol na Arena.

E a bola aérea ofensiva seguiu sendo uma boa válvula de escapa para o Corinthians. Pouco depois do escanteio, Henrique apareceu bem de novo e cabeceou forte, passando perto de marcar o segundo tento alvinegro.

Corinthians não achou o caminho do gol na segunda etapa

Corinthians não achou o caminho do gol na segunda etapa

Reprodução/TV

Com o apito final se aproximando, as equipes começaram a demonstrar sinais de cansaço, diminuindo o ritmo da partida. Tentando um último sangue novo na equipe, Carille lançou Mauro Boselli no lugar de Vagner Love, aos 37 minutos da segunda etapa.

Na reta final do embate, os times passaram a arriscar mais, mas sem efetividade para finalizar. A melhor chance para o Timão veio com Boselli. Após casquinha de Gustavo, o argentino encheu o pé e mandou a bola por cima. Na sequência, Sornoza soltou uma bomba e arrancou suspiros dos corinthianos. O empate, porém, permaneceu no placar.

Pênaltis

Na primeira cobrança para a Ferroviária, Tony isolou, enchendo a Fiel presente na Arena de alegria. Quem abriu as penalidades para o Timão foi Gustavo, que bateu bem para colocar a equipe alvinegra na frente do placar.

Na segunda cobrança, apareceu o nome de Cássio. O arqueiro pulou bem para defender a cobrança de Thiago Santos e dar ainda mais esperança aos torcedores. O segundo a bater pelo Corinthians foi Clayson, que não decepcionou e ampliou: 2 a 0.

O terceiro a bater pela Ferroviária foi Uilliam, que bateu bem e marcou o primeiro dos visitantes. Na sequência, Avelar parou em Tadeu e a vantagem alvinegra caiu para um gol apenas.

Igor, o quarto batedor da Ferroviária, também marcou, empatando o confronto. O Timão, porém, retomou a vantagem com cobrança bem feita por Mauro Boselli: 3 a 2 para os comandados de Carille.

Na quinta cobrança dos visitantes, o goleiro Tadeu encheu o pé e empatou a partida, colocando a decisão nos pés de Pedrinho. O camisa 38 bateu bem e garantiu a vaga alvinegra na semifinal do Paulistão.

Ficha técnica de Corinthians 1 x 1 Ferroviária

Competição: Campeonato Paulista
Local: Arena Corinthians, São Paulo, SP
Data: 27 de março de 2019 (quarta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro e Luiz Alberto Andrini Nogueira
Árbitro de vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira, Fabrício Porfirio de Moura e Vinicius
Gols: Júnior Urso (Corinthians); Thiago Santos (Ferroviária)
Cartões amarelos: Danilo Avelar (Corinthians); Diogo Mateus e Thiago Santos (Ferroviária)
Público: 34.232 pagantes (público total: 34.488)
Renda: R$ 1.208.153,00

CORINTHIANS: Cássio; Henrique, Manoel, Michel Macedo, Danilo Avelar, Ralf (Pedrinho), Júnior Urso, Jadson (Sornoza), Vagner Love (Mauro Boselli), Clayson e Gustavo.
Técnico: Fábio Carille

FERROVIÁRIA: Tadeu; Diogo Mateus (Alisson), Rayan, Rodrigão e Arthur; Anderson Uchoa, Tony e Léo Arthur (Higor Meritão); Felipe Ferreira (Uilliam), Diego Gonçalves e Thiago Santos.
Técnico: Vinicius Munhoz

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 1 x 1 Ferroviária