Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama - Brasileiro 2019

Brasileiro 2019 - Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama

https://www.meutimao.com.br/jogo/29-09-2019/brasileiro_2019/corinthians-1-x-0-vasco_da_gama

02:00

2019-09-29T11:00:00

Arena Corinthians

Endereço: Avenida Miguel Ignácio Curi, São Paulo, SP, Brasil

Corinthians 1 X 0 Vasco da Gama

Brasileiro 2019
Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama
Arena Corinthians

Sobre a Partida

Ralf marca, Corinthians vence o Vasco e segue no pelotão de cima do Campeonato Brasileiro

Com o amargo sabor da eliminação na Copa Sul-Americana, o Corinthians voltou a campo na manhã deste domingo e conseguiu um bom resultado. Na Arena, em Itaquera, a equipe de Fábio Carille recebeu o Vasco e venceu por 1 a 0, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol alvinegro na partida foi marcado pelo volante Ralf.

Assim, o Timão chegou aos 38 pontos e assumiu momentaneamente a quarta posição da competição nacional. A distância para o líder, então, está mantida, já que o Flamengo jogou neste sábado: 11 pontos separam as duas equipes.

Agenda alvinegra

  • O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, às 19h15, contra a Chapecoense, na Arena Condá, em jogo adiado válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Escalação

Fábio Carille se viu forçado a realizar uma alteração em sua equipe. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Vagner Love não ficou à disposição e deu lugar a Clayson no ataque do Corinthians.

Assim, o Timão voltou ao esquema 4-2-3-1 e iniciou a partida com Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf e Ramiro (Júnior Urso); Pedrinho, Sornoza e Clayson; Boselli.

Escalação- Timão

Meu Timão

O Vasco, por sua vez, foi a campo com Fernando Miguel; Yago Pikachu, Werley, Leandro Castan e Danilo Barcelos; Bruno Gomes, Raul e Marcos Junior; Rossi, Talles Magno e Ribamar.

Primeiro tempo

Em busca de se reerguer na temporada, o Corinthians controlou a partida durante os primeiros minutos, mas não encontrou espaços na defesa do Vasco, que se fechava bem e estudava a equipe corinthiana.

Com isso, a primeira chegada ao ataque veio somente aos dez minutos. Após falta cobrada por Sornoza, Boselli desviou e Fernando Miguel, que saiu muito mal da meta, se atrapalhou todo e viu a bola desviar em Ribamar antes de parar nas redes.

Inicialmente, o auxiliar assinalou impedimento de Manoel, que teve participação direta na jogada. Depois do árbitro ir até a cabine do VAR, porém, ele viu falta justamente do zagueiro corinthiano em Fernando Miguel e anulou o tento.

Aos 23, Sornoza deu um lindo passe para Pedrinho, que dominou e partiu para cima da marcação adversária. Em seguida, chutou de direita, mas sem a força desejada - algo que facilitou a defesa do arqueiro.

Com muita marcação e poucas chances criadas para os dois lados, o nível de intensidade da partida foi caindo com o passar do tempo. Tanto que a próxima finalização só sairia aos 38 minutos, com o time carioca.

Depois de bola lançada para o ataque, Manoel foi para o bote e acabou furando. Com isso, Ribamar ficou com a sobra, arrancou sozinho até a grande área e isolou na hora do chute.

Já nos acréscimos, mais precisamente aos 51 minutos, Sornoza encontro Pedrinho na entrada da grande área, que finalizou e acompanhou a bola, sem força, parar nas mãos de Fernando Miguel.

Assim, as equipes foram para o vestiário com empate por 0 a 0 no placar.

Segundo tempo

Depois de um primeiro tempo bem ruim, Fábio Carille mexeu em sua equipe e o Corinthians voltou do intervalo com Jadson no lugar de Ramiro. Sendo assim, Sornoza se tornou uma espécie de segundo volante.

Apesar da alteração, a etapa final seguiu com a mesma cara dos 45 minutos iniciais. Em um jogo bastante truncado e estudado, o Vasco chegou a balançar as redes aos cinco minutos. Danilo Barcelos cobra falta na área e Werley marca o gol. O árbitro, depois de validar o tento, assinalou impedimento com auxílio do VAR.

Cinco minutos depois, Rossi quase marcou para o Vasco, mas a bola passou rente a trave esquerda de Cássio. Em seguida, Carille promoveu a segundo troca em sua equipe. O meia Sornoza deixou o campo e deu lugar a Mateus Vital.

O Corinthians, apesar do bom momento do Vasco, abriu o placar aos 13 minutos. Pedrinho cruzou, mas a defesa rival afastou e a bola sobrou para Ralf. O volante tocou para Boselli, que fez pelo pivô e devolveu para Ralf, que bateu de primeira e marcou o primeiro gol da partida.

A intensidade da partida diminuiu após o tento alvinegro. Não à toa, o Vasco só voltou a levar perigo aos 35. Após chutão de Ralf, a bola desviou em Gil e obrigou Cássio a fazer uma grande defesa e salvar o Timão do gol de empate.

Na sequência, o treinador promoveu sua última mudança e o atacante Gustavo entrou na vaga de Boselli. E não demorou para a troca quase mudar a cara da partida.

Após belo passe de Vital, Pedrinho armou contra-ataque e encontrou Gustavo livre na entrada da grande área. O centroavante, porém, parou no goleiro vascaíno nas duas tentativas de finalização.

Teve tempo para Manoel e Jadson oferecer perigo ao Vasco, mas ambos pararam em Fernando Miguel. Cássio, inclusive, salvou o Corinthians do gol de empate nos acréscimos.

No apagar das luzes em Itaquera, Vital encontra Jadson na entrada da área, que arrisca e amplia o placar para o Timão. O árbitro, no entanto, novamente usou o VAR e anulou o tento por impedimento de Vital.

Fim de papo na Arena Corinthians! A equipe de Fábio Carille venceu o Vasco por 1 a 0 e assume momentaneamente a quarta colocação do Brasileirão.

Ficha técnica de Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Arena Corinthians, São Paulo, SP
Data: 29 de setembro de 2019 (domingo)
Horário: 11h00 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Ricardo Junio de Souza
Gol: Ralf (Corinthians)
Cartões amarelos: Cássio, Mauro Boselli e Jadson (Corinthians); Yago Pikachu, Leandro Castan, Danilo Barcelos, Bruno Gomes e Raul (Vasco da Gama)
Público: 37.091 pagantes (público total: 37.360)
Renda: R$ 1.891.029,50

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf e Ramiro (Jadson); Sornoza (Mateus Vital), Pedrinho e Clayson; Mauro Boselli (Gustavo).
Técnico: Fábio Carille

VASCO DA GAMA: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Werley, Leandro Castan e Danilo Barcelos; Bruno Gomes, Raul (Marrony), Marcos Jr. (Marquinho) e Rossi (Clayton); Ribamar e Talles.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama