Red Bull Bragantino 4 x 3 Corinthians - Brasileiro de Aspirantes 2020

Brasileiro de Aspirantes 2020 - Red Bull Bragantino 4 x 3 Corinthians

Partida de futebol entre Red Bull Bragantino 4 x 3 Corinthians nBrasileiro de Aspirantes 2020

https://www.meutimao.com.br/jogo/4499/brasileiro_de_aspirantes_2020/red_bull_bragantino-4-x-3-corinthians

02:00

2020-12-17T15:00:00

1000

CFA Red Bull

Endereço: Estrada Municipal João Lúcio Prado, Km 10, 21500, Jarinu, SP, Brasil

Sobre a Partida

Corinthians Sub-23 abre boa vantagem, mas cede virada ao Red Bull no segundo tempo pelo Brasileirão

A equipe Sub-23 do Corinthians acabou derrotada pelo Red Bull Bragantino na tarde desta quinta-feira, pelo Brasileirão de Aspirantes. Depois de abrir boa vantagem fora de casa, os corinthianos caíram de produção no segundo tempo e cederam a virada para os donos da casa por 4 a 3.

O Corinthians abriu o placar com 30 segundos de jogo e soube administrar o resultado até a metade do primeiro tempo. Depois do empate, o Timão foi superior aos donos da casa e mesmo perdendo boas oportunidades conseguiu o 3 a 1 ainda no primeiro tempo. Já o segundo tempo foi dominado pelos donos da casa, que pressionaram e buscaram a virada.

Com o resultado, o Corinthians segue com cinco pontos conquistados em cinco jogos nessa fase do torneio e deixa a decisão de seguir ou não na competição para o último jogo.

Agenda do Sub-23: o Corinthians volta a entrar em campo pela última rodada da segunda fase do Brasileiro de Aspirantes na próxima segunda-feira dia 21. Às 15h, o Timão recebe na Fazendinha o Juventude, adversário direto por uma vaga na próxima fase.

Os titulares

Para a partida decisiva para a sequência do Timão no campeonato, Edson leivinha escalou o Corinthians com Guilherme Vicentini, Igor Marques, Igor Morais, Felipe Torres, Raul Gustavo, Luan Vitor, Roni, Hugo, Warian, Antony e Daniel Penha.

Escalação Sub-23 contra o Bragantino

Meu Timão

O Red Bull Bragantino, por sua vez, começou a partida com Leonardo, Guilherme, Christian, Cesar, Emanuel, Venicio, Luis Phelipe, Eliton Jr., Bruno, Wagner e Chrigor.

E o jogo?

Primeiro tempo

O Corinthians deu a saída de bola no meio de campo e logo no primeiro lance já abriu o placar. Aos 30 segundo de jogo, Hugo recebeu o passe na esquerda, dominou e tocou de calcanhar para Luan Vitor na entrada da área. O camisa 6 se livrou da marcação e bateu no canto para colocar o Timão na frente.

Dois minutos depois, o Red Bull levou perigo na finalização de fora da área. A bola explodiu na trave e seguiu viva na área, mas acabou afastada pela defesa. Pouco depois, o lançamento longo do Corinthians no ataque não chegou até Antony, fazendo o goleiro deixar o gol para interceptar o passe, mas a sobra foi corinthiana e o camisa 9 tentou por cobertura, mas a bola foi para fora.

O Corinthians voltou a levar perigo com Antony. O corinthiano recebeu o passe na entrada da área, invadiu e bateu na saída do goleiro, que fez a defesa. A sobra foi corinthiana e a nova finalização, agora da entrada da área, foi rasteira e ficou nas mãos de Leonardo.

Mesmo pressionado pelo Timão, o Red Bull conseguiu o empate aos 20 minutos. Em cobrança de falta próxima da marca do escanteio, a bola desviou na barreira corinthiana e sobrou nos pés de Guilherme, que chutou firme sem chance de defesa para o goleiro corinthiano.

Os donos da casa tiveram a oportunidade de virar o jogo com Chrigor em cobrança de pênalti cometido por Igor Morais, mas o goleiro Guilherme cantou o canto certo da cobrança adversária e fez boa defesa para manter o placar no 1 a 1.

Na reta final do primeiro tempo, o Corinthians teve uma ótima oportunidade com Hugo, que perdeu um "gol feito". O corinthiano recebeu bom cruzamento rasteiro de Igor Marques em vantagem sobre a linha defensiva e tentou a finalização no ângulo, mas mandou a bola por cima do gol.

Apesar do gol desperdiçado, o Corinthians conseguiu seu segundo gol ainda no primeiro tempo. Daniel Penha conseguiu boa infiltração entre a zaga do Red Bull e recebeu ótimo passe de Hugo, ficando cara a cara com o goleiro. O corinthiano driblou o arqueiro e empurrou para o fundo da rede para recolocar o Timão em vantagem.

No último lance, o Timão ampliou. Depois de duas assistências e um gol desperdiçado, Hugo enfim balançou a rede. O camisa 7 recebeu o passe no campo de ataque, avançou e driblou o marcador na entrada da área, batendo no canto esquerdo. 3 a 1 e times para o vestiário!

Segundo tempo

O Corinthians viu o Red Bull Bragantino voltar para o segundo tempo com uma alteração e bastante pressão em busca de gols já que a derrota ia eliminando a equipe da competição. Aos dez minutos, no entanto quem quase marcou foi o Timão. Antony aproveitou a falha da defesa para ficar cara a cara com o goleiro e finalizou no canto, mas mandou a bola pela linha de fundo.

Os donos da casa chegaram com bastante perigo com Chrigor, que driblou a marcação, entrou na área e finalizou, mas direto para fora. Na sequência, o Red Bull perdeu ótima oportunidade. Wagner finalizou de longe, a bola explodiu no travessão e sobrou com Eliton, que finalizou de cabeça livre, mas para fora.

Edson Leivinha mudou o Corinthians pela primeira vez com pouco mais de 20 minutos, em busca de um time mais ofensivo: Antony deixou o campo para a entrada de Emerson Sousa.

O segundo gol do Red Bull aconteceu depois de boa troca de passes na entrada da área corinthiana. Iago recebeu entre a defesa e bateu no canto na saída de Guilherme para diminuiu. O zagueiro corinthiano ainda tentou tirar a bola em cima da linha, mas não conseguiu.

Pouco depois, um lance inesperado deixou o Corinthians com um jogador a menos e o Red Bull com um pênalti a seu favor. Raul Gustavo agrediu Wagner dentro da área e acabou expulsão. Iago foi o responsável pela cobrança que deixou o placar igualado em 3 a 3.

Em nova boa chegada dos donos da casa, Chrigor recebeu em boa condição, se livrou da marcação e finalizou de dentro da área, mas mandou por cima do gol. Na jogada seguinte, o Corinthians perdeu a bola no canto de defesa e a nova finalização passou perto da trave, mas foi para fora.

O Corinthians perdeu mais uma boa oportunidade, agora com Igor Marques. O corinthiano tabelou dentro da área e ficou cara a cara com o goleiro, que fez a defesa. No lance seguinte, Leivinha fez duas mudanças no Corinthians: Hugo e Luan Vitor saíram para as entradas de Reifit e Jonathan.

Ainda deu tempo dos donos da casa chegarem com perigo em outras duas oportunidades, que acabaram em defesas do Guilherme. Em um contra-ataque, Roni fez boa jogada e quase conseguiu o quarto gol, mas Leonardo também fez boa defesa. No último lance, Igor Morais cometeu pênalti em Chrigor e Wagner converteu - Guilherme caiu na bola, mas não evitou o gol.

Ficha técnica de Red Bull Bragantino 4 x 3 Corinthians

Competição: Campeonato Brasileiro de Aspirantes
Local: Centro de Formação de Atletas do Red Bull Brasil, Jarinu, SP
Data: 17 de dezembro de 2020 (quinta-feira)
Horário: 15h00 (de Brasília)
Árbitro: Pietro Dimitrof Stefanelli
Assistentes: Alberto Poleiro Masseira e Fabrício Porfírio de Moura
Gols: Iago (duas vezes), Guilherme e Wagner (Red Bull Bragantino); Luan Vitor, Hugo Borges, Daniel dos Santos (Corinthians)
Cartões amarelos: Christian e Emanuel (Red Bull Bragantino); Igor Morais, Felipe Torres e Yuri Souza (Corinthians)
Cartão vermelho: Raul Gustavo (Corinthians)

RED BULL BRAGANTINO: Leonardo; Guilherme (Patrick), Christian, Cesar, Emanuel, Venicio (Iago), Luis Phelipe (Marcos), Eliton Jr., Bruno (Joao), Wagner e Chrigor.

CORINTHIANS: Guilherme Vicentini; Igor Marques, Igor Morais, Felipe Torres, Raul Gustavo, Luan Vitor (Jonathan Lessa), Hugo Borges (Reifit), Warian (Yuri Souza), Antony (Emerson), Daniel dos Santos e Roni.
Técnico: Edson Leivinha

Comente a partida: Red Bull Bragantino 4 x 3 Corinthians

x