Corinthians 96 x 70 Brasília Basquete - NBB 2020

NBB 2020 - Corinthians 96 x 70 Brasília Basquete

Partida de futebol entre Corinthians 96 x 70 Brasília Basquete nNBB 2020

https://www.meutimao.com.br/jogo/4757/nbb_2020/corinthians-96-x-70-brasilia_basquete

02:00

2021-02-28T12:00:00

5000

Ginásio Hugo Ramos

Endereço: Avenida Professor Ismael Alves dos Santos, 560, Mogi das Cruzes, SP, Brasil

Corinthians 96 X 70 Brasília Basquete

NBB 2020
28 de fevereiro de 2021, 12:00
Corinthians 96 x 70 Brasília Basquete
Ginásio Hugo Ramos

Sobre a Partida

Corinthians dominou o Brasília na tarde deste domingo

Corinthians domina Brasília em ótimo jogo, engata segunda vitória e torna positiva campanha no NBB

O Corinthians fez uma partida praticamente impecável diante do Brasília, na tarde deste domingo, pelo Novo Basquete Brasil. Dominando completamente os adversários, o Corinthians deixou o Ginásio Hugo Ramos com a vitória por 96 a 70.

A equipe de Demétrius saiu atrás no placar, mas com poucos minutos de jogo conseguiu a virada e não deixou mais a frente do marcador. A cada quarto o Corinthians aumentava a vantagem, confirmando ainda mais sua superioridade nos dois tempos finais.

Em grande parte do último quarto, inclusive, o treinador Demétrius deixou apenas os jovens em quadra, que mantiveram o bom ritmo de jogo. Com o triunfo, o Corinthians torna sua campanha no NBB positiva: agora são 11 derrotas e 12 vitórias na competição, totalizando 35 pontos conquistados.

Os destaques da partida ficam por conta de Fuller, Fischer e Malcolm Miller. O Gringo da Favela foi o cestinha da partida, com 22 pontos, e deu duas assistências; o camisa 1 foi líder de assistências, com 11, e terceiro maior pontuados, com 10 pontos; Miller, por sua vez, foi o segundo na lista de pontuadores, com 11 pontos.

Agenda alvinegra: agora o Corinthians tem a semana cheia de trabalho e volta a entrar em quadra só no próximo sábado. Às 16h, o Timão enfrenta o Fortaleza, no Ginásio Hugo Ramos, na briga direta por uma vaga na parte de cima da tabela.

Escalação!

O Corinthians teve dois desfalques para a partida. Com dores no pulos, Lucas Siewert seguiu fora de quadra, assim como Gegê, liberado pelo clube para cuidar da sua mulher, que testou positivo para a Covid-19.

Assim, o treinador Demétrius escalou a equipe alvinegra com Fischer, Fuller, Malcolm Miller, Arthur e Renato Carbonari. Do outro lado, o Brasília começou o jogo com Pedrinho, Nezinho, Arthur, Laster e Caio Torres .

E o jogo, como foi?

Primeiro quarto

O Corinthians saiu atrás no marcador, mas respondeu rápido com Fischer e Renato. Com pouco mais de três minutos, depois de ficar na cola no placar, o Timão tomou a frente do marcador com cesta de três de Fuller - 10 x 8.

Malcolm Miller conseguiu outra cesta de três pouco depois e aumentou a diferença para cinco pontos, mas Nezinho diminuiu para dois aos cinco minutos de jogo. O Corinthians, no entanto, tinha boa presença ofensiva e voltou a pontuar com Yan Djalo, em enterrada.

Mantendo o bom desempenho e o aproveitamento ofensivo, o Timão terminou o primeiro quarto em vantagem por 24 a 16.

Segundo quarto

O Corinthians voltou bastante ligado para a partida e dava pouco espaço de jogo aos adversários. Com cinco minutos, o placar indicava 36 a 24 para o Corinthians. Fuller, Fischer e Pedro Nunes eram os destaques da equipe alvinegra, comandando as jogadas ofensivas.

Aos sete minutos, o treinador corinthiano pediu tempo após duas cestas seguidas dos adversários. E o pedido de tempo resolveu: o Timão voltou pressionando e logo pontuou, colocando 39 a 31 no placar.

Nos minutos finais, Fuller e Fischer engataram boa sequência. Com duas assistências do camisa 1, o Gringo da Favela conseguiu duas cestas seguidas de três e encaminhou o placar final do quarto em 47 a 31.

Terceiro quarto

Como tem acontecido em várias das partidas do Corinthians, a equipe alvinegra voltou desligada do intervalo. O Brasília, então, não perdeu as oportunidades e diminuiu a diferença para nova pontos. Aos três minutos, o Timão voltou a pontuar e colocou 51 a 38 no placar.

Apesar dos primeiros minutos de quarto apagados, a equipe de Demétrius não demorou a se reencontrar no jogo. Com sei minutos e um ótimo quarto de Fuller, o Corinthians tinha 17 pontos de vantagem.

Faltando dois minutos para o fim do quarto, o Corinthians era extremamente superior e tinha ampla vantagem no placar: 64 a 45. Depois de perder a bola para Yan Djalo na defesa, o treinador adversário pediu tempo.

A pausa não interrompeu o bom momento do Corinthians. Pelo contrário: fez os adversários voltarem desligados e o Timão seguir pontuando, determinando o final do quarto em 67 a 48.

Quarto final

O Corinthians manteve o bom ritmo de jogo no quarto final e seguiu dominando os adversários. Fischer, Yan Djalo e Malcolm Miller se destacavam ofensivamente e aos quatro minutos o Timão tinha 82 a 57 no marcador.

Depois de um novo pedido de tempo do treinador adversário, o Corinthians voltou pontuando com Malcolm Miller. O atleta fez a tabela e sofreu a falta, convertendo o arremesso livre e aumentando a vantagem do Timão para 26 pontos.

O time de Brasília tentava responder com Nezinho e Pedrinho, principalmente, mas a defesa do Timão impedia a grande maioria das cestas. No ataque, Pedro Nunes e Dalaqua cresceram nos minutos finais.

Na reta final do quarto, a equipe corinthiana era formada inteiramente pelos atletas mais jovens, que davam bom ritmo ao jogo. Vezarinho, Dalaqua, Yan Djalo, Ale Ludwig e Lucas Cauê dominaram os adversários, mantiveram a boa vantagem e encerraram o jogo em 96 a 70.

Ficha técnica de Corinthians 96 x 70 Brasília Basquete

Competição: Novo Basquete Brasil
Local: Ginásio Municipal de Esportes Professor Hugo Ramos, Mogi das Cruzes, SP
Data: 28 de fevereiro de 2021 (domingo)
Horário: 12h00 (de Brasília)

CORINTHIANS: Fuller; Vezarinho, Malcolm Miller, Ricardo Fischer e Renato Carbonari.
Técnico: Demétrius Ferracciú

BRASÍLIA BASQUETE: Nezinho, Gemerson, P. Rava, Arthur e Caio Torres.
Técnico: Ricardo Oliveira

Quem Atuou

Jogadores

  • Malcolm Jamal Miller

    Malcolm Miller

    nota média: 9.1

    9 votos

    Pontos: 11
    Rebotes: 2
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 28m00s

  • Ricardo Fischer

    Ricardo Fischer

    nota média: 7.8

    9 votos

    Pontos: 10
    Rebotes: 4
    Assistências: 11
    Tempo em quadra: 28m00s

  • Yan Djalo Barbosa Te

    Yan Djalo

    nota média: 7.0

    9 votos

    Pontos: 8
    Rebotes: 6
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 25m00s

  • Renato Carbonari

    Renato Carbonari

    nota média: 7.2

    9 votos

    Pontos: 10
    Rebotes: 7
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 24m00s

  • Kyle Alejandro Fuller

    Fuller

    nota média: 9.0

    9 votos

    Pontos: 22
    Rebotes: 2
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 23m00s

  • Pedro Barros Nunes

    Pedro Nunes

    nota média: 7.9

    9 votos

    Pontos: 7
    Rebotes: 6
    Assistências: 3
    Tempo em quadra: 22m00s

  • Lucas Gabriel Vezaro

    >Craque da partida

    Vezarinho

    nota média: 10.0

    10 votos

    Pontos: 11
    Rebotes: 0
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 15m00s

  • Arthur Henrique Stela Bernardi

    Arthur Bernardi

    nota média: 7.2

    9 votos

    Pontos: 7
    Rebotes: 4
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 15m00s

  • Lucas Cauê de Almeida Pereira

    Lucas Cauê

    Pontos: 3
    Rebotes: 5
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 12m00s

  • Felipe Dalaqua Almentra

    Dalaqua

    Pontos: 3
    Rebotes: 0
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 5m00s

  • Alexandre Ludwig Agustinho

    Alexandre Ludwig

    nota média: 8.1

    9 votos

    Pontos: 4
    Rebotes: 2
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 4m00s

  • Lucas Siewert

    Lucas Siewert

    Pontos: 0
    Rebotes: 0
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 0m00s

Técnico

Comente a partida: Corinthians 96 x 70 Brasília Basquete

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

x