Venha fazer parte da KTO
x

Corinthians 4 x 1 São Paulo - Final - Paulista Feminino 2023

Paulista Feminino 2023 - Corinthians 4 x 1 São Paulo

Partida de futebol entre Corinthians 4 x 1 São Paulo nPaulista Feminino 2023

https://www.meutimao.com.br/jogo/7947/paulista_feminino_2023/corinthians-4-x-1-sao_paulo

02:00

2023-11-26T10:30:00

Neo Química Arena

Endereço: Avenida Miguel Ignácio Curi, São Paulo, SP, Brasil

Corinthians 4 X 1 São Paulo

Paulista Feminino 2023
26 de novembro de 2023, 10:30
Corinthians 4 x 1 São Paulo
Neo Química Arena, São Paulo, SP.

Sobre a Partida

Corinthians vira sobre o São Paulo na Neo Química Arena e conquista o Paulista Feminino

Na manhã deste domingo, o Corinthians recebeu o São Paulo na Neo Química Arena, pelo segundo jogo da final do Paulista Feminino. As Brabras bateram as rivais por 4 a 1 e conquistaram a competição.

A equipe comandada por Rodrigo Iglesias sobressaiu durante toda a partida, ainda que tenha tido dificuldade em converter as chances de gol. No entanto, conseguiram triunfar e erguer a taça da competição.

As artilheiras da partida foram Jaqueline, Tarciane, Vic Albuquerque e Jheniffer. Dudinha, atacante são-paulina, marcou o gol rival.

Com o título, as Brabas se despedem da temporada 2023. Agora, as jogadoras entram de férias e se reapresentam no início de 2024. Vale lembrar que o Corinthians passará por outra alteração no comando técnico, pois Rodrigo Iglesias vai se juntar a Arthur Elias na Seleção Brasileira.

Escalação

Rodrigo Iglesias manteve o 4-3-3, escalando a equipe com: Lelê; Katiuscia, Tarciane, Mariza e Tamires; Diany, Gabi Zanotti e Vic Albuquerque; Gabi Portilho, Millene e Jaqueline.

Escalação do Corinthians na final do Paulista Feminino de 2023

Meu Timão

No banco de reservas, o treinador contava com: Kemelli, Giovanna Campiolo, Isabela, Grazi, Jheniffer, Miriã, Paulinha, Fernanda, Duda Sampaio, Ju Ferreira, Yasmim e Andressa.

Vale lembrar que o comandante não contava com Luana, que recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo de ida. Além dela, Érika e Ellen seguem lesionadas.

Do outro lado, o São Paulo, comandado por Thiago Viana, foi a campo com: Carlinha; Letícia Alves, Ana Alice, Mimi, Fe Palermo, Maressa, Robinha, Aline, Rafa Mineira, Ariel Godoi e Mariana.

O jogo

Primeiro tempo

Logo aos dois minutos, o Corinthians conseguiu chegar na área adversária. Kati mandou por cima e encontrou Millene na velocidade. A centroavante demorou para finalizar e acabou chutando em cima da arqueira adversária. O lance, no entanto, foi paralisado devido a um impedimento da camisa 14.

Sem tempo para respirar, as Brabas se lançaram ao ataque novamente. Em cobrança de lateral, Jaqueline foi acionada pelo alto e ajeitou de cabeça para Vic Albuquerque. A meia bateu de primeira com força, tirando a goleira são-paulina do lance. A bola acabou batendo no travessão.

O Corinthians seguiu pressionando e aos nove minutos, Jaqueline conseguiu finalizar. A ponta passou por três adversárias após receber passe de Diany e bateu rasteiro. A bola passou raspando o gol do São Paulo. Carlinha repôs a bola com velocidade e lançou para Ariel. Na sequência do lance, Tarciane cometeu falta na atacante rival na entrada da área alvinegra. Rafa Mineira bateu direto, mas Lelê se esticou e conseguiu defender.

O time do Morumbi foi conseguindo se impor na Neo Química Arena nos minutos seguintes, levando dificuldade às Brabas. Ainda assim, o Corinthians conseguia criar, mas sem converter as oportunidades.

Após a parada para hidratação, a equipe comandada por Rodrigo Iglesias voltou a sobressair em campo. No entanto, seguiu com dificuldade na conversão de chances, chutando as oportunidades para fora ou parando em Carlinha.

Jaqueline, Portilho, Vic Albuquerque e até Millene tiveram oportunidades e desperdiçaram. Persistindo, a primeira conseguiu abrir o placar na Neo Química Arena. Após falta na região do meio campo, Diany lançou na cabeça de Jaqueline, que tocou por cima de Carlinha e balançou a rede.

Com o placar agregado empatado, Rodrigo Iglesias seguiu subindo sua equipe em busca de garantir o título do Paulista Feminino. O São Paulo, por sua vez, começou a se lançar para o ataque. Em meio a esses movimentos, a árbitra Edina Alves acrescentou quatro minutos ao primeiro tempo e logo depois mandou as atletas para o intervalo.

Segundo tempo

O São Paulo voltou do vestiário com foco no ataque e uma mudança: entrou Dani no lugar de Fe Palermo. Com menos de um minuto, Tarciane foi obrigada a tirar a bola de cima da linha.

A resposta alvinegra veio logo depois. Tabelando pelo corredor central, Diany tocou para Gabi Portilho dentro da área. A goleira adversária, porém, saiu do gol e mandou para escanteio. Após duas batidas e defesas de Carlinha, a defesa são-paulina conseguiu afastar.

A trave se consagrou como grande rival do Corinthians na partida aos seis minutos. Trocando passes na entrada da área, Vic Albuquerque emendou com uma pancada de fora da área. A bola bateu no travessão, no braço de Carlinha e pingou na linha do gol. A goleira conseguiu agarrar na sequência.

As Brabas não desistiram, pressionando o rival. No lance seguinte, mais um gol! Portilho foi acionada por Mariza na quina da área. A camisa 18 cruzou na cabeça de Tarciane, que, com uma cabeçada calma, mandou para o fundo da rede.

Ao ver sua equipe levar a virada, o técnico Thiago Viana mexeu mais duas vezes: entraram Dudinha e Glaucia nos lugares de Rafa Mineira e Ariel Godoi.

As mexidas são-paulinas deram certo e o rival empatou o agregado novamente. Dudinha foi acionada na velocidade, com Tarciane não chegando a tempo. A atacante adversária deu uma pancada de fora da área, deixando Lelê imóvel e estufando a rede alvinegra.

Ao reiniciar o jogo, o Corinthians retomou a vitória. Jaqueline tocou de calcanhar para Jaqueline e Tamires lançou para dentro da área. No bate rebate, a bola sobrou em Vic Albuquerque, que não desperdiçou. Placar agregado: 4 a 3 para as Brabas.

Logo depois, Rodrigo Iglesias fez suas primeiras alterações: Yasmim e Andressa entraram nas vagas de Tarciane e Mariza. Com o jogo pesado na segunda etapa, pouco depois o treinador colocou Jeniffer, Duda Sampaio e Ju Ferreira nos lugares de Millene, Vic Albuquerque e Diany, respectivamente.

A camisa 9 mal pisou em campo e marcou. Após cobrança de lateral, o Corinthians sofreu, mas Zanotti conseguiu cruzar. Jheniffer se esticou e com o bico do pé anotou o quarto gol alvinegro da partida.

Em uma tentativa de reverter a situação, Thiago Viana tentou mexer na equipe. No entanto, a quarta árbitra ergueu a placa com os números errados, gerando uma confusão. Pouco depois, as substituições aconteceram: entraram Isabelle, Vivian e Ingrid nos lugares de Robinha, Mimi e Aline. Vendo esse movimento, Rodrigo Iglesias também mexeu, colocando Paulinha e Fernanda nas vagas de Katiuscia e Gabi Zanotti.

O Corinthians voltou a se lançar ao ataque, martelando a defesa adversária. A trave e a goleira Carlinha, no entanto, dificultaram que o placar ficasse mais elástico ainda.

A árbitra acresceu seis minutos ao tempo regulamentar. Nesse tempo, o São Paulo chegou a levar perigo à defesa alvinegra. As tentativas, porém, terminaram sem sucesso. Assim, Edina Alves encerrou a partida e cravou o título do Corinthians.

Ficha técnica de Corinthians 4 x 1 São Paulo

Competição: Campeonato Paulista Feminino
Local: Neo Química Arena, São Paulo, SP
Data: 26 de novembro de 2023 (domingo)
Horário: 10h30 (de Brasília)
Árbitro: Edina Alves Batista
Assistentes: Fabrini Belivaqua Costa e Leandra Aires Cossette
Árbitro de vídeo: Daiane Muniz dos Santos
Gols: Tarciane, Vic Albuquerque, Jaqueline, Jheniffer (Corinthians); Duda (São Paulo)
Cartões amarelos: Tarciane, Mariza e Vic Albuquerque (Corinthians)
Público: 39.901 pagantes (público total: 40.235)
Renda: R$ 970.782,20

CORINTHIANS: Lelê; Katiuscia (Paulinha), Tarciane (Yasmim), Mariza (Andressa) e Tamires; Diany (Jheniffer), Gabi Zanotti (Fernanda) e Vic Albuquerque (Ju Ferreira); Jaqueline, Gabi Portilho e Millene (Duda Sampaio).
Técnico: Rodrigo Iglesias

SÃO PAULO: Carlinha; Letícia Alves, Ana Alice, Mimi (Pardal), Fe Palermo (Danielli), Maressa, Robinha (Vivian), Aline (Isabelle), Rafa Mineira (Duda), Ariel Godoi (Glaucia) e Mariana.
Técnico: Thiago Viana

Notas dadas aos personagens da partida

Titulares

Reservas

Treinador

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 4 x 1 São Paulo