Chapecoense 2 x 1 Corinthians - Brasileiro 2018

Brasileiro 2018 - Chapecoense 2 x 1 Corinthians

Partida de futebol entre Chapecoense 2 x 1 Corinthians nBrasileiro 2018

https://www.meutimao.com.br/jogo/883/brasileiro_2018/chapecoense-2-x-1-corinthians

02:00

2018-08-12T16:00:00

15000

Arena Condá

Endereço: Rua Clevelândia, Centro, Chapecó, Santa Catarina, Brasil, Chapecó, SC, Brasil

Chapecoense 2 X 1 Corinthians

Brasileiro 2018
12 de agosto de 2018, 16:00
Chapecoense 2 x 1 Corinthians
Arena Condá

Sobre a Partida

Cássio, que havia brilhado na última quarta, falhou neste domingo

Cássio faz lambança, e Corinthians leva virada da Chapecoense no último minuto

O Corinthians voltou a sofrer com um problema já crônico nas últimas semanas: a discrepância do futebol jogado no primeiro e no segundo tempos das partidas. Neste domingo, os comandados de Osmar Loss (escalados majoritariamente com atletas considerados reservas) foram castigados e perderam de virada por 2 a 1 para a Chapecoense, na Arena Condá, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Aproveitando-se da boa atuação do Timão como um todo na etapa inicial, Marquinhos Gabriel foi o autor do gol alvinegro, logo aos cinco minutos. Na etapa complementar, duas falhas do goleiro Cássio culminaram nos tentos da virada dos mandantes.

Classificação – Somando seu segundo tropeço consecutivo no Brasileirão, o Corinthians estaciona na sétima posição, com 26 pontos, perde a chance de entrar na zona de classificação da Libertadores e ainda vê o líder São Paulo aumentar de nove para 12 pontos a diferença. O sonho do octa aos poucos vai ficando distante para o Timão...

Escalação – Verdade seja dita sobre a escalação do Corinthians: o técnico Osmar Loss mandou a campo uma equipe composta por oito jogadores considerados reservas. Foram escalados, dispostos nos esquemas táticos 4-1-4-1 e 4-2-3-1: Cássio; Mantuan, Marllon, Léo Santos e Carlos; Gabriel e Araos; Marquinhos Gabriel, Mateus Vital e Clayson; Roger.

Agenda – Corinthians e Chapecoense viram a chave da Copa do Brasil, já que voltam a se enfrentar, mais uma vez na Arena Condá, na próxima quarta-feira, às 21h45, pelo duelo de volta das quartas de final do torneio mata-mata (os alvinegros venceram por 1 a 0 o embate de ida). Pelo Brasileirão, o Timão retorna aos gramados no próximo sábado, às 19h, na Arena, em Itaquera, contra o Grêmio, pela última rodada do primeiro turno.

Primeiro tempo

Para quem assistiu à árdua derrota do Corinthians diante do Colo-Colo na última quarta-feira, pela Libertadores, deve ter se surpreendido (e muito!) com o bom futebol apresentado pelos comandados de Osmar Loss nos primeiros 45 minutos de jogo na Arena Condá. Desde os segundos iniciais, era o Timão quem ditava o ritmo da partida. A Chapecoense, é bem verdade, colaborava dando muito espaço aos visitantes.

Não demorou para o Corinthians balançar as redes. Aos cinco minutos, Clayson "rabiscou" pela esquerda e acertou cruzamento perfeito na testa de Roger. O centroavante, porém, viu seu cabeceio ser muito bem defendido pelo goleiro Jandrei. Mas Marquinhos Gabriel trataria de pegar o rebote e estufar as redes da Chape. Gol do Timão!

Pouco depois, foi a vez de Ángelo Araos brilhar. O chileno fez linda jogada individual pela direita, deixou três defensores comendou poeira e achou bom cruzamento para Clayson, que chutou em cima da marcação. Jogada similar aconteceria cerca de dez minutos depois, quando o gringo enfiou bola precisa para o camisa 25 finalizar em cima de Jandrei.

A melhor chance do Corinthians de ampliar o marcador saiu dos pés de Mateus Vital. O meia alvinegro deslocou a marcação pela esquerda, bateu com efeito e carimbou o travessão travessão da Chapecoens. No rebote, Roger isolou por cima da meta.

Segundo tempo

Os lados do campo mudaram, e os papéis desempenhados pelas equipes também. Irreconhecível, o Corinthians passou a se defender excessivamente. Encontrando dificuldade para construir jogadas de ataque, o Timão se limitou a assistir à Chapecoense se impor cada vez mais na partida.

Eis que, aos 21 minutos, o lance mais bizarro da partida culminaria no já manjado gol de empate da Chapecoense. O corinthiano Cássio errou o tempo da bola e a segurou com as mãos fora da área após um chutão lá do outro lado do campo dado por Jandrei. Para completar a lambança, a falta gerada pela infração do goleiro alvinegro foi cobrada com perfeição por Diego Torres. O camisa 12 nem pulou. Tudo igual no placar...

Osmar Loss então decidiu mexer na equipe. Primeiro tirou Clayson e colocou Pedrinho; na sequência, mandou Ralf a campo no lugar de Marquinhos Gabriel. De tal forma, Araos ficou mais livre para atacar, deixando a proteção do meio de campo a cargo de Gabriel e do próprio Ralf. Nem isso surtiu efeito, e a última cartada do treinador corinthiano foi trocar Roger por Emerson Sheik.

Mas quis o destino (na verdade, a postura das equipes em campo) que a Chapecoense é quem fosse recompensada com um gol nos minutos finais - aos 49, no último lance! Num contra-ataque fatal dos catarinenses após Gabriel perder a bola no meio de campo, Márcio Araújo bateu cruzado da direita, Cássio se lançou ao chão na pequena área e espalmou dando rebote nos pés de Doffo, que liquidou o placar para os donos da casa. Que situação!

Ficha técnica de Chapecoense 2 x 1 Corinthians

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Arena Condá, em Chapecó, Santa Catarina
Data: 12 de agosto de 2018 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha
Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque e Thiago Henrique Neto Correa Farinha
Público e renda: 10.070 presentes | R$324.005,00
Cartão vermelho: Barreto (Chapecoense)
Cartões amarelos: Cássio e Marquinhos Gabriel (Corinthians); Leandro Pereira (Chapecoense)
Gol: Marquinhos Gabriel, aos 5 minutos do primeiro tempo (Corinthians); Diego Torres, aos 24 minutos do segundo tempo; Doffo, aos 49 do segundo tempo (Chapecoense)

CORINTHIANS: Cássio; Mantuan, Marllon, Léo Santos e Carlos; Gabriel e Araos; Marquinhos Gabriel (Ralf), Mateus Vital e Clayson (Pedrinho); Roger (Emerson Sheik).
Técnico: Osmar Loss

CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo; Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Amaral, Yann Rolim (Doffo) e Diego Torres (Canteros); Victor Andrade (Bruno Silva) e Leandro Pereira.
Técnico: Guto Ferreira

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Chapecoense 2 x 1 Corinthians