Souza é relacionado no Corinthians e corre risco de não ser negociado no Brasil

Souza é relacionado no Corinthians e corre risco de não ser negociado no Brasil

Por Meu Timão

Para o confronto contra o Vitória, nesta quinta-feira, no Pacembu, Souza voltou a ser relacionado pelo técnico Mano Menezes no Corinthians. Com seis jogos disputados no Campeonato Brasileiro, o atacante vinha sendo poupado desde a partida contra o Fluminense, no último dia 8, para que não ficasse impedido de negociar com outro clube nacional. Só que a necessidade do treinador fez as coisas mudarem.

Por conta da ausência de Jorge Henrique, gripado, nos últimos dois treinamentos, Souza passa a ser uma opção no banco de reservas caso o jogador seja vetado pelo departamento médico. A tendência é que Jorge jogue de titular, mas, se isso não acontecer, é possível que o outro atacante tenha de ficar no banco.

De qualquer maneira, ficar como reserva não significa que Souza não poderá mais ser negociado. Isso só ocorre se ele realmente entrar em campo. Pode ser, aliás, que momentos antes da partida ele nem seja convocado, já que normalmente dois jogadores relacionados ficam fora do duelo.

Souza chegou ao Corinthians no começo do ano, mas não emplacou. Criticado pela torcida, perdeu cada vez mais espaço. Com o terceiro maior salário do elenco, é um problema para a diretoria, que está com duas parcelas de R$ 466 mil que deveriam ser pagas ao grego Panathinaikos pela transação, dividida em 15.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Com a 9 corinthiana, Luizão foi artilheiro da Libertadores de 2000, com 15 gols

    Ao Meu Timão, Luizão fala da busca do Corinthians por centroavante: 'Se cavar, acha na Argentina'

    ver detalhes
  • Camacho (à dir.) ganhou oportunidade entre os titulares no treino desta sexta

    Carille esboça time titular com uma troca; chance de mudança no esquema existe

    ver detalhes
  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes