Corinthians e Palmeiras tentam contratar Vagner Love

Corinthians e Palmeiras tentam contratar Vagner Love

Por Meu Timão

91 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Vagner Love está retornando ao Brasil

Vagner Love está retornando ao Brasil

Foto: EFE

O atacante Vagner Love está decidido a voltar a jogar no Brasil ainda neste ano. O pensamento do camisa 9 do CSKA (RUS) é ficar mais visível para Dunga, com o objetivo de disputar a Copa do Mundo de 2010 com a Seleção Brasileira.

Na briga para ter os gols do atacante aparecem os rivais Corinthians e Palmeiras. O jogador tem contrato com os russos até o fim de 2011 e viria por empréstimo de um ano. Confira os prós e os contras no caminho de Love para  o Corinthians.

 

 


Prós

Contras

Artilheiro
Provou ter faro de gols nos clubes que defendeu na carreira.
Passado alviverde
Apesar de ser flamenguista, foi ídolo do Palmeiras. Por isso, pode ter rejeição.
Clube do coração
Assim como Ronaldo, Vagner Love é flamenguista – e não palmeirense. Por isso, a rejeição no Timão será menor.
Concorrência
Uma dupla com Ronaldo e Vagner Love ofuscará o atacante Dentinho, que pode acabar sendo desvalorizado.
Currículo
Foi convocado 26 vezes para a Seleção Brasileira e marcou nove gols.
Custo
Para voltar para o Brasil, o atacante espera continuar ganhando muito.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes
  • Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    [Danilo Augusto] Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    ver detalhes
  • Torcedor argentino foi flagrado imitando macaco em direção à Fiel

    Torcida do Corinthians é alvo de racismo no estádio do Independiente; veja vídeo

    ver detalhes
  • Júnior Dutra não é unanimidade entre os torcedores do Corinthians

    Clube baiano monitora situação de Júnior Dutra, pouco utilizado pelo Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes