O quase rebaixado Fluminense entra na briga para contratar Sylvinho

O quase rebaixado Fluminense entra na briga para contratar Sylvinho

Por Meu Timão

65 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Termina nesta quinta-feira o prazo que o lateral esquerdo Sylvinho estipulou para ser negociado com um clube europeu. O Corinthians é o provável destino do veterano, mas o Fluminense promete entrar na disputa pela contratação.

"Todo grande jogador nos interessa. O Sylvinho é um campeão europeu, participou da última final da Champions e tem qualidade e cabeça boa. A gente está trabalhando", comentou Branco, coordenador de futebol do clube carioca.

Aos 35 anos, Sylvinho jogava no futebol europeu há uma década. O jogador revelado pelo Corinthians passou por Arsenal, Celta de Vigo e Barcelona e já manifestou interesse de retornar ao Parque São Jorge. "Gostaríamos de contar com o Sylvinho, mas ele é uma pessoa séria e respeita o prazo que havia determinado para abrir negociação", disse o técnico corintiano Mano Menezes.

Caso o Corinthians vença a concorrência e confirme a chegada de Sylvinho, o Fluminense já tem uma alternativa para reforçar a sua lateral esquerda: Triguinho, atualmente no Santos. "O mercado de futebol está carente de jogadores. Vamos atrás da melhor opção", afirmou Branco.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Caetano (à dir.) está relacionado para a partida ante o Vasco

    Sem Carlos, Jair recorre a titular do Sub-20 para 'final' contra o Vasco

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez sabe dos números ruins de Jair Ventura, mas evita falar em troca de treinador

    Diretoria do Corinthians quer fim da tensão no BR-18 para confirmar Jair; cobrança aumentará

    ver detalhes
  • Fiel volta à Arena Corinthians neste sábado, às 19h

    Botafogo vence Chapecoense, e Corinthians mantém distância do Z4; veja tabela

    ver detalhes
  • Timão avança à decisão com duas vitórias sobre o São José

    Corinthians repete placar e vai à quarta final consecutiva da Liga Paulista de Futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes