Defederico desencanta, e Corinthians bate o Vitória

Defederico desencanta, e Corinthians bate o Vitória

Por Meu Timão

Defederico comemora seu primeiro gol no Corinthians

Defederico comemora seu primeiro gol no Corinthians

Foto: Agência Estado

Matías Defederico desencantou. Reforço mais caro do Corinthians em 2009, o meia argentino marcou o gol do triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória na noite desta quarta-feira, no estádio Barradão. O resultado positivo dá confiança para a equipe paulista jogar o clássico contra o Palmeiras.

Distante das disputas pelo título do Campeonato Brasileiro e contra o rebaixamento à Série B, o Corinthians melhorou a sua situação na tabela de classificação. Passou a totalizar 45 pontos, superando o próprio Vitória, que tem 44.

Já o time baiano diminuiu ainda mais as suas chances de também estar na Copa Libertadores da América de 2010. Tentará se recuperar contra o Coritiba no domingo, no estádio Couto Pereira. O jogo entre Palmeiras e Corinthians será no mesmo dia, em Presidente Prudente.

O jogo - O técnico Mano Menezes tentou reforçar a armação do Corinthians em Salvador. A equipe entrou em campo com o meia argentino Matías Defederico no lugar do atacante Dentinho. E demonstrou mais disposição e organização do que em suas últimas apresentações.

Aos 9 minutos, o Corinthians provou que estava bem treinada por Mano. Em uma cobrança de falta ensaiada, o zagueiro Chicão invadiu a área em velocidade, driblou o goleiro Viáfara e chutou nas redes. Mas pelo lado de fora.

O Vitória, no entanto, tomava a iniciativa de atacar. Enquanto o Corinthians avançava aos berros de Mano Menezes, que gesticulava muito à beira do campo, o time baiano contava com cantoria de sua fanática torcida para tentar incomodar o goleiro Felipe, prata da casa.

Felipe estava inspirado. Conseguiu fechar o gol nas melhores chances criadas pelo Vitória no primeiro tempo, quase sempre em jogadas aéreas. Aos 27 minutos, o goleiro teve a ajuda da trave. Gláucio cruzou da esquerda, e Leandrão cabeceou para o chão. No poste.

Logo em seguida, o Corinthians perdeu o lateral esquerdo improvisado Marcelo Oliveira, machucado. O paraguaio Balbuena foi o substituto e, em 10 minutos, viu de perto outra oportunidade de gol do Vitória. Wallace cabeceou com firmeza, e Felipe se esticou para espalmar.

Ronaldo se esforçava para responder pelo Corinthians. No final da primeira etapa, cortou a marcação na entrada da área e chutou em cima de Nino. Ganhou aplausos do também atacante Roger, que estava no banco de reservas do Vitória, porém ficou insatisfeito. "O gramado é muito ruim. A bola não rola", protestou o Fenômeno no intervalo.

A bola passou a rolar ainda menos no segundo tempo, mas porque as duas equipes pioraram tecnicamente. E logo mexeram em suas formações. Anderson Martins e Neto Berola substituíram Robinho (lesionado) e Elkeson no Vitória. Já Boquita entrou no lugar do apagado Edu no Corinthians.

Aos 22 minutos, finalmente foi o placar que mudou. Jucilei enfiou a bola para Defederico, que invadiu a área e chutou no canto para marcar o seu primeiro gol com a camisa do Corinthians. O argentino correu em direção ao banco de reservas e vibrou bastante.

Com Roger na vaga de Leandrão, o Vitória também balançou as redes em seguida, mas o árbitro Márcio Chagas da Silva assinalou impedimento de Neto Berola. Mesmo com o ímpeto do adversário em busca do empate, Mano Menezes fez mais uma alteração ofensiva no Corinthians. Dentinho entrou em campo, e Defederico saiu muito sorridente.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Pablo deve retornar ao time na próxima segunda-feira

    Pablo tem boa evolução e pode voltar ao Corinthians contra o Botafogo

    ver detalhes
  • Pablo está se recuperando de uma contratura muscular na coxa

    Agente de Pablo fala em prioridade do Corinthians e afirma: 'Só chamar para assinar'

    ver detalhes
  • Gabriel voltou a jogar nesta quarta-feira, contra o Grêmio

    'A faísca de campeão voltou a acender', garante volante do Corinthians

    ver detalhes
  • Jô passou em branco nesta noite de quarta, diante do Grêmio

    Corinthians não cria, apenas empata com Grêmio na Arena, mas mantém vantagem na liderança

    ver detalhes

Defederico deveria ser titular?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes