Corinthians fica na frente duas vezes mas cede empate ao Palmeiras

Corinthians fica na frente duas vezes mas cede empate ao Palmeiras

Por Meu Timão

117 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Ronaldo marcou dois gols na partida

Ronaldo marcou dois gols na partida

O resultado ainda ofusca a tarde inspirada da dupla formada por Ronaldo e Defederico. O argentino deu duas assistências perfeitas. Na primeira, Jorge Henrique sofreu pênalti, causou a expulsão de Marcos ainda no primeiro tempo e viu Ronaldo bater o tiro livre. Na segunda, o camisa 9 mostrou sua qualidade em finta sobre Bruno.

Por outro lado, a igualdade premia a competência do Palmeiras e de Figueroa na bola parada. O lateral-direito levantou com perfeição as bolas para Danilo e Maurício anotarem de cabeça, aproveitando ainda falhas no sistema defensivo do Corinthians.

O clássico começou duplamente quente. Os termômetros marcavam por volta de 30ºC em Presidente Prudente no início da partida, o que causou preocupação nas duas equipes. Em campo, disputas duras e muitas faltas, parando o jogo com frequência. E a iniciativa nos primeiros minutos foi do Palmeiras.

Sem a bola, o time de Muricy Ramalho adiantou a marcação e tentou sufocar o rival. A proposta do Corinthians no início foi clara: marcar forte atrás e sair no erro adversário. As jogadas mais perigosas do Palmeiras aconteceram pela lateral direita. Em nenhuma, porém, os atacantes conseguiram completar os cruzamentos. Armero quase compensou.

Já a equipe alvinegra sofreu para penetrar na defesa. Ronaldo tentou jogada individual e até achou o espaço. O chute, no entanto, foi para fora. Mas a perfeição só aconteceu com Defederico, aos 36min. O argentino lançou bola perfeita para Jorge Henrique, que invadiu a área, driblou Marcos e sofreu o pênalti. O goleiro, justamente, recebeu o cartão vermelho.

Ronaldo, então, foi para a cobrança diante do reserva Bruno e não perdoou: 1 a 0 Corinthians. "O jogo está cadenciado e muito disputado. São duas grandes equipes. Vamos continuar assim", avaliou rapidamente o Fenômeno no intervalo. Do outro lado, Love mostrou preocupação. "Precisaremos ter ainda mais vontade."

Apesar da superioridade numérica, o Corinthians tomou um duro golpe logo aos 6min da etapa final. Danilo aproveitou cruzamento de Figueroa e falha de Felipe para, de cabeça, deixar tudo igual. O gol animou a equipe de Muricy e a torcida alviverde, mas aí Defederico e Ronaldo voltaram a brilhar.

Com enfiada precisa do argentino, o camisa 9 enganou Bruno aos 20min e fez seu segundo gol no jogo, o décimo no campeonato. Ele, assim, isolou-se na artilharia alvinegra na competição, deixando Dentinho para trás com oito. O Palmeiras tentou pressionar no final, com Ortigoza e Marquinhos em campo. Mano respondeu com as entradas de Dentinho, Edno e Souza para seguir levando perigo no ataque.

E nesse duelo a competência do Palmeiras na bola parada falou mais alto. Maurício aproveitou a cobrança de falta de Figueroa e, livre de marcação, deixou tudo igual aos 39min do segundo tempo. Dentinho e Ronaldo ainda tiveram as chances de fazer o terceiro, mas não conseguiram. Melhor para o Palmeiras, líder do Brasileiro pela 19ª rodada seguida.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • 'Nem Pedrinho salva...': Timão não foi páreo para o Grêmio na noite deste sábado

    Pobre tecnicamente, Corinthians é derrotado pelo Grêmio no fim do primeiro turno

    ver detalhes
  • Walter 'voa' para afastar perigo de gol do Grêmio; nem arqueiro evitou revés em casa

    Walter evita o pior, e Loss é eleito 'vilão': as avaliações do revés corinthiano

    ver detalhes
  • Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, falou sobre a ausência de Fagner

    Na esteira de rivais, Corinthians também reclama da convocação de Fagner: 'Não ficamos satisfeitos'

    ver detalhes
  • Corinthians tem campanha irregular no Brasileiro nas mãos de Loss

    Fiel dispara contra Loss na web após derrota do Corinthians; veja melhores comentários

    ver detalhes

O Corinthians merecia a vitória?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes