Bola parada será 'arma extra' do Corinthians em 2010, diz Mano

Bola parada será 'arma extra' do Corinthians em 2010, diz Mano

Por Meu Timão

454 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Além da experiência extra para ir em busca da primeira Copa Libertadores da sua história, a chegada do lateral Roberto Carlos e do meia Tcheco possibilitará uma arma extra no elenco do Corinthians na temporada 2010: a bola parada.

No ano passado, o time falhou muito no setor. Ao todo apenas oito gols da falta foram feitos pela equipe alvinegra em 2009. Três deles marcados por jogadores que nem estão mais no grupo de jogadores do Corinthians (o volante Cristian marcou dois e o meia Marcinho anotou um).

O único especialista que tinha no elenco era o zagueiro Chicão, autor dos outros cinco tentos em faltas. "Uma das coisas que pensamos neste ano na hora de contratar foi isso (bola parada). Ano passado, principalmente na segunda metade do ano, o time teve um péssimo desempenho nesse quesito", afirmou o técnico Mano Menezes.

O argumento do treinador é preciso. No segundo semestre de 2009, o Corinthians marcou apenas um gol de falta, no duelo contra o Botafogo, no dia 22 de agosto. Somando todas as partidas foram apenas dois tentos.

Com Roberto Carlos e Tcheco, o Corinthians também tem opções diferentes para as bolas paradas, o que deve confundir as zagas adversárias. Roberto Carlos costuma ter a potência como ponto forte das suas cobranças. Já Tcheco é especialista em faltas mais próximas da área e cruzamentos.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Na segunda partida da temporada, Corinthians de Carille já conheceu o sabor da derrota

    Corinthians marca no início, mas leva virada e sofre primeira derrota no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Gustagol sobe de cabeça contra zaga do Guarani; camisa 19 é ponto alto do Timão

    Gustagol é eleito craque, e trio de defensores decepciona na primeira derrota do Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Argentino Mauro Boselli já treina com bola e pode estrear no fim de semana

    Carille é cauteloso, mas não descarta estreia de Boselli contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Arana voltou a atuar pelo Sevilla, mas segue na mira do Corinthians

    Duílio garante que rumo das negociações não mudam após Arana voltar a atuar pelo Sevilla

    ver detalhes

Nas cobranças perto da área, quem deve ser o batedor oficial?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes