Mano Menezes não garante Escudero na Libertadores; Dodô pode substituí-lo

Mano Menezes não garante Escudero na Libertadores; Dodô pode substituí-lo

Por Meu Timão

1.1 mil visualizações 0 comentários Comunicar erro

O Jovem dodô pode ser o reserva de Roberto Carlos na libertadores

O Jovem dodô pode ser o reserva de Roberto Carlos na libertadores

O técnico Mano Menezes ressaltou que o lateral esquerdo Escudero não é sua única opção para a reserva do experiente Roberto Carlos. Questionado pelos torcedores, o argentino deverá ter a concorrência do jovem Dodô.

"Também temos o Dodô, que já está com uma condição física muito parecida com a dos demais jogadores. Ele participou da Copa São Paulo e achamos justo que tivesse alguns dias de férias. Isso atrasou um pouco a retomada dele, mesmo sendo um menino, então tomamos cuidado para não colocá-lo em campo no início", comentou o comandante.

Dodô integra o elenco profissional corintiano desde o ano passado. O jogador completou 18 anos no último dia 6 de fevereiro, quando foi reserva na goleada sobre o Sertãozinho, e já tem futuro incerto no Parque São Jorge. O Manchester United, da Inglaterra, possui prioridade de compra de seus direitos econômicos (70% pertencem ao Corinthians, e o restante é da Traffic).

Segundo Mano Menezes, Dodô poderá construir uma história no Corinthians antes de jogar no exterior. O técnico não descarta preterir Escudero e inscrever o novato na Copa Libertadores da América. "Todos os jogadores são opções para os 25 da Libertadores. Vamos definir o grupo no decorrer das partidas, mas não gostaria de individualizar a análise entre Dodô e Escudero. Tornaremos público na hora certa", afirmou.

Escudero custou ao Corinthians mais de US$ 1 milhão, em pagamento parcelado, e saiu do Argentinos Juniors credenciado por seu vigor e versatilidade (também pode atuar como zagueiro), características consideradas importantes para a disputa da Libertadores. Um gol feito sobre o Palmeiras, comemorado em cima de um trator que estava estacionado no Palestra Itália, aumentou ainda mais a expectativa em torno do reforço.

Em 2009, no entanto, Escudero não convenceu. Manteve a média de um cartão amarelo por jogo (atualmente, são nove em 12 partidas) e ainda sofreu lesão no ligamento do joelho esquerdo, sendo submetido a uma cirurgia. Recuperado nesta temporada, o argentino foi bastante criticado por sua atuação contra a Ponte Preta: cometeu um pênalti sobre Finazzi, foi punido com cartão e ficou irritado ao ser substituído.

O diretor de futebol Mário Gobbi saiu em defesa de Escudero: "Ele estava chateado contra a Ponte, o que é normal quando alguém sente que não foi bem. No calor da partida, você pode ter uma reação mais forte e chutar um copo d'água. Até brincamos com isso no vestiário, dizendo que espirrou água no Walmir Cruz [preparador físico do Corinthians]. O Escudero disse: 'Professor, perdoe-me. Não quis fazer isso'".

Nas próximas rodadas do Campeonato Paulista, Mano Menezes deverá conceder nova oportunidade para Escudero se redimir e tentar garantir um lugar na relação de inscritos na Copa Libertadores da América. Mas Dodô também terá a sua chance.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Ramiro foi peça importantes nos últimos títulos do Grêmio

    Pai de Ramiro revela conversas adiantadas com o Corinthians e fala em acerto ainda nesta semana

    ver detalhes
  • Matias Ávila, diretor financeiro, e Roberto Gavioli, gerente financeiro, em coletiva nesta quarta-feira

    Corinthians confirma déficit em 2018, mas prevê explosão de receitas com TV e patrocínios

    ver detalhes
  • Meio campista está bem perto de se tornar novo reforço do Corinthians

    Diretor do Fluminense confirma 'sim' de M. Gabriel e Corinthians se aproxima de acerto por Sornoza

    ver detalhes
  • VÍDEO: O Corinthians que Carille encontra em 2019 |#108

    ver detalhes

Opine: Dodô ou Escudeiro?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes