Após empate, Mano critica 'futebol óbvio' do Corinthians

Após empate, Mano critica 'futebol óbvio' do Corinthians

Por Meu Timão

383 visualizações 0 comentários Comunicar erro

O técnico Mano Menezes fez duras críticas ao time do Corinthians, após o empate por 1 a 1 contra o Botafogo, na última quinta-feira à tarde, no Pacaembu. Fora do G-4 do Campeonato Paulista, o time alvinegro tropeçou novamente porque jogou de forma "óbvia", segundo análise do treinador.

"Faltou lucidez para enxergar o lance antes do jogador, faltou fugir do óbvio", afirmou Mano, que não quis culpar os jogadores individualmente. "Quando a equipe não vai bem na parte coletiva a parte individual não consegue sobressair. Não conseguimos ter um coletivo forte hoje", disse.

A falta do meia Danilo, machucado, ficou evidente no discurso de Mano. O treinador reclamou que os corintianos conduziram demais a bola, ao invés de tocá-la com mais rapidez.

"Acho que temos condição de produzir mais, ainda nos falta na criação um pouco mais de velocidade e lucidez. A gente está conduzindo mais a bola algumas vezes e tá faltando mais a idéia de construir a jogada. Essa é a parte que me preocupa mais", disse.



Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Ramiro possui contrato com Grêmio até 2021; Timão contatou pai do atleta

    Corinthians consulta pai de Ramiro, do Grêmio, e mostra interesse no meia

    ver detalhes
  • Reunião do Conselho do Corinthians aconteceu no Parque São Jorge

    Conselho do Corinthians se reúne e aprova previsão orçamentária de 2019; Rosenberg causa irritação

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo se enfrentaram pelas quartas de final da Copa RS

    Corinthians é derrotado pelo São Paulo nos pênaltis e dá adeus à Copa RS de 2018

    ver detalhes
  • CT da Base já está sendo utilizado pelas equipes sub-15, sub-17 e sub-20; gramados estão prontos

    Corinthians define duas etapas de finalização das obras do CT da base; orçamento é de R$ 25 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes