Corinthians compra 50% dos direitos de Elias

Corinthians compra 50% dos direitos de Elias

Por Meu Timão

Elias deverá ser alvo de clubes estrangeiros após a disputa da Taça Libertadores

Elias deverá ser alvo de clubes estrangeiros após a disputa da Taça Libertadores

Foto: Marcos Ribolli/GLOBOESPORTE.COM

Um dos jogadores do Corinthians mais assediados pelo mercado europeu, Elias não deve “resistir” à próxima janela de transferências. E pensando em lucrar mais com uma possível saída do volante, a direção do Alvinegro adquiriu os 50% dos direitos econômicos do jogador que pertenciam à empresa Traffic.

Agora, a divisão dos direitos do camisa 7 ficou assim: 50% do Timão, 20% do próprio jogador e 30% do empresário Carlos Leite. Antes da negociação entre Corinthians e Traffic, o clube do Parque São Jorge não tinha porcentagem alguma. Só contava com o pagamento de 20% do lucro da venda.

- Está tudo sendo finalizado. É algo que vai acontecer – disse o presidente do Corinthians, Andrés Sanches, confirmando a compra de parte dos direitos do jogador.

Na mira do futebol espanhol, Elias pode deixar o Corinthians depois da Taça Libertadores da América, principal objetivo do clube em 2010, ano do centenário. Recentemente, o mandatário alvinegro já havia declarado que seria complicado segurar jogadores como o volante, Jucilei e Dentinho após a competição internacional.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Timão tenta vencer Vitória na estreia do returno de 2017

    Corinthians volta a campo pelo Brasileirão após 14 dias; confira times, desfalques, transmissão...

    ver detalhes
  • Guilherme Torres com a medalha da Recopa de 2013

    Volante Guilherme explica por que recusou Palmeiras e aceitou proposta do Corinthians

    ver detalhes
  • Grupo quer Fiel cantando 'uma só voz' na Arena Corinthians

    Torcedores criam manifesto por união das organizadas na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Fábio Carille está com sua renovação bem encaminhada

    Após conversa no CT, Corinthians trata renovação de Carille como questão de tempo

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes